COMPARTILHAR
Eles nas redes sociais
“A culpa nunca é da vítima. Menos em ataque de tubarão em Recife aí é da vítima sim”
@belledejour, sobre pessoas que entram no mar mesmo com placas de avisos do risco de ataque.
***
“Eu alcancei a minha independência financeira e fui morar sozinho pra comer a sobremesa antes do almoço. A gente cresce pra ser criança em paz!”
@thiago_p
LILIANE Poubel para enfeitar o sábado
(Cloves Louzada)

Parabéns!
Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Maria Tereza Casotti Rocha, Letícia Finamore e Margarida Pita de Gouveia, amanhã; Malvina Aguiar, Luciana Deps, Guilherme Rody, Rafaela De Prá e Flávia Murad Neffa, dia 9; Wellerson Souza Brandão, Daniela Merlo, Karin Tonini, Quinha Campos e Cícero Moro, 10; Andreia Pelissari, Alexandre Lanz, Lises Ribeiro, Yara Vianna e Giovanna Rosa, 11; Luiza Matias Vilar, Manuela Croce Murad, Ana Maria Coelho, Neivaldo Bragato, Luciana Riva Bolonha e Wagner Veiga, 12; Regina Sarkis, Brunella Coser, Dea Medeiros, Jô Negrão e Leonardo Ferraz Martins, 13; Denise Zanchetta Penedo, Jacqueline Chiabai, Angelita Chiabai e Joelma Peterle, 14.

Espuma na praia
Em Vitória, a Curva da Jurema amanheceu ontem com uma espuma de esgoto, que a deixou totalmente imprópria para banho em pleno fim de semana. Agora, a chuva não pode ser a desculpa da vez, pois a última que caiu foi há uma semana. A situação vem se repetindo há meses, manchando, literalmente!, a imagem turística de Vitória. Filme antigo!

Cerol na energia
A EDP Escelsa faz um apelo aos moradores da Serra, pedindo para que soltem pipas em espaços abertos e sem fiações. Mais de 21 mil residências serranas ficaram sem energia neste primeiro semestre do ano por causa de pipas na rede elétrica. Inacreditável isso! Falta de educação, descaso com o viver em comunidade, desrespeito à vida alheia. Essa brincadeira mata! Sugestão: uma ampla campanha estadual sobre o perigoso tema. Vidas podem ser salvas!

O VELEJADOR capixaba de Optimist Pedro Henrique Pianna entre os técnicos Átila Pellin e Júnior, em campeonato no México, em Puerto Vallarta

Feira no trânsito
Pelas ruas e avenidas da Grande Vitória, os motoristas podem até “fazer a feira” no caminho para o trabalho. Ambulantes conquistam os condutores oferecendo frutas apetitosas da estação, como carambola, morango, manga e mexerica. Só é preciso ficar de olho no tempo do sinal para não atrapalhar o tráfego. A dica é só comprar se estiver com o dinheiro na mão. Ou se a fila do engarrafamento estiver grande…

De olho nas redes
Muitos pais vigiam de perto a atividade dos filhos na internet, restringindo o acesso a redes sociais e a aplicativos de mensagens instantâneas. A segurança dos pequenos é primordial! Mas mães e pais devem ficar de olho também nas conversas que os próprios amiguinhos trocam entre eles. Na inocência de um bate-papo com os amigos, eles podem até revelar alguns problemas que estejam passando. Recentemente, uma amiga da coluna flagrou um comportamento depressivo de um dos colegas dos filhos e alertou seus pais.

Defensores sem proteção
Mesmo com R$ 12 milhões em caixa, o Programa de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos não despertou interesse dos estados. São somente 30 técnicos para dar conta de todos os militantes inscritos. O Brasil é o país das Américas onde mais se matam defensores dos direitos humanos e o Espírito Santo é um dos quatro estados que mais demandam o projeto. Epa!

AÍDA Cruz com a cunhada aniversariante, Penha Borges
(Cloves Louzada)

Frase de caminhão
Talvez pela violência nas estradas, muitos caminhoneiros trocaram as famosas frases bem-humoradas nos para-choques por mensagens religiosas. No lugar de “Não sou parafuso, mas vivo apertado” e “Feliz foi Adão, não teve sogra nem caminhão”, o que mais se vê nas rodovias hoje é “Guiado por Deus” e “Deus é fiel”. “Há uns cinco anos, a cultura da ornamentação nos caminhões já estava caindo um pouco”, comenta a pesquisadora Fátima Finizola.

Circuito de Capacitação
O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES) e o Instituto Rio Moda promovem, entre os próximos dias 16 e 19, a terceira palestra do Circuito de Capacitação do Setor do Vestuário 2018. Dessa vez, o tema será “E-commerce para Negócios de Moda”, com Leonardo Rodrigues, que já foi coordenador de tecnologia da Osklen e hoje atua no e-commerce da Ateen. O primeiro evento será no auditório da Findes, em Vitória, no dia 16, às 19h, seguindo no dia 17 para Linhares e Colatina; no dia 18 São Gabriel da Palha; e, no dia 19, Cachoeiro de Itapemirim.

Cinema nas montanhas
Pela primeira vez, Santa Teresa, terras dos colibris, vai ser palco para um Festival de Cinema no período de 16 a 18 de agosto, na Praça Duque de Caxias. Durante o evento, 33 filmes brasileiros serão apresentados nas categorias ficção, animação, documentário, filmes ambientais e híbridos. Organização da cineasta Luiza Lubiana. Entrada franca.

CIRCUITO

O PERFIL dos prefeitos mudou bastante de 2001 para cá. O número de mulheres nas lideranças municipais praticamente dobrou, passando de 6% para 12% do total. E elas estão também à frente nessa aqui: são mais bem preparadas do que os colegas do sexo masculino – 72,4% têm curso superior completo, contra 52% dos homens. Dados do IBGE.

SIMONE Teixeira já está envolvida com os preparativos de sua festa de aniversário, que será no próximo dia 14, no Marina Lounge.

FERNANDA Prates e Bianca Ferrari convidam para o lançamento da coleção de joias de Adalberto Amorim no MA Atelier, no próximo dia 25.

PAPA fina. O Canto do Vinho, na noite de quarta-feira, teve o impecável som de Marcelo Ribeiro.

CRISTAL Bastos, filha do casal Andreia-Nahor Bastos, farmacêutica e cosmetóloga, passa a integrar a equipe do médico Ademir Carvalho Leite Junior, presidente da Academia Brasileira de Tricologia – área da Dermatologia que trata de problemas nos cabelos ou couro cabeludo.

“A MINHA filha caçula, Jade, está em Portugal, cursando Letras na Universidade de Coimbra”, disse-nos, saudoso, o maestro Pedro Alcântara, fazendo coro com sua mulher, Priscilla Sanglard.

O CASAL Gracinha e Moysés Nader e a filha Belisa desembarcaram hoje no Egito, em roteiro assinado por Teresa Perez: Cairo, Alexandria, Luxor e cruzeiro pelo Rio Nilo, curtindo também o badalado balneário Sharm El Sheikh, no Mar Vermelho. Top!

CIDA Gomes, do Quinta dos Manacás, em Pedra Azul, especialmente neste julho está com jantar aos sábados e música ao vivo. Ah, sim – o menu tem novidades!

A DUPLICAÇÃO da Rodovia ES-482, uma das principais vias de Cachoeiro de Itapemirim, está com 90% do serviço concluídos. Esta semana, foi inaugurado o Porto Rodoviário de Coutinho, que será utilizado pelo Batalhão de Trânsito (BPTran) para fiscalização.

A ORDEM dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES) sedia em outubro o I Encontro dos Advogados Estatais em Empresas Públicas e de Economia Mista do Espírito Santo.

FALTAM técnicos da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para fiscalizar postos de combustíveis. O número beira o ridículo: apenas quatro para vigiar os postos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Em 2010, eram 12 fiscais.

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 06 de julho
Próximo artigoColuna 08 de julho
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta