A Palavra

Para começar bem a semana: “Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Bem-aventurado o homem que acha sabedoria e o homem que adquire conhecimento; Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino”. Provérbios 3:11-14

 

Eles nas redes sociais

“Vou parar de beber. Ontem passei 15 minutos procurando meu celular debaixo da cama, usando a lanterna dele mesmo.”

@Makuroonline

***

“Sempre que tô triste imagino a grávida de Taubaté colocando enchimento na barriga”

@nikkioliveira

 

QUARTETO de belas em Pedra Azul. Érika Rocio, Taíssa Pinheiro, Letícia França e Lívia Moura
(Cloves Louzada)

  

Fora do ponto

A Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) precisa cuidar da situação dos abrigos de ônibus da região metropolitana. O órgão descumpre a Lei Estadual 10.089/2013 (que determina um padrão para os abrigos de ônibus do Sistema Transcol) e a Lei Estadual 10.131/2013 (que institui a instalação de mapa de identificação nos pontos para que o cidadão consiga se localizar e saber quais linhas passam no local). Desconforto para a população. E basta que se faça o que é de direito de todos: abrigos sérios.

 

Marcha animal

No dia 8 de outubro haverá a marcha nacional em defesa dos animais. Em Vitória, será na praia de Camburi, às 8h30. A situação dos animais na Grande Vitória está preocupante e representa um sério problema de saúde pública. São muitos cães e gatos famintos e doentes, maltratados, rejeitados e atropelados, até que finalmente são recolhidos e encaminhados a lares temporários. Segundo os protetores, são urgentes as medidas de melhoria. E que sigam fortes também mobilizações em prol de crianças, idosos e doentes abandonados.

 

Fruta descascada

Comprar a fruta cortada, descascada e embalada nem sempre sai mais caro que sua correspondente natural. Nos supermercados da Grande Vitória, o preço do quilo do abacaxi pode ser 21,4% superior que sua versão fatiada e descascada. O mesmo pode ocorrer com a melancia natural, que em alguns casos é 56% mais cara que a vendida em tiras na bandeja.

NA ABERTURA da Acaps, o reencontro de Luís Carlos Vieira e Ozires Silva, ex-presidente da Embraer. Ambos foram diretores da Fiesp na gestão de Horácio Lafer Piva

 

Rotativo

Foi publicada no Diário Oficial a homologação da outorga da concessão onerosa para a implantação, operação e manutenção do estacionamento rotativo da Serra. A empresa vencedora terá de repassar o percentual mensal de 26,5% da receita do parquímetro para o município. Em Vitória, a operadora repassa ao município 32,78% do valor arrecadado. E onde é aplicado?

 

Joelho e trabalho

Problemas no joelho estão entre as principais causas de afastamento do trabalho no Estado, e os motivos são atividade física sem orientação, excesso de peso e até fatores genéticos. “Para evitar patologias do joelho, é importante manter o peso controlado, se aquecer antes das atividades físicas, além de evitar corridas sem orientação de um educador físico”, alerta a fisioterapeuta Rute Lane de Barros.

AS AMIGAS Elisângela Franco e Elaine Duailibi em coquetel na Ilha
(Vitor Carvalho)

 

Martin Vaz

A ciência brasileira brilhou no cenário internacional este mês, com a publicação de uma pesquisa na capa da revista Nature. Ilustrado por uma imagem aérea do arquipélago de Martin Vaz – as ilhas mais distantes da costa brasileira, a 1.200 km do litoral capixaba –, o trabalho faz uma elucidação pioneira dos processos evolutivos que controlam a composição e a diversificação da biodiversidade marinha de peixes em ilhas oceânicas e montes submarinos.

 

Rede Cuidar

O Instituto de Tecnologia da Informação do Espírito Santo (Prodest) desenvolveu o site da Rede Cuidar (www.redecuidar.es.gov.br), com dados sobre essa nova iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde. A página traz o número de unidades, municípios atendidos, população contemplada e as principais dúvidas sobre o funcionamento da Rede.

ROSSINI Macedo com o professor Luis Marins no “Bom de Papo”, na TV Tribuna

CIRCUITO

 

FIGURINHA fácil nos desfiles do último São Paulo Fashion Week, o rosa virá com tudo no verão. A estilista Chris Trajano diz que a cor é versátil e agora aparece em combinações ousadas. “A novidade é mesclar com tons quentes, como o vermelho e o laranja”, sugere. Pelo sim, pelo não, antes de entrar nessa, converse com o espelho!

 

A APAE Vitória realiza no próximo dia 28 seu coquetel beneficente, às 21h, no MS Buffet, com música de Marcelo Ribeiro e Banda B. Convites à venda no 2104-4002.

 

RENATA e Maria Helena Pacheco recebem para a abertura da temporada de primavera em seu espaço de moda, em Santa Lúcia, amanhã, a partir das 10h. À tarde, haverá bate-papo com a nutricionista Fernanda Bastos.

 

O BANESTES completa 80 anos no próximo mês com o espetáculo musical “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”, estrelado pela companhia carioca Barca dos Corações Partidos, e também a estreia da peça “Quixotinadas”. As apresentações, únicas e gratuitas, serão no dia 7 de outubro, na Praça do Papa.

 

LARISSA Puppim e Rafaela Ziviani, organizadoras do It Brides 2017, promovem bate-papo para noivas no próximo dia 27, na Praia do Canto, para apresentar as novidades do evento, que será no dia 25 de outubro, na Casa Aberta.

 

COMPROMISSO com a educação. As empresárias Ivana e Nina Tassis visitaram os alunos do Instituto Ponte, que frequentam aulas em Consolação, Vitória, fizeram um bate-papo e “adotaram” com o suporte financeiro mensal um jovem estudante de baixa renda, originário de escola pública, que participa do programa Bom Aluno Capixaba.

 

O CIRCUITO Cultural Unimed traz para Vitória oficina gratuita de técnica vocal com o renomado diretor musical Marcelo Nogueira, dia 1º de outubro, no Hotel Senac Ilha do Boi, das 13h às 19h. Para se inscrever, basta enviar e-mail solicitando a ficha de inscrição para contato@wbproducoes.com. As vagas são limitadas.

 

PALESTRA gratuita amanhã, às 8h30, no Hotel Senac Ilha do Boi, vai abordar as mudanças que a reforma trabalhista e o eSocial vão provocar na rotina de pequenas, médias e grandes empresas a partir de novembro. Entre os assuntos debatidos pelo advogado Victor Passos Costa e o consultor Carlos Alexandre estão a possibilidade de dividir as férias em até três períodos, contribuição sindical voluntária e trabalho intermitente.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorA “WEEKEND Bag”, da Osklen
Próximo artigo“Minha Mãe é uma Peça” em dose dupla
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: