COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Sempre que minha mãe me pergunta quanto eu paguei por algo, eu reduzo o preço real em 50%.”

@jariowchannel

***

“Se tem mais raiva do que graça não é uma piada.”

@victorcamejo

 

A BELA Karen Araújo em lançamento de coleção loungewear, na Praia do Canto
(Cloves Louzada)

 

Não se aplica

O consumidor brasileiro está cada vez mais optando por comprar em sites estrangeiros, já que os preços são mais baixos e há maior variedade. No entanto, também há desvantagens. Henrique Lian, do Instituto Proteste, diz que os prazos de entrega são muito longos, por exemplo. “Além disso, o Código de Defesa do Consumidor não é aplicável”, avisa. Resumo: é uma gelada!

 

Criadora de valor

A Vale negocia com a União a renovação antecipada das concessões da Estrada de Ferro de Carajás, entre o Pará e o Maranhão, e da Ferrovia Minas-Espírito Santo. Para o presidente, Fabio Schvartsman, o setor de mineração precisa ser mais conhecido pela sociedade brasileira para que os futuros governos deem maior atenção a seus pleitos. “O ponto que perdemos foi a oportunidade de mostrar o quanto a atividade de mineração é criadora de valor”, afirma.

 

O verão promete…

Moradores de Meaípe, em Guarapari, estão preocupados com a abertura de mais uma casa de shows na região, o Beach Club Café de La Musique, na localidade de Península. Pedem audiência pública para decidir todos os processos juntamente com a população, principalmente com relação ao impacto ambiental. Segundo a prefeitura, os organizadores já deram entrada com o processo de autorização para a realização dos eventos e atualmente está em análise. O tempo é curto.

NOSSO campeão mundial de vôlei de praia, Alison Cerutti, prestigiou a inauguração do novo estúdio do seu treinador físico, Fernando Padilha, no Aleixo Mall
(Camilla Baptistin)

 

 

Bancos não se falam

Em tempos de conectividade e tecnologias avançadas, é inadmissível que os bancos não consigam facilitar a vida dos clientes. Empresário foi à Caixa, onde tem conta, para pagar uma guia de transferência de um imóvel. Lá, foi informado que o documento só poderia ser pago no Banestes. Foi então ao Banesfácil – que não foi fácil! O correspondente bancário não recebe pagamento com cheque de outro banco. Teve que ir a uma agência do Banestes! Ainda há tempo de mudar isso em favor do cliente!

 

Modelo do campo

Recordista de desfiles masculinos da última temporada, o modelo capixaba Fernando Schnerocke quer repetir o sucesso nesta edição da São Paulo Fashion Week, que termina hoje. Ele deixou para trás o trabalho no sítio dos seus pais, onde cuidava de animais e do plantio de grãos e hortaliças. Hoje coleciona trabalhos para grandes grifes.

 

Tempo maluco

Venda Nova do Imigrante registrou 11,2°C e, Afonso Cláudio, 13,8°C, esta semana. Tais temperaturas são abaixo do comum para um dia de outubro. O Climatempo explica que um ar mais frio de origem polar se espalhou sobre a região Sudeste com a passagem de uma frente fria. As áreas de instabilidade ficam até o fim da semana.

BETO Marianelli e Augusto Pacheco em almoço para convidados no Espaço Viver Gourmet Composé
(Camilla Baptistin)

 


Jardim dos jacarés

Será inaugurado neste fim de semana (sábado e domingo) o primeiro centro de conservação, pesquisa e educação ambiental de jacarés do Brasil. O Parque do Projeto Caiman ficará na unidade de conservação Refúgio de Vida Silvestre da Mata Paludosa (antigo Parque da Fazendinha), em Jardim Camburi, bairro que tem registrado constantes “visitas” de jacarés.

 

Realidade virtual x ansiedade

Um grupo de pesquisadores da Ufes, da Faesa e da Universidade Estadual de Londrina (UEL) abriram processo de seleção para pesquisa clínica, direcionada ao uso de tecnologias de realidade virtual no tratamento de transtornos de ansiedade. Epa! O projeto visa avaliar um programa de intervenção psicoterapêutica para quem tem medo e fobia de falar em público, de lugares fechados e de altura. Inscrições até 31 próximo, pelo telefone (27) 99847-2854.

 

Trovadores capixabas

A Academia Capixaba de Poetas Trovadores completa 1 ano no dia 18 de novembro, reunindo 55 acadêmicos imortais titulares e 40 acadêmicos. A entidade herdou o espólio cultural do Clube dos Trovadores Capixabas, criado em Vila Velha, em 1980. A escritora Ângela Veríssimo explica que trovador é uma palavra derivada do latim, que vem de “trobaire” (poeta). “Todo trovador é poeta, mas nem todo poeta é trovador, pois alguns poetas não sabem metrificar, fazer o verso medido”, disse.

 

CIRCUITO

 

ATÉ quem enfim alguém pensou nisso! Aquele símbolo usado para designar idosos, mostrando uma pessoa curvada com uma bengala na mão (eu, hein?!), pode mudar graças a um projeto de lei que tramita na Câmara Federal. A proposta é que a placa mostre o símbolo de “60+”. Afinal, tem muito senhorzinho e senhorinha dando um banho de vitalidade em muito jovenzinho por aí.

 

NÃO dá para não ir! Herbie Hancock, a lenda do Jazz, se apresenta no dia 17 de novembro, no Credicard Hall, em São Paulo. Papa fina!

 

OUTUBRO Rosa. Claudia Scarton convida para talk show com a mastologista Cláudia Mameri, segunda-feira, às 18h, na La Bassetti, sobre “Câncer de Mama, Prevenção e Detecção Precoce”. Quem doar fraldas geriátricas G, que serão encaminhadas para a Afecc, irá concorrer a prêmios.

 

O PROJETO “Acervo Capixaba – Orlando Bomfim, Neto” restaurou, digitalizou e difunde parte da obra do documentarista Orlando Bomfim Netto, o primeiro cineasta a registrar, sistematicamente, a partir da década de 1970, aspectos da cultura do Espírito Santo. Hoje será o lançamento, com exibição de seis das 11 produções que integram o projeto, às 19h, no Cine Metrópolis da Ufes.

 

A INADIMPLÊNCIA das famílias de Vitória registrou queda pelo terceiro mês consecutivo. A proporção daquelas que declararam ter pelo menos uma conta ou dívida em atraso de pagamento ficou em 42,3% do total de famílias de Vitória, sendo 1 ponto percentual abaixo do registrado em julho.

 

A APOSENTADA capixaba Maria Aparecida de Souza foi uma das consumidoras que madrugou na fila de um supermercado no Rio de Janeiro durante ação de promoção anual da rede, o tradicional “aniversário do Guanabara”. “São mais de cinco horas e meia de viagem. Vou todo ano”, conta. De repente a coisa cola por aqui!

 

ROBÔS prestam atendimento médico a brasileiros que vivem longe dos hospitais, uma média de 200 mil pessoas. Eles informam sobre sintomas e tratamentos de pelo menos 80 doenças. É o mundo agora. E amanhã ainda mais avançado!

 

O PROJETO “Mar da Música”, que levará shows gratuitos de artistas capixabas para a orla de Vitória em janeiro de 2019, lançou o edital que selecionará 32 propostas para uma apresentação musical solo ou com, no máximo, dois integrantes para compor a programação de verão. Inscrições até 3 de dezembro. Informações: 3132-2068.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 25 de Ourubro
Próximo artigoColuna 27 de outubro
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta