COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

 

“Costumo criticar Neymar pelo exagero. A verdade é que batem demais nele. No caso do pisão do mexicano, Osório perdeu a chance de ficar calado. Quem deu exemplo negativo foi ele e não Neymar. Foi machista, bobalhão e mostra que não sabe perder”.

@ultrajano

 

“Torcer pela seleção na copa do mundo não te faz um idiota. Reeleger corrupto faz”.

Milton Cavalcanti Neto

 

VAI, Brasil!!! A bela Luiza Dallapícula
(Cloves Louzada)

 

Vai cair ou vai chutar?

Hoje é dia do torcedor brasileiro ficar com o coração apertado, vestir roupas verde-amarelas, fazer simpatias, pedir intervenção divina, roer as unhas e torcer muito! Em jogo, a disputa “BB”, Brasil e Bélgica, por uma vaga nas semifinais da Copa da Rússia e o desejo de milhões de brasileiros de vibrarem com essa alegria que só o futebol proporciona! E aí, Neymar, vai cair ou vai chutar a bola para o gol?

 

Equoterapia

O Regimento de Polícia Montada da PM-ES (RPMont) acompanha cerca de 50 famílias em atendimentos individuais na equoterapia, que tem até lista de espera. Os exercícios e a interação com o cavalo contribuem para a evolução geral do praticante, estimulando mente e corpo para complementar tratamentos de pessoas com deficiências ou necessidades especiais, como síndrome de Down, paralisia cerebral, autismo etc. A terapia proporciona, em especial para crianças, o ganho de mais autonomia e qualidade de vida.

 

Dever de casa

O educador americano Alfie Kohn afirma que lição de casa não ajuda no aprendizado e que pode até causar cansaço e desinteresse pelo assunto. Já a diretora pedagógica Vera Santos Zanol diz que o dever de casa é necessário para fixar o desenvolvimento de uma matéria que o professor acabou de dar, principalmente português e matemática. “Até mesmo em alunos com memória espetacular o dever cria o hábito dos estudos, da leitura, da responsabilidade”, avalia.

JULYA com os pais, Kekey e Sílvio Favero, na festa de seus 15 anos, comemorados em João Neiva
(Divulgação)


Sexo forte

A união faz a força, diz o ditado. E, no caso das mulheres – o sexo forte! –, a união está cada vez maior. Acaba de ser lançado no País o primeiro banco de currículos para a recolocação profissional de mães que precisaram deixar seus empregos após o nascimento dos filhos. A ideia da plataforma Contrate Uma Mãe é simples: elas cadastram seus currículos e podem incluir até um pequeno texto sobre as habilidades adquiridas graças à maternidade. As empresas que apoiam o projeto recebem da agência esses currículos para avaliação e respondem diretamente para as candidatas.

 

 

A volta do glamour

O movimento atual das grandes maisons de alta-costura é para driblar a crise e o crescimento do “ready to wear” (pronto para vestir). Nos quatro primeiros dias da Semana de Moda de Paris, que começou no último domingo na capital francesa, grifes como Givenchy,  Schiaparelli, Valentino e Dior apostaram em looks que exaltam o glamour e o caráter exclusivo, de olho em consumidoras que desembolsam até R$ 100 mil em um vestido.

 

Capixabas luxemburgueses

Desde que Luxemburgo anunciou uma campanha para dar cidadania a descendentes de luxemburgueses que emigraram durante as guerras para vários países do mundo, capixabas começaram uma corrida para recolher documentação necessária para o processo. O que se vê em integrantes de comunidades de descendentes no Facebook é um desejo coletivo de conseguir o passaporte e, quem sabe, tentar a sorte no país europeu, que tem um dos melhores índices de desenvolvimento humano (IDH) no mundo, ocupando a 20ª posição.

CARLOS Moschen e sua mulher, Corina, em noite de clássicos do rock no Iate Clube
(Camila Baptistin)

 


Restauração adiada

Foi adiado para a primeira quinzena de agosto o início da restauração da pintura do histórico Farol Santa Luzia. O motivo é a grande visitação de turistas no período das férias de julho, já que o espaço precisará ficar fechado por 40 dias durante as obras. Junto com a pintura do farol será colocado para visitação permanente o Canhão Histórico do Século XVII, que foi encontrado na Baía de Vitória. O turismo segue sendo a nossa “maior” indústria, mas ainda implorando “gasolina azul” para ativar o motor!

 

Túnel

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, garantiu verba para o início das obras da tão esperada Rotatória do Dório Silva, em Laranjeiras, na Serra, onde será construído um túnel com investimento de R$ 61,2 milhões. O recurso deve ser liberado até o final deste mês. Logo ali! Vamos acompanhar, ministro!

CIRCUITO

 

 

A SUPERINTENDÊNCIA do DNIT no Espírito Santo finalmente iniciou os serviços de recuperação (fresagem e recomposição) da BR-262 entre os quilômetros 37 e 49, entre Domingos Martins e Marechal Floriano. Espera-se  que a rodovia, que também está sendo duplicada, apresente logo melhores condições de trafegabilidade.

 

JOSMAR  Pagotto tomou  posse,  quarta-feira passada, como juiz substituto da Classe dos Juristas no TRE-ES, para mandato de dois anos.

 

A COMEMORAÇÃO do aniversário de Daniela Morais será em clima de Copa do Mundo. Ela reúne hoje amigos e familiares no Espaço de Arte Rodrigo Dutra para torcer pelo Brasil e celebrar a idade nova.

 

A UNIMED Sul Capixaba lança hoje a pedra fundamental do novo hospital, em Cachoeiro de Itapemirim, às 10h, no bairro União. O hospital atenderá a procedimentos de média e alta complexidades, oferecendo 122  leitos e dez salas cirúrgicas. A obra tem inauguração prevista par 2020.

 

ANA MARIA Melo, que reside em Dubai, está em Vitória visitando amigos e familiares.

 

MARCELO Santos fechou a semana comemorando evento de ontem em Viana, no qual o Governo do Estado assinou ordens de serviços para obras no município.

A FESTA do Carro de Boi, conhecida como a festa do voluntariado, acontece de hoje a domingo, no Parque de Exposições Dr. João Eutrópio, em Afonso Cláudio, região serrana do Estado.

 

MUDANÇA de vida para a arquiteta Kikka Guzzo. Ela, o marido, Chico Rezende, e o filho, Enrico, estão de mudança para a República do Congo, na África. Por lá, ele assume compromissos profissionais. Por aqui, a saudade da família e dos amigos.

 

ANDREIA Limonge, que mora em Houston, Texas, chega à Ilha no próximo dia 13 com os três filhos para curtir 10 dias de férias! Na programação, um superencontro com as “Crescetes”, amigas que estudaram juntas na escola Crescer.

 

A DENTISTA Andressa Hirle segue em ritmo frenético. É que ela além de atender em seu consultório está finalizando seu trabalho de conclusão da especialização em implantodontia.

 

SIMONE Teixeira já está a mil com os preparativos de sua festa de aniversário, que será no próximo dia 14 no Marina Lounge.

 

 

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 05 de julho
Próximo artigoColuna 07 de julho
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta