COMPARTILHAR

A Palavra

Para começar bem a semana: “Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros”. (Gálatas 5:22-26)

 

Eles nas redes sociais

“Eu particularmente acho que uma das piores traições que se pode cometer é usar as piadas internas que tu tem com uma pessoa com outras. Mas aí vai da integridade humorística de cada um”.

@fezepka

***

“Minha política de vida é recusar ligação e depois mandar um zap pra saber o que a pessoa ta querendo”.

@howbryan

RITA Bumachar e Cíntia Kuster em lançamento de joias na capital
(Cloves Louzada)

 

Vítimas no trânsito

O Espírito Santo é o segundo estado do Brasil com maior índice de violência no trânsito, totalizando mais de 1000 mortes por ano. O maior número de acidentes está concentrado na Serra. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, mais de R$ 6,6 milhões mensais são gastos para atender às vítimas nos hospitais São Lucas e Dório Silva. Por isso, o Convento da Penha realiza no próximo dia 5, a partir das 08h30, a Santa Missa em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito, no Campinho.

 

Investidor-anjo

Pelo menos 40% das startups brasileiras fecharam as portas nos últimos três anos por dificuldades de acesso ao capital. Para aproximar empresas de investidores, o Sebrae criou o projeto “Capital Empreendedor”, que conta com a participação de investidores-anjos. “Além do recurso financeiro, eles fornecem conhecimentos, experiências e network. É o que chamamos de smart Money”, explica o superintendente do Sebrae ES, José Eugênio Vieira.

 

Trajeto mais curto

Já é possível encurtar o trajeto entre Vila Velha e Cariacica utilizando a quase pronta Rodovia Leste-Oeste. Motorista leitor da coluna diz que saiu da Praia da Costa e gastou apenas 20 minutos para chegar a um hospital de Cariacica. “Antes, não chegaria ao destino com menos 30 minutos”, conta.

JONAS Porfírio na comemoração do aniversário da sobrinha Andréa Pedroni

 

TV quebrada

Televisão quebrada é sinônimo de dor de cabeça e muita sola desgastada do sapato. Tem que pesquisar e pedir orçamento para, pelo menos, três assistências técnicas. Leitor conta que levou sua TV de LED em uma autorizada, que cobrou R$ 900 pelo conserto. Em outra, foi cobrado o valor de R$ 250. Já na terceira opção, a empresa não cobrou nada: o técnico apenas limpou os conectores. Pois é!

 

Oportunidade de estágio

O Centro de Integração Empresa Escola do Espírito Santo (CIEE-ES) aponta que Pedagogia lidera o ranking dos cursos que mais colocaram novos estagiários de nível superior no mercado em 2017, com 24,42% das contratações, seguido por Administração (10%) e Direito (7,71%). O superintendente da instituição, Jossyl Nader, diz que é importante o estudante manter sempre o cadastro atualizado para a seleção das vagas em aberto.

 

Previdência

Até o final do ano, mais de R$ 5 bilhões gastos em benefícios da Previdência Social deverão ser cortados por conta de irregularidades, que estão sendo apuradas pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). O corte segue o trabalho de revisão de benefícios sociais feito pelo Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais.

SOLANGE Aguiar, Geysa Wanderley e Maria Tereza Emery em recente evento na Ilha
(Cloves Louzada)

 

 

Na escada

É só entrar em um coletivo para constatar que a educação e a cortesia são deixadas de lado em muitas ocasiões. Leitora da coluna reclama dos passageiros que insistem em se posicionar justamente nas escadas do ônibus, impedindo o acesso de quem vai descer do veículo. “Nem sempre o ônibus está cheio, e, mesmo assim, lá estão eles em pé ou sentados na escada, durante toda a viagem”, conta. Só mesmo a Ceturb e as empresas de transporte público para resolverem este impasse.

 

Código de posturas

Durante 30 dias, a população de Vila Velha poderá acessar a minuta do novo Código de Posturas do município para dar sugestões sobre questões que envolvem o ordenamento da cidade, a segurança, a salubridade e as normas de convivência. O material está disponível no portal da prefeitura.

CIRCUITO

 

A CORREGEDORIA Nacional de Justiça desembolsou com diárias nas inspeções de tribunais, no primeiro semestre deste ano, o orçamento previsto para os 12 meses de 2018!  De janeiro a junho, o gasto foi de R$ 906.909,06 em diárias a juízes e servidores, valor próximo dos R$ 909.614,29 gastos em todo o ano de 2017.

 

“APRENDA a Dizer Não sem Culpas” é o nome do livro que o pesquisador Antonio Sacavem escreveu para explicar o chamado “não positivo”, que permite manter uma relação de compreensão com as pessoas com as quais convivemos. “Um ‘não’ confiante, que abre portas para o diálogo”, explica o autor. É, pode ser!

 

O MÚSICO Sergio Rouver apresenta um show com baladas jazzísticas românticas quinta-feira (2), às 20h, no 244/club, na Praia do Canto, em Vitória. Ele toca saxofone ao lado de Roger Bezerra (teclado), Hugo Maciel (baixo) e Marlon Aloyr (bateria).

 

A COMISSÃO organizadora da 2ª Pomerfest de Baixo Guandu se reúne periodicamente para organizar a festa, de 11 a 14 de outubro. O município tem 40% dos seus habitantes de origem pomerana.

 

NO bolso: R$ 42,00 é o custo mensal de manutenção de conta na Caixa Econômica Federal. O item juros é outra conversa.

 

A CHEF Cleuza Costa é a convidada de Duaine Clements em jantar a quatro mãos e sete etapas, no próximo sábado (4), na Quinta dos Manacás, em Pedra Azul.

 

ABERTAS as inscrições para o Prêmio Sesi de Boas Práticas, com foco em ações voltadas para a saúde e a segurança do trabalhador. O diretor de Saúde e Segurança na Indústria do Sesi-ES, Júlio Zorzal, diz que os investimentos em prevenção de acidentes e redução dos riscos ambientais são fundamentais, uma vez que melhoram os indicadores das empresas e reduzem o absenteísmo.

 

TODA eleição é assim: muitos candidatos propõem “soluções mágicas” para a Educação. Beatriz Cardoso, presidente do Laboratório da Educação, diz que o candidato precisa demonstrar que vai mergulhar e entender as demandas e necessidade para cada nível de ensino. Antigo “conto do vigário” ou “engana que eu gosto”! Há exceções.

 

A 107ª EDIÇÃO do Café de Negócios, evento em homenagem aos empresários de Barro Vermelho, será na quinta-feira (2), no Masterplace Mall, em Vitória. Com o tema “Administrando conflitos nas organizações”, quem comandará a palestra é o administrador de empresas com MBA em Gestão de Marketing Estratégico Denilton Cunha.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 29 de julho
Próximo artigoAbertura da exposição “Alvorada” – Fotos: Cloves louzada
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta