Eles nas redes sociais

“O brasileiro mal terminou de aprender escrever impeachment, agora também tem que aprender escrever joesley.”

@julieitaa. E há cartório em Vitória – sim! – com pais querendo saber como trocar o nome do filho, que se chama… Joesley!

***

“Gente vocês já choraram na frente do espelho pra ver o sofrimento de vocês? Eu já.”

@giovwnnw

 

UMA noite do Barolo! Angelo Fornara, Rogério Salume, Fiorenzo Dogliani e Juarez Campos
(Cloves Louzada)

 

 

Limpeza urbana

É responsabilidade de todos contribuir para evitar alagamentos. As prefeituras, com os serviços de limpeza urbana, e o cidadão, de não jogar lixo e colocar as sacolas nos horários de coleta dos caminhões. “Isso evita que animais rasguem os sacos e espalhem os resíduos. Papéis e embalagens que ficam nas ruas podem entupir bueiros”, comenta o especialista em limpeza urbana Marco Valente. E tem aqueles que varrem as calçadas e lascam o lixo na pista, entupindo tudo quando a chuva chega!

 

De volta a Minas

Eugenio Fonseca, relações institucionais da Vale que atuou durante 15 anos no Espírito Santo, vai voltar para Belo Horizonte por motivo familiar e profissional, ocupando o mesmo cargo na empresa por lá. “É uma pena fazer essa mudança, ainda não falei com ninguém, mas a vida tem que seguir. Fui muito bem acolhido aqui e me sinto um capixaba”, disse-nos o mineiro. Em seu lugar, assumirá o capixaba Gustavo Belesa, ainda sem data definida.

 

Remédio vencido

O caso da paciente que teve glicose vencida oferecida em posto de saúde de Vitória é tão assustador que não há nem palavras para descrever! A moradora foi fazer um exame, em jejum, e sorte que percebeu a data de validade – ultrapassada em nove dias! – antes de ingerir a substância. O exame teve de ser remarcado e a prefeitura afirma que está apurando o ocorrido. Imagine termos que nos preocupar com mais essa agora, de conferir se o remédio que tomamos nas unidades de saúde está vencido… Sim! Temos!

O CASAL Priscila Passamani e Flávio Cirilo com o filho Eduardo em noite de casamento em Colatina
(Wanderson Lopes)

 

Tendências da TI

Cidades inteligentes, processo eletrônico, computação em nuvem, os avanços do aplicativo ES na Palma da Mão, o Marco Civil da Internet e a sociedade digital são alguns dos assuntos que serão debatidos na III Semana Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação, que será realizada hoje e amanhã, no Prodest, em Vitória. As inscrições são gratuitas, pelo http://semanatic.prodest.es.gov.br.

 

Rasgado não vale

A Biblioteca Municipal, na Cidade Alta, realiza até amanhã, das 13h às 18h30, a Banca Troca de Livros. Se você tem um livro em casa que não utiliza mais e está em bom estado, basta levá-lo e trocá-lo por algum dos exemplares disponíveis no local. Não serão aceitos livros didáticos, apostilas, revistas, cópias, encadernações e exemplares ilegíveis e com danos.

 

Furada!

Novo tratamento para olheiras gera polêmica. Trata-se de uma micropigmentação, que usa tinta da cor da pele e é aplicada na região. A Sociedade Brasileira de Dermatologia não recomenda, pois diz que se trata de uma camuflagem, e lembra que o tom da pele do paciente pode mudar ao longo dos anos. Nem precisa comentar.

APÓS SOLENIDADE de cooperação técnica entre a Sedu e o Instituto Ayrton Senna, o diretor regional do Senai-ES e superintendente do Sesi-ES, Luis Carlos Vieira, recebeu de presente de Viviane Senna um livro sobre o piloto. “Na hora, todos os projetos em que atuamos juntos em São Paulo vieram à minha mente”, contou-nos

 

Rodovia dos buracos

É preciso uma operação tapa-buracos para ontem na Rodovia ES-010. Existe um projeto de revitalização da estrada, previsto para iniciar em março deste ano, mas que até agora segue só no papel. O trecho mais crítico é o que liga Nova Almeida a Jacaraípe, onde existe grande tráfego de veículos pesados. A obra permitiria um acesso mais seguro a grandes empreendimentos, como Fibria, Portocel e Estaleiro Jurong.

 

Selfie proibida

Se for para a piscina, melhor deixar o celular ou a câmera em casa. Na Alemanha, pelo menos, tirar uma selfie próximo a uma piscina é proibido e o uso de adesivos ou outros métodos para bloquear câmeras está cada vez mais comum por lá. A justificativa é proteger a privacidade de crianças, principalmente.

 

Otimização do tempo

No momento da compra de um imóvel, o cliente atual avalia especialmente a localização e os diferenciais da área de lazer. “Hoje as pessoas desejam imóveis que possibilitem a otimização do seu tempo, ficando próximos às áreas que já frequentam”, avalia a gerente de vendas de imóveis Tarantine Tristão. Com o trânsito do jeito que está, nada melhor do que ir a pé para o trabalho.

CIRCUITO

 

VINHOS I. Rogério Salume, proprietário da Wine, ao lado de sua mulher, Ana Lúcia Wernersbach, foi o anfitrião do jantar de terça-feira na Casa do Chef, de Juarez Campos, num festival totalmente Barolo, safras 2008, 2013 e 2014, em quatro rótulos tintos e dois espumantes.

 

VINHOS II. Presença de Fiorenzo Dogliani, proprietário da vinícola italiana Batasiolo, que fica na localidade de Langhe, no Piemonte, acompanhado de seu sommelier, Angelo Fornara. Após coquetel com espumante e fingers foods, o jantar teve como entrada rilette de salmão, seguido de dois pratos: risoto de contadino e, o principal, brasato ao Barolo, com polenta trufada. Fechando, uma torta de morango com nozes. Noite perfeita.

 

O CASAL Simone Chieppe Moura e José Carlos Stein Júnior, com o filho Léo, zarpam para Paris, Roma e Londres, em julho. Quem definiu o roteiro foi Léo.

 

O INSTITUTO de Arquitetos do Brasil no Espírito Santo, em comemoração aos seus 50 anos, abre hoje, com coquetel às 19h, no Shopping Vila Velha, a Mostra Prêmio IAB-ES, reunindo os projetos de arquitetura e urbanismo premiados em 2016.

 

JOÃO Bosco e banda se apresentam na Ilha, dia 24 próximo, na Arena Vitória.

 

VERSÕES luxuosas do uniforme colegial, chinelos de dedo usados com vestidos de noite, pochetes sem alça e meias soquete foram destaques no desfile da nova coleção da grife italiana Valentino, que teve pegada de rua. A moda das grifes continua sendo economicamente intocável na maioria dos itens, como as t-shirts Valentino, por exemplo, que variam de US$ 990,00 a US$ 1.490,00 – entre R$ 3,2 mil e R$ 4,9 mil, isso mesmo, por camisetas de malha.

 

COMEÇOU a temporada de arraiás. A tradicional festa junina da Emescam será no próximo dia 9, no Ilha Shows. Enquanto em Brasília, as bombas há muito estão sendo soltas e explodindo no bolso da população.

 

DEPOIS de desbancar o best-seller “50 Tons de Cinza” com a obra “Sete Breves Lições de Física”, na Itália, o físico Carlo Rovelli retorna às prateleiras com “A Realidade Não É o Que Parece” (Objetiva). Com um texto simples e didático, ele diz que a nossa ignorância é a única coisa realmente infinita no universo e explica o conceito da teoria da gravidade quântica em loop. “Ainda precisamos compreender muita coisa”, afirma.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 31 de maio
Próximo artigoBirkin bate recorde e é arrematada por R$ 1,2 milhão
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: