COMPARTILHAR

 

Privilégio de ser Cachoeiro

O cronista Rubem Braga, um dos filhos mais ilustres da Capital Secreta, sempre exaltava sua cidade natal – que também é a minha! – em seus textos. “É no dia 29 (de junho) a festa de Cachoeiro. Está visto que a maioria dos meus leitores, que não nasceram em Cachoeiro de Itapemirim, não tem nada com isso. Que fazer? Só a uma pequena e seleta minoria de brasileiros foi permitido esse privilégio de nascer em Cachoeiro”, disse em trecho da crônica “Dia de Cachoeiro” (1946).
A casa onde ele cresceu, um imóvel que abrigou a família entre 1913 e 1958, foi tombada como patrimônio histórico, passou por uma grande restauração e hoje abriga um importante espaço cultural, incluindo um vasto acervo de objetos da família. A Casa dos Braga pode ser visitada de segunda a sexta, das 12h às 18h, com entrada franca.

A CASA dos Braga é um importante centro cultural da Capital Secreta. Vale a visita!
(Divulgação)

 

Deixe uma resposta