COMPARTILHAR

 Para quem for a São Paulo e quiser ser brindado com os sabores da Sardenha, o restaurante do chef Salvatore Loi tem menu 100% autoral. Ele teve também presença no processo criativo, que não envolveu apenas menu e arquitetura, mas ainda os irretocáveis detalhes do ambiente. Da Itália vieram os vasos, louças, copos e talheres e, para o clima de exclusividade, Loi comprou cerâmicas desenvolvidas pela artesã Hideko Honma. Com capacidade para 80 pessoas, o Salvatore Loi é intimista. A cozinha saiu dos bastidores e virou protagonista: totalmente aberta para o salão térreo.
“Criar todos os pratos foi demorado, mas muito bonito. Fui atrás dos melhores produtos e testei para valorizar cada ingrediente e imprimir minha personalidade”, disse Loi à Vogue. Aquela história de que o cavaco não voa longe do pau é bem nítida em Loi, que nasceu na Sardenha e nunca colocou de lado os sabores de sua terra. Estivemos algumas vezes no restaurante, em Pinheiros, e são muitas as delícias, inclusive as sobremesas. A carta de vinho exala o seu notável conteúdo.

SALVATORE Loi em seu restô
(Divulgação)

Deixe uma resposta