COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Permitam-me deixar uma dica de brigadista pra todo mundo que tem mostrado preocupação com riscos de incêndio? Toda vez que você passar por uma porta corta-fogo no seu prédio, na firma ou no shopping, você precisa garantir que ela voltou a ser FECHADA. Toda vez, ok? Sempre.”

@anarina

***

“Mandei zap pra vários ‘marido de aluguel’ ao mesmo tempo pra pedir orçamento agora tô preocupada se conta como adultério de aluguel também”

@alechandracomix

MARCELA Raizer e Lílian Soares em almoço em Vila Velha
(Cloves Louzada)

 

 

Gravíssimo

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro divulgou que o Museu Nacional, destruído pelo incêndio do último domingo, não tinha autorização da corporação para funcionar. Hein? O prédio bicentenário não atendia aos requisitos básicos de segurança, como a presença de extintores, caixas de incêndio, iluminação, saídas de emergência e portas corta-fogo. Alô, autoridades capixabas! É mais que urgente uma vistoria geral em instituições e empresas para identificar riscos por aqui. Não dá para dormir tranquilo sem saber se locais com grande frequência de público são seguros!

 

Independência nas estradas

Segue até a meia-noite de domingo a Operação Independência 2018 da Polícia Rodoviária Federal. Como haverá também feriado municipal em Vitória amanhã, a PRF/ES fará reforço concentrado no policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de mortes, feridos e de criminalidade. Radar portátil e etilômetro passivo e tradicional estão sendo utilizados.

 

Caieiras movimentada

Começa hoje e vai até domingo o tradicional Festival de Frutos do Mar e Torta Capixaba, na Ilha das Caieiras, em Vitória. A entrada é gratuita e o evento acontece em comemoração ao aniversário de 467 anos da cidade, celebrado amanhã. A proposta do festival, sempre a partir das 10h, é reunir o melhor da culinária regional no bairro, tradicionalmente conhecido por suas belezas, pelo grande manguezal e pelas desfiadeiras de siri.

 

O CASAL Luiz Fantin e Rute em lançamento imobiliário
(Cloves Louzada)

 

Neutralizando para corrigir

Já existem técnicas disponíveis no mercado para reduzir os danos provocados por micropigmentação de sobrancelhas malsucedida. “A neutralização de sobrancelhas permite trabalhar e mudar a cor utilizada anteriormente, por meio da colorimetria, para chegar em uma cor ideal para cada tonalidade de pele e pelo”, disse a dermomicropigmentadora Penha Arraz.

 

Colônia centenária

A Colônia de Pesca Z2, em Itapuã, Vila Velha, tem quase 100 anos de história e é a segunda mais antiga do Estado. Hábitos tradicionais são mantidos até hoje, mas que podem ser aperfeiçoados para um melhor aproveitamento do espaço físico da praia, além de higiene e boa convivência com os frequentadores da orla.  O maior gargalo é o destino final dos resíduos do pescado.

 

Carga tributária

Tramita no Congresso um projeto de lei que prevê a cobrança de imposto sobre heranças e doações – que, atualmente, são isentos. A proposta é de alíquotas de 15%, 20% e 25%, de acordo com o valor. Diante do cenário de possíveis mudanças, o especialista João Eugênio Modenesi Filho diz que a melhor opção é a realização de um planejamento sucessório. “É possível antecipar a transmissão do patrimônio aos herdeiros e assegurar aos pais o controle e a administração dos bens, além de garantir uma menor carga tributária”, orienta.

 

DIRETORES da Unimed Vitória comemorando os 39 anos da cooperativa: Fernando Ronchi, Guilherme Crespo, Remegildo Gava, Márcio Almeida e Mário Tironi


Evolução das próteses

As primeiras cirurgias para aumento dos seios foram feitas há mais de 100 anos. De lá para cá, muitas foram as substâncias e os tecidos utilizados no procedimento, até o surgimento dos primeiros implantes de gel de silicone, em 1962. “Hoje, as próteses mais utilizadas são as texturizadas e as de poliuretano. Elas oferecem uma maior aderência, contribuindo para uma cicatrização mais eficaz”, explica o cirurgião plástico Ariosto Santos.

 

Capital do Inhame

Alfredo Chaves está perto de conquistar oficialmente o título de Capital Nacional do Inhame, devido à espécie São Bento ser única. A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de Lei 6809/17, do deputado federal Lelo Coimbra, que concede o título ao município capixaba. O texto, aprovado em caráter conclusivo, segue agora para aprovação do Senado.

 

Expectativas

Alunos de escolas públicas e privadas têm expectativas distintas sobre formação, diz estudo do Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional. Menos da metade dos jovens alunos de escolas públicas esperam completar o ensino superior. Na rede particular, percentual chega perto de 70%.

CIRCUITO

 

A FESTA da Primavera, comemorando os 20 anos da coluna, está logo ali! Será dia 27, às 21h, no Le Buffet Master. Os convites chegaram, produzidos pela I-Band, e o que não faltou foi criatividade. A noite será de traje passeio completo, com coquetel e jantar sob os cuidados dos Rosa, André e Giovanna, além de duas bandas no palco – a Spring Band, de Pedro Alcântara, abre a noitada e entrega para a Banda Trilha na reta final, madrugada adentro!

 

E SEGUE a festa! A decoração será da Flor & Cia, iluminação da Incolor e, na saída, uma mesa de doces da Dedo de Moça. O cerimonial será de Stellinha e Roberta Lacerda. Mais informações pelo 3315-1652. E Toca a Vida! Amém!

 

QUEM embarcou ontem pela manhã no Aeroporto de Vitória sofreu com o calor. Em plena véspera de feriado, um dia com alta movimentação de passageiros, o ar-condicionado estava desligado! E como a sala de embarque é toda fechada, não havia qualquer ventilação. Não pode!

 

O FERIADO vai ser de atualização e muito estudo para a dermatologista Oliete Guerra, que participa do 73º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia, até domingo, em Curitiba.

 

A XIV FESTA Itaguaçuense das Culturas (Fitac) terá hoje, às 21h, show com o grupo Moxuara. Entrada gratuita.

 

MAIS de 80% dos europeus querem acabar com o sistema que avança uma hora no verão, e recua no inverno. O resultado foi obtido por meio de uma consulta online feita pela União Europeia. Por aqui, o horário de verão começa excepcionalmente em novembro, dia 4, por conta das eleições de outubro. O término será em 16 de fevereiro.

 

O FREI Edvaldo Batista Soares está orando por todas as pessoas com depressão, diariamente, às 12h, na página do Convento da Penha no Facebook, na Oração do Angelus. Considerada pela Organização Mundial da Saúde como o “mal do século”, o transtorno atinge cada vez mais nossos jovens.

 

FUNCIONÁRIOS de bancos e seguradoras, contadores, secretários de escritórios, agentes de manutenção e caixas de lojas e supermercados são as profissões que estão com os dias contados, segundo estudo sobre o impacto da revolução digital no mercado de trabalho, do instituto francês Sapiens. As mudanças estão chegando e é preciso ter peito e sabedoria para enfrentá-las.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 6 de setembro
Próximo artigoColuna 8 de setembro
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta