COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Eu acho tão chic quando alguém perde a carteira e diz ‘não é nem pelo dinheiro’.”

@fernandaalices

***

“É incrível a minha capacidade de me dedicar a coisas que nunca vão dar em nada.”

@leorndo

 

OS ORGULHOSOS papais Flávia e André Barbosa Barros com a irmã Liz, no batizado de Davi

 

 

Hoje

O Toro Black, em Santa Lúcia, recebe, às 19h30, coquetel e prévia do Vitória Music Festival, evento que será realizado no dia 7 de setembro, no Ilha Shows.

***

Boa música. O 244 Clube, na Praia do Canto, terá Carlos Augusto e Caco Dinelli, hoje, às 18h30; Bruno Venturim e Paulo Sodré, amanhã, às 20h; e o show “Temas Inesquecíveis do Cinema”, com Kátia Rocha e Bruno Venturim, sábado, às 20h.

 

BETO e Melissa Marianelli em evento de decoração na Composé
(Cloves Louzada)

 

 

Acima do teto I

O governo federal quer mudar as regras para a concessão de auxílios aos servidores do Executivo, definindo novo teto de remuneração. A medida irá afetar funcionários do alto escalão, como os ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Henrique Meirelles (Fazenda), além da secretária do Tesouro Nacional, a capixaba Ana Paula Vescovi, que já foi secretária de Estado da Fazenda aqui.

 

Acima do teto II

A remuneração mensal de Ana Paula Vescovi, incluindo salário, honorários por participar dos conselhos de administração do IRB e da Caixa e verbas indenizatórias (aí entra o aluguel dela em Brasília), fica em cerca de R$ 37 mil. Com a revisão, que deve valer já para 2018, o teto seria de 33,7 mil. Caso o governo consiga alterar as regras, a economia total será de mais de R$ 1,5 bilhão por ano!

 

É show!

Dia 28 de novembro, no Teatro Carlos Gomes, nosso evento musical anual terá toda a renda de bilheteria revertida para a Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (Acacci) e Associação Maria Mãe dos Pobres (Ammap). Tânia Caju cuida da produção, e teremos o importante apoio de Rede Tribuna, Secult, empresas e entidades do Estado. No palco a excepcional Rosa Passos e Quarteto, cantora que faz parte do programa de atrações, a cada dois anos, do Lincoln Center, em Nova Iorque. Sua discografia mostra o talento que é na MPB. Convite feito!

 

DESCONTRAÇÃO na Mesa da Assembleia Legislativa: Erick Musso, Amaro Neto, Marcelo Santos e Enivaldo dos Anjos


Almoço com o Papa

Dom Rubens Sevilha, bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória, e dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, bispo da diocese de Colatina, participam de um encontro internacional para bispos na Itália. Hoje eles estão em um retiro em Camaldoli e, no próximo dia 4, participam de um almoço com o papa Francisco.

 

Agosto do comércio

Após cinco quedas seguidas, a intenção de consumo das famílias de Vitória reagiu em agosto, apresentando um crescimento de 4,3% em relação a julho, e atingiu 39,6 pontos. Ainda assim, permanece no patamar de insatisfação (abaixo de 100 pontos), lugar que ocupa desde março de 2015, devido principalmente ao “emprego atual” e “perspectivas profissionais”, que se encontra no menor nível, com queda de 19,8% em relação ao mês anterior.

 

Pérola

Quebrando o “protocolo” aqui da coluna, uma pérola – que sempre publicamos aos domingos –em plena quinta-feira, porque é um sarro. “Não falo sobre isso. Em relação a esse rapaz, não falo”, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, quando questionado sobre a situação de Gilmar Mendes. Na mosca!

 

Vem, verão!

Já foram finalizadas as obras realizadas pela RodoSol entre os quilômetros 40 e 43 do contorno de Guarapari. “Os pontos de aterro foram reconstruídos, por se tratar de uma região de transição entre o mangue e a Mata Atlântica, onde o solo é de baixa resistência. O fluxo está normalizado, sem interdições”, avisa o diretor-presidente da concessionária, Geraldo Dadalto.

 

CORINA e Carlos Moschen no Iate Clube do Espírito Santo
(Camilla Baptistin)

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 30 de agosto
Próximo artigoColuna 01 de setembro
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta