COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Você já se pegou pedindo licença pro cachorro?”

@pazuzula

***

“Não aguento mais ter o paladar semelhante ao de uma criança de 5 anos.”

@thaishr

 

NA NOSSA Festa da Primavera, no Le Buffet Master, como as demais fotos de hoje: elegância! Carlota Gottardi, Martha Paiva, Letícia Pernambuco e Regina Martins
(Cloves Louzada)

 

 Casarão abandonado

No meio do condomínio Chácara Von Schilgen, na Praia do Canto, tem a casa da família Von Schilgen, que está largada e pertence ao município de Vitória. O imóvel segue sendo visitado por figuras estranhas, soltas pela rua. A prefeitura diz que o casarão faz parte do Parque Natural Municipal Von Schilgen e conta com vigilância contratada 24 horas. A conferir! Diz também que a Guarda Municipal faz patrulhamento preventivo com rondas periódicas na região. De novo, a conferir!

 

Bênção dos animais

A tradicional “Bênção dos animais”, realizada pelo Santuário de Vila Velha em comemoração à Festa de São Francisco de Assis, será hoje, das 7h às 17h. Haverá missa para os animais, distribuição de rações abençoadas para cães, peixes e passarinhos, feira de adoção, orientações de veterinários, além de campanha de arrecadação de ração para cães e gatos que vivem em abrigos. Os freis darão a bênção durante todo o dia, na frente do Santuário.

 

Vício em internet

Jovem morador de Vitória mudou-se para São Paulo para tratar vício em smartphone no Hospital das Clínicas. A terapia consiste em uma sessão semanal em grupo com os pacientes, com a participação de familiares. Para quem tem dúvidas se precisa procurar ajuda, o Hospital das Clínicas da USP coloca à disposição em seu site um questionário com oito tópicos. Se houver pelo menos seis respostas positivas, é bom ir atrás de um especialista…

LUIZ Sérgio e Sarah Quintáiros, que comemoraram na noitada os 40 anos de casados. Parabéns!
(Cloves Louzada)

 

Protetores do Mestre Álvaro

Para comemorar 30 anos de ativismo, protetores do Mestre Álvaro, na Serra, realizam uma subida na trilha das Três Marias no próximo dia 21, partindo da igreja católica, na Serra-Sede, às 7h. O monte possui 833 metros de altitude e, a caminhada, 9 quilômetros, em mata fechada. O trajeto é de nível de dificuldade médio com obstáculos naturais e inclinados. Ainda assim, tem ativista que já subiu até o topo cerca de 600 vezes.  Não iremos na caminhada, mas aguardaremos as fotos!

 

Atletas grávidas

Muitas atletas continuam treinando e até competindo na gravidez, prática que ganhou o aval do Comitê Olímpico Internacional, dizendo que há menos riscos do que se pensava. O ginecologista e obstetra Justino Mameri Filho diz que a medicina não estabelece um limite, que deve ser avaliado pela paciente, a não ser quando se está no início da gestação ou quando há riscos de abortamento. “Após as 12 semanas, pode fazer atividade física”, disse.

 

Feijão com arroz

A dupla de alimentos mais adorada por brasileiros é também a mais desperdiçada. O arroz com feijão representa 38% do desperdício alimentício do País, segundo pesquisa da Embrapa com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Além disso, 61% das famílias fazem compras mensais, facilitando a aquisição de produtos desnecessários, que acabam sobrando. Enquanto isso, 815 milhões de pessoas passam fome em todo o mundo…

 

AS QUERIDAS de MP, Cintya Scárdua e Christiane Rocha
(Cloves Louzada)


Salva-vidas

As praias já começam a ficar cheias e o alerta é de que o mar não está para peixe. Em Vila Velha, o número de salva-vidas está sendo intensificado nas praias e lagoas do município. De janeiro a setembro deste ano, o serviço registrou quase 300 operações de resgate, 760 abordagens preventivas e 9 mil pulseirinhas distribuídas para localização de crianças perdidas. Na alta temporada, serão 130 agentes distribuídos em 30 postos.

 

Mureta metálica

Após registro de acidentes, o Dnit está instalando guard rail, ou defensa metálica, em um trajeto de um quilômetro ao longo da BR-262, às proximidades do trevo até a Vila das Orquídeas, em Marechal Floriano. As chapas metálicas servirão para proteger motoristas e moradores que frequentam os campos de areia, academia, quadra de skate e imóveis na região. Recentemente um caminhão tombou no campo de areia, mas graças a Deus não havia ninguém brincando no momento.

 

Temporada de panetone

Nas próximas semanas, gôndolas inteiras de supermercados serão destinadas aos panetones. O dólar no patamar de R$ 4,00, entretanto, vai encarecer em cerca de 10% a iguaria de final de ano, assim como vinhos, bacalhau, pães, produtos de higiene pessoal e limpeza, que utilizam insumos importados. Claudio Zanão, da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães, diz que a farinha de trigo, principal ingrediente do panetone, acumula uma alta de 20% no segundo trimestre do ano.

CIRCUITO

 

O SLIME, aquela geleca que caiu no gosto da meninada, pode ir muito além de uma simples brincadeira. O psicólogo Ilan Brenman, autor de mais de 70 livros da literatura infantojuvenil brasileira, diz que o slime é capaz de despertar nas crianças a organização, a criatividade, a autonomia e a capacidade de lidar com a frustração, entre outros desafios.

 

FERNANDO Manhães, da Prisma, conta que a partir desta semana a empresa estará de casa nova, na Enseada do Suá. Ele embarca para Portugal amanhã, onde iniciará um doutorado em Ciências da Comunicação, na Universidade do Minho, em Braga.

 

O CAPIXABA Gustavo Colombeck, conhecido por difundir a gastronomia canábica no Uruguai, atualmente mora em Barcelona, na Espanha, onde criou a Suave Tour, uma agência de viagens especializada em “turismo canábico”. Entre os lugares alternativos de visita, estão o Hash Marihuana & Hemp Museum, um museu especializado no tema.

 

O ESTILO Trio, um dos trios mais antigos de Vitória, se apresenta hoje, às 20h, no 244 Club, Praia do Canto. Liana de Castro ao piano, João Augusto na bateria e Sergio Rouver no saxofone.

 

CELSO Murad é o novo presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-ES), tendo Telma Freitas Pimenta como sua vice, empossados segunda-feira última para a gestão 2018-2021.

 

O ATELIÊ Kleber Galvêas, na Barra do Jucu, saúda a Primavera com a exposição “Flores e Acidentes Geográficos Formidáveis”, com as obras “O Frade e a Freira”, “Pedra Azul”, “Itabira”, “Pedra da Cebola”, “O Invejado”, “Pedra da Ema”, “Pedra do Castelo”, “Moxuara”, “Garrafão”, “Forno Grande” e “Arrecifes de Setibão, Barra do Jucu e Guarapari”. Visitação todos os dias, das 9h às 18h, até 22 de dezembro.

 

EVASÃO. Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revelam que dos quase 6 mil estudantes que iniciaram faculdade em uma das engenharias no Estado em 2017, mais de 4,8 mil decidiram trancar o curso. O problema não está só no Espírito Santo, é uma preocupação nacional.

 

O BASQUETE brasileiro deve levar 15 anos para recuperar o protagonismo, prevê a eterna craque Hortência. Ela critica ainda a falta de valorização do esporte no País e se disse “triste” e “decepcionada” quando viu que os presidenciáveis mal tocam no assunto em seus programas de governo. Verdade!

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 05 de outubro
Próximo artigoColuna 06 de outubro
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta