COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Ter que acordar cedo com essa chuvinha não combina com minha personalidade”

@luscas

***

“O ano deu uma piorada tão grande que a gente até esqueceu de odiar o TEMER.”

Eduardo Sant’Anna. Não é questão de odiar o Presidente, até porque ódio não leva a nada. O esquecimento ao Temer é devido ao fato de que ele anda esquecido de qual a função que ocupa!

 

ELEGÂNCIA Fátima Abelha e Karin Tonini
(Cloves Louzada)

 

 

Hoje

A Rede Tribuna recebe às 12h, no Itamaraty Hall, para o almoço-palestra “O Futuro do Brasil Em Pratos Limpos”, com Paulo de Tarso Almeida Paiva, economista e ex-ministro do Trabalho e do Planejamento de FHC. Ele fala sobre os desafios para o futuro Presidente formar maioria parlamentar no Congresso, os principais indicadores econômicos para o final de 2018 e o que esperar da economia no período 2019-2022.

***

Karol Gratz e Tereza Aragão convidam para o happy hour Outubro Rosa, às 17h, na Celso Calmon, Praia do Canto, pedindo a doação de lenços, que serão destinados às mulheres assistidas pela Afecc.

***

A Acacci será anfitriã de um encontro nacional que reunirá instituições de apoio e assistência à criança e adolescente com câncer de todo o Brasil. O V Fórum Nacional de Dirigentes da Coniacc será hoje e amanhã, no Hotel Senac Ilha do Boi, e discutirá novas estratégias de gestão para essas entidades.

 

O CASAL Evandro Ribeiro e Beth em noite de nossa festa marcando a chegada da Primavera
(Cloves Louzada)

 

 

Seguimos nos virando

As manchetes mostram como o brasileiro segura as pontas deste País. “Temer recebeu R$ 5,9 milhões em propina do setor portuário” (Polícia Federal aponta que Presidente se beneficiou com pagamentos indevidos em troca de favorecimentos a empresas do setor). “Lula é condenado a pagar multa em processo de chácara no ABC” (ele teria tentado enganar a Justiça em um processo pela construção de uma chácara). E apesar disso tudo, “Com alta de 0,47%, economia cresce pelo 3º mês seguido em agosto, diz Banco Central” (IBC-Br avançou 1,28% na parcial do ano e 1,5% em 12 meses até agosto).

 

Descaso!

A alta temporada de inverno passou, mas os engarrafamentos seguem frequentes na BR-262, que liga a Grande Vitória à região serrana. Na tarde do último domingo, motoristas que voltavam do feriado nas montanhas capixabas ficaram parados por quase três horas. O entrave foi agravado por um evento em Venda Nova do Imigrante e também por um acidente no trevo de Ribeirão Capixaba. As obras da tão esperada duplicação da rodovia também seguem lentas, lentas, quase parando. Essa absurda espera é de décadas. Nenhuma autoridade, eleita pelo voto, pegou essa bandeira para resolver!

 

Ideias em debate

O Novo Salão do Imóvel, de hoje a domingo, atrás do Shopping Vitória, terá espaço inédito para discussões sobre inovações, tecnologia e mobilidade. A Arena Ideias em Debate traz palestras sobre dúvidas de financiamento, tudo o que envolve a compra do primeiro imóvel, responsabilidade civil do síndico e direito imobiliário. O evento terá ainda espaço de experiências com interações sensoriais, recreadores para a criançada e o AT2 Pátio Gourmet, com food trucks premiados. A entrada é gratuita. Programação no bit.ly/ProgramaçãoNovoSalãoDoImóvel.

 

MARCELA e Luciano Raizer na Casa Cor
(Cloves Louzada)

 

 

Natal no Convento

Até o fim deste mês, o Convento da Penha terá definido a programação do Natal e final de ano. Agora que o templo ganhou uma nova iluminação, o guardião, frei Paulo Roberto, disse à coluna que os eventos noturnos também estão sendo planejados para as datas. Semana passada, o Pedal Paz e Bem reuniu muitos atletas. “As pessoas que vêm ao Convento para a primeira missa do dia, às 5h, estão subindo com mais segurança”, conta.

 

Colher-de-chá

Com a popularização dos aplicativos de transporte, a exemplo do Uber, nota-se uma vista grossa de algumas prefeituras da Grande Vitória para com a situação dos táxis em circulação. Em Vila Velha, muitos rodam de forma precária, com pneu careca, assentos rasgados, motores “berrando”, sujeira interna e peças quebradas. Leitora disse que um táxi estava inclusive com a porta de trás quebrada. “Percebi que a qualidade caiu bastante”, conta.

 

Projeto Pré-verão

Os malhadores já fazem a contagem regressiva para o verão e o lançamento da temporada é o “Burn in 15” – um programa que fecha os treinos com 15 minutos de HIIT, que são exercícios intervalados de alta intensidade. O educador físico e especialista em treinamento funcional Fernando Padilha explica que estão no projeto tiros de corrida, agachamentos, abdominais e saltos. “O resultado é um tempo prolongado de queima de gordura. Para potencializar, o ideal é aliar o treino a um acompanhamento com nutricionista”, destacou.

ESSAS lindas capixabas. Lara e Bárbara Secchin
(Cloves Louzada)

 

Aeroporto filé

Independente de quem vença a eleição para Presidente, não se sabe que fim levarão os nove aeroportos na fila para concessão. Na lista está o Aeroporto de Vitória, que tem sua possível privatização considerada por funcionários da Infraero um “crime de lesa-pátria” porque está novinho em folha e seria “dado”. Partido que controla a Infraero, o PR, de Valdemar da Costa Neto, não deixou o governo conceder os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), os mais lucrativos do País. Por quê?!

 

Santa ciência

Santa Teresa sedia até domingo a 15ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, no Instituto Nacional da Mata Atlântica (Museu Mello Leitão). Trata-se do maior evento de popularização da ciência e o tema deste ano é inspirado nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Na programação, atividades expositivas e interativas, coleções zoológicas e a história de Augusto Ruschi.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 17 de outubro
Próximo artigo1 ano do 364 Café Bar – Fotos: Cloves louzada
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta