COMPARTILHAR

 

 
Jornalista de formação, Vinícius Kfuri é  um jovem empreendedor.  Fundou um pequeno grupo de mídia que, 10 anos atrás, era especializado em publicidade nos cinemas. Hoje, possui uma audiência de 200 milhões de pessoas por ano, somente nos seus negócios relacionados  à  mídia. Além disso, Vinícius está captando alguns milhões  de dólares  para projetos relacionados a smartphones e tablets como o ipad. Seu sonho é  fidelizar sua empresa como uma solução  global de novas ideias e tecnologias.
 
 
– Você é um jovem empresário antenado com as  redes sociais, o que pensa sobre uso dessa ferramenta por empresas e orgãos públicos? 
 
Acho que todos os canais de informação, comunicação ou entretenimento dependem diretamente da utilização que o usuário empreende. Para os órgãos públicos, por exemplo, o ideal é utilizar profissionalmente, por meio das ASCOMS e assessorias, para conversar e informar diretamente ao cidadão, assuntos que o poder público  julga de interesse. Para as empresas, podemos dividir no campo institucional ou no varejo. Para quem busca interação com o usuário, para posicionamento de marca, propagação de portfólio etc, é bem vá lido, mas hoje também  as redes sociais já apresentam possibilidades bem realistas para pequenos e grandes negócios de varejo. Anúncios por segmento, por localização, por idade, já são possíveis e baratos nas redes sociais, onde o usuário pode comprar e investir em mídia pelo próprio cartão de credito, sem nem precisar que alguém crie o seu anúncio, pois o sistema cria pra você . Não  acho que funcionários públicos ou pessoas públicas devam manter perfis pessoais. Acho que isso deve ser evitado enquanto o cargo estiver corrente.
 
– Qual o maior erro que as pessoas comentem nessas redes, podendo trazer consequências sérias para a vida profissional e pessoal dela?
 
Sou meio radical nessa questão. Se um funcionário público quer manter um twitter ou facebook, que ele NUNCA fale NADA a respeito de assuntos que nem de longe sejam polêmicos, com conteúdo impróprio, ou até relativos ao nicho de trabalho ou ao nicho público. Se um político quer manter uma conta, que ele faça por meio de sua assessoria, ou se for uma conta pessoal, que ele também  atenha-se a falar sobre assuntos honestos, morais, e éticos. Todos devemos lembrar  que tudo que for escrito (postado) esta arquivado pra sempre, e hoje, TODAS as grandes empresas antes de fazer contratações, fazem uma varredura nas redes sociais, avaliando fotos, postagens, opiniões, amigos, e principalmente, um histórico de opiniões ou fatos que possam ajudar a descobrir quem você  é  realmente . Pro positivo e pro negativo.
 
– Está com algum projeto para o ES? 
Nosso objetivo é  ser cada vez mais uma empresa global, porém, nunca vamos nos afastar do ES. Tudo que conquistarmos fora, principalmente no ramo de tecnologia, pretendemos trazer em primeira mão  para o Brasil, através do Espírito Santo e de empresas parceiras locais. Pretendemos fortalecer cada vez mais a atuação no mercado capixaba, e poder somar ao bom momento político e econômico. Também queremos ter musculatura para ajudar o Espírito Santo em questões delicadas como o FUNDAP e a defesa dos royalties, pois sabemos da importância da iniciativa privada em ajudar a esfera pública nesses assuntos. Estamos trazendo em primeira mão , aplicativos de telefonia para gerenciamento de pesquisas de mercado em tempo real, alem de projetos de lojas e aplicações em ipad e iphone para grandes empresas, bancos, companhias de viagens, mercado imobiliário, rede de farmácias etc. Todos terão em breve, seu próprio aplicativo rodando nos celulares do ES, do Brasil e do Mundo.
 
– Nas horas que não está trabalhando, o que gosta de fazer para relaxar? 
Viajar é  a melhor coisa do mundo. De preferência com minha esposa,  procuro fazer uma viagem sempre  que possível. Quando não, me conforto com um bom filme no cinema ou em curtir minha casa com minha companheira.
 
– Faz atividade física? Qual a sua preferida? 
Tenho um personal que me telefona todo dia cedo. Eu desço, pedalo uns 40 minutinhos, e dou uma malhadinha normal. Nada demais. Muito mais do que eu precisava, pois já ganhei uns kilinhos nessa vida de casado.
 
– Uma viagem inesquecível e um lugar que ainda quer conhecer? 
Inesquecível, Índia, Egito, Turquia. Quero conhecer Jerusalém 
 
– Um filme que marcou? 
Cidadão Kane
 
– Uma comida 
Moqueca de badejo 
 
– Praia ou Montanha? 
Frio. 
 
– Qual sua característica mais brasileira? 
Criatividade
 
– Deus? 
24 horas por dia
 
-Família? 
25 horas por dia
 
– O Espírito Santo?
aaaaa, se ele soubesse, todas as juras de amor que lhe fiz…
 
 

Deixe uma resposta