COMPARTILHAR

Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Aparecida Neves, Sílvio Casotti, Miguel Dórea e José Pedro Zamborlini, amanhã; Thiago Sarlo, Gracia Helen Theodoro, Carlos André e Carlos Alberto Peixoto, Denize Abaurre, Marilza Tesch, Vicente Romano, Alfredo Pretti, Ana Cristina Velten, Larissa Hastenreiter, Wendy Verjovsky, Aline Eisenlohr e Cláudia Colodetti, dia 13; Elenice Costa, Maria Zélia Guerra, Judith Ferrari Oliveira, Renato Vervloet e Cristiane Feu, 14; Beth Ribeiro e Kiko Gatto, 15; Carol Dettino, Franciane Pedrosa, Nami Chequer, Fernanda Julião e Flávia Scárdua, 16; Rita Bumachar, Lorenza Tanure, Terence Rangel, Lygia Bellotti Piltz e Ricardo Ferraço, 17; Cristina Leal Silva, Fabrício Sthel, Helle Nice Haddad e Luciana Noronha, 18.

 

Eles nas redes sociais

“Bom dia só pra quem não pode aumentar o próprio salário”

@anacronices

***

“Olá somos um casal a procura de alguém para aventuras… você gostaria de ir conosco ao Beto Carrero”

@amynutil

EM FAMÍLIA. Na comemoração dos 40 anos da sua Serdel, Antonio Perovano com a mulher Marilda, ladeados pelos filhos Ariane, Ricardo e Lurdinha
(Cloves Louzada)

 

 

Poder Supremo

Enquanto o déficit do governo federal deve chegar a R$ 522 bilhões até 2020, os ministros do Supremo Tribunal Federal aumentaram seus próprios salários em 16,38% – de R$ 33,7 mil, passará para mais de R$ 39 mil. A medida desencadeia uma avalanche de reajustes no Judiciário, que se baseia no teto do STF, além dos poderes Legislativo e Executivo. Só na Justiça Federal, o impacto será de R$ 717 milhões. Na esteira, virão ainda juízes estaduais, promotores e procuradores, sem falar em deputados e ouros servidores públicos que terão o teto aumentado.

***

Essa conta, de bilhões por ano, será paga por nós. É o povo que tem milhões de desempregados, outros milhões sobrevivendo de um salário mínimo e que ouve que é preciso fazer sacrifícios. O mínimo que se espera é que esse absurdo seja vetado no Congresso – o que, tratando-se desse Congresso, é esperar demais…

AS ANFITRIÃS Soraia e Robertha Genelhu em coquetel da Jorge Bischoff, na Praia do Canto
(Thuanny Louzada)

 

 

Diploma aos 60

Cresce 40% o número de idosos no ensino superior. Das mais de 8 milhões de pessoas matriculadas no Brasil, cerca de 24 mil têm idade superior a 60 anos. O reitor Alexandre Theodoro, da Faesa, diz que há alunos da melhor idade fazendo a terceira graduação. “É um fenômeno! Para eles, conviver com jovens é um privilégio e dá a sensação de que são tão importantes para a sociedade pelo conhecimento que estão adquirindo. Essa troca é benéfica para todos”, acredita.

 

Ode ao brigadeiro

Concorrido em festas e salvador da TPM, o brigadeiro é uma invenção brasileira, de 1945, e está se difundindo mundo afora. Por aqui, o doce ganhou versões inéditas da confeiteira Vanessa de Alvarenga: bala e quebra-queixo de brigadeiro. Mas seu carro-chefe mesmo é o tradicional, com milhares de unidades produzidas por semana. Ela diz que o segredo é fazer como a vovó, sem pular etapas, em panela de alumínio com fundo grosso, e usar produtos de qualidade. “O brigadeiro nos faz lembrar a infância, toca o coração”, disse.

 

Romaria dos homens?!

A Festa da Penha já tem data definida para ser realizada em 2019. Será de 21 a 29 de abril. Os organizadores se reúnem em setembro para definir o tema e a programação. Um das críticas de leitor trata sobre a Romaria dos Homens que, segundo ele, tem recebido a presença de mulheres e crianças. “Parece mais uma romaria das famílias. Por que não mudam o nome, já que não é mais exclusivamente masculina?”, questiona.

 

NA COMEMORAÇÃO do Dia dos Pais, na Crescer, o chamego de pai e filha: Marcelo Tommasi Helal e Maria

 


Simão Nader

No Diário Oficial, o município de Vitória anuncia a empresa vencedora do processo de licitação para a execução das obras e serviços de adequações para ampliação da Avenida Adalberto Simão Nader, cujo fluxo de veículos aumentou absurdamente com o novo acesso ao Aeroporto de Vitória. A M.T.F. Construções atendeu às condições do edital e apresentou a proposta de menor preço global: R$ 470.159,51. Agora é aguardar o início, meio e fim!

 

Greve nos portos

Auditores-Fiscais aduaneiros vão retomar o movimento de paralisação nas zonas primárias e recintos alfandegados de zona secundária do Espírito Santo, desta vez com mais força ainda do que ocorreu antes de 5 de julho, quando a greve foi suspensa em busca de uma solução política para a regulamentação do Bônus de Eficiência, via Câmara dos Deputados. A Delegacia do Sindifisco/ES diz que novos rumos do movimento serão redefinidos em reunião entre os dias 14 e 16.

CIRCUITO

 

FOI CONCORRIDO e marcado por momentos de emoção o jantar de quinta-feira última comemorando os 40 anos da Serdel, de Antonio Perovano, ao lado de sua família, na Lareira Portuguesa. A fala do anfitrião mostrou sua história de determinação iniciada ao lado de sua mulher, Marilda. Exemplar.

 

SÉRGIO Mafra, advogado, após três anos residindo em Toronto, Canadá, e seis meses em São Paulo, está de volta à Ilha. Foi presença ao lado do amigo Josemar Moreira no coquetel da Jorge Bischoff, de Robertha e Soraia Genelhu, quinta-feira, na Praia do Canto.

 

HOJE é Dia da Televisão, do Advogado, Dia Internacional da Logosofia, Dia do Estudante, do Garçom, de Santa Clara de Assis e ainda tem eclipse solar parcial. Amanhã, Dia dos Pais, Dia Internacional da Juventude e Dia Nacional das Artes. Na segunda, comemora-se o Dia do Economista, do Canhoto e Dia de São Ponciano e Santo Hipólito.

 

SERÁ hoje, na Catedral Metropolitana de Vitória, o sim-sim de Yuri Guerzet Teixeira e Caroline Lube Pestana. O noivo usará um terno azul, de Rachel e Flávia Pacheco, e a noiva escolheu um vestido de Aliki Brunetti. A cerimônia será seguida de recepção no Ilha Buffet.

 

OS ADVOGADOS Gustavo Varella e Felipe Malek, da VDM e Associados, representaram o Estado no 8º Congresso Brasileiro da Sociedade de Advogados, realizado esta semana, em São Paulo.

 

A PEDRA da Cebola, em Vitória, vai sediar o projeto Viagem pela Literatura, da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim, com uma série de atividades voltadas para o acesso ao livro e à leitura, hoje, das 9h às 12h.

 

CORRENDO atrás do prejuízo, o varejo está ampliando o horário de funcionamento, a exemplo do Shopping Vitória, que agora abrirá lojas e estandes das 14h às 21h aos domingos (antes fechava às 20h). Porém, continua facultativa ao lojista a abertura das 11h às 14h e, agora, das 21h às 22h. Já a praça de alimentação funciona das 11h às 22h.

 

A ANATEL foi obrigada pela Justiça a alterar as regras para impedir que os clientes sejam cobrados depois de informarem roubo, furto ou perda do aparelho. A decisão, que já está valendo, proíbe que as empresas multem os clientes que cancelarem os planos nessas condições.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 10 de agosto
Próximo artigoColuna 12 de agosto
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta