COMPARTILHAR

A Palavra

Para começar bem a semana: “Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas, para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo. Retendo a palavra da vida para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão”. (Filipenses 2:14-16)

 

Eles nas redes sociais

“Querido diário: hoje eu sugeri uma solução para um problema após 8 minutos de reunião. No minuto 58 um homem sugeriu a mesma coisa e a sugestão dele foi acolhida.”

@outrarosa, sobre uma situação mais comum do que se imagina vivida por mulheres no mercado de trabalho. Inadmissível.

***

“Eu odeio o setor de músicas aleatórias do meu cérebro, agora eu tô com a música NADA MAU, CURTIR O TERRASAMBA NÃO É NADA MAU e nada tira ela de mim”

@napaulices

 

AS MODELOS Juliana Kwak, Thainá Castro e Letícia Cesato em coquetel na Praia do Canto
(Cloves Louzada)

 

 

 

 Jogo de empurra

Na BR-101, 12 novos radares operados pela Eco101 estão funcionando, enquanto oito estão sendo instalados. Outros 46 radares da rodovia, que eram operados pelo Dnit, foram passados para a Eco101, mas a concessionária diz que um parecer técnico a desobriga de operar os aparelhos. Por outro lado, o Dnit diz que todo o trecho concedido não é mais de sua responsabilidade e por isso não mantém mais equipamentos para a fiscalização. Enquanto isso, os usuários…

 

Educação para a mídia

Para combater as notícias falsas, o doutor em Ciências da Comunicação Sergio Denicoli acredita que as novas gerações precisam ser educadas para lidar com as redes sociais e a internet. “Há uma forte corrente que defende disciplinas de educação para a mídia, para ensinar crianças e adolescentes a consumir a mídia online”, avalia. A circulação de “fake news” é um dos maiores crimes sem punição que há. Contra o que circula sem controle nem compromisso com a verdade, é fundamental o trabalho competente do jornalismo responsável.

 

Mutirão da dívida

O Procon Estadual fará o primeiro mutirão de renegociação de dívidas de 2018 em Guarapari, entre os dias 14 e 18 de maio, no Sesc do município. Serão oferecidos atendimentos com duas mil senhas para que a população quite suas dívidas com nove empresas. Outros três mutirões já estão marcados em Colatina (16 a 20/07), Vitória (27 a 31/08) e Cariacica (24 a 28/09).

 

SÉRGIO Carone, Camila Carone Lopes e Gabriel Ceolin na BM Vitória
(Cloves Louzada)

 

Convivência é lei

O fim de um casamento afeta a todos que estão em volta do casal, principalmente os filhos, que muitas vezes perdem contato com um dos pais e até os avós. Além de ser prejudicial para a criança, tal prática é contra a lei, segundo o presidente do Sindicato dos Cartórios, Marcio Valory. “Crianças precisam desse contato com a família. O artigo 1.589 do Código Civil permite essa convivência, a não ser em caso de maus tratos”, afirmou.

 

Com uma senha

O Acesso Cidadão, recurso que permite adotar o login único para utilizar os serviços do governo do Estado disponíveis na internet, ultrapassou a marca de 500 mil usuários cadastrados. Desenvolvida pelo Prodest, a ferramenta possibilita que, com apenas uma senha, os capixabas acessem diferentes serviços digitais, como o aplicativo ES na Palma da Mão e os sistemas de inscrições para as seleções de Designação Temporária, cursos promovidos pela Sedu e o programa Jovens Valores, por exemplo.

 

Tartaruga

Das sete espécies de tartarugas marinhas que existem no mundo – todas ameaçadas de extinção –, cinco podem ser encontradas no Espírito Santo, sendo três delas mais recorrentes no litoral capixaba: a tartaruga-gigante ou de couro, a tartaruga-cabeçuda e a tartaruga-verde. O Estado possui o único ponto de concentração de desovas da gigante e o segundo maior da cabeçuda, além de abrigar um dos sítios reprodutivos da verde, a Ilha de Trindade, a 1200 km de Vitória.

 

MONICA e Mariana Sardenberg em evento de noivas em Vila Velha
(Márcio Guimarães)


Burarama na tela

Cresce o interesse pela produção audiovisual em Burarama, Cachoeiro de Itapemirim, além da vocação turística ambiental. O distrito cachoeirense já foi cenário do filme de ficção “Teobaldo Morto, Romeu Exilado” e do documentário “O Que Bererico vai pensar”. Agora estão em andamento o curta-metragem “Abelha Rainha”, da Caju Produções, e o longa “Marraia”, da Global Village Creative.

CIRCUITO

 

ALERTA! Acompanhe no detalhe o extrato de sua conta bancária. Há cobranças diversas do tipo “se colar, colou”, como manutenção de conta ou outros itens sem explicação. Vigie e contate o gerente. Um pouquinho aqui, outro ali, é uma grana alta ao final de 12 meses!

 

ARIOSTO Santos, sua mulher, Shirley, e os filhos Arthur e Ariosto Neto curtem férias nos Estados Unidos.

 

DESENHOS animados japoneses como “Os Cavaleiros do Zodíaco”, “Digimon”, “Pokémon”, “Samurai X”, “A Viagem de Chihiro” e até os clássicos “Nacional Kid” e “Ultraman” são a trilha sonora do “Anime in Concert”, da Camerata Sesi-ES, sexta-feira, às 20h, no Teatro do Sesi de Jardim da Penha. Direção artística e regência de Guilherme Mannis, da Orquestra Sinfônica de Sergipe.

 

O PRAIA Gourmet edição Confeitaria irá reunir personalidades como os apresentadores Bela Gil e Felipe Bronzi, além de chefs locais no comando de aulas-show e aulas especiais para crianças. O evento de gastronomia será de 3 a 13 de maio, em centro de compras na Praia da Costa.

 

CAMBURI, nossa belíssima praia de Vitória, começou a ganhar 200 novos coqueiros. São cerca de 10 ilhas a cada 500 metros para cobrir toda a orla, que já contava com 372 coqueiros.

 

CAMINHO do Imigrante. Rememorar os trajetos percorridos pelos primeiros imigrantes no Espírito Santo e desfrutar das paisagens que compõem a serra capixaba fazem parte do “Caminho do Imigrante”, que será realizado amanhã. O evento é organizado pelas prefeituras de Santa Teresa e Santa Leopoldina, com o apoio do Arquivo Público do Estado.

 

YES! Pesquisa realizada por uma universidade norte-americana apontou que a banana é a melhor substituição às bebidas energéticas, que geralmente são cheias de corantes e conservantes. “A fruta é nutritiva e tem poder anti-inflamatório, apesar de ter a desvantagem de criar inchaço abdominal em alguns casos”, disse o educador físico Felipe Carvalho.

 

O ARTISTA capixaba Rick Rodrigues está em cartaz com a exposição “Almofadinhas”, no Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro.

 

MUITOS pais e mães não têm onde deixar os filhos para trabalhar, o que ocasiona abandono em casa ou em locais pouco adequados para crianças e adolescentes. A situação deveria ser tema de políticas públicas, e não ser encarada como questão de foro particular.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorROUPAS brancas têm tudo a ver com o frio
Próximo artigoColuna 01 de maio
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta