COMPARTILHAR

PÉROLAS

 

“Um grande líder leva as pessoas não necessariamente para onde elas querem ir, mas para onde devem estar.”

Rosalynn Carter, primeira-dama dos Estados Unidos entre 1977 e 1981.

 

“Há muito para ser explorado no setor de petróleo e gás. Devemos atrair investimentos de grande importância para o Estado.”

Durval Vieira de Freitas, coordenador do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás.

 

“O Supremo considerou a volta do voto impresso inconstitucional, vendo requisitos de fragilidade com relação ao sigilo do voto.”

Giuseppe Janino, secretário de tecnologia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

“A perspectiva é de mais crescimento nos próximos meses, puxado pelo comércio e pelos serviços, setores que abrem muitas vagas temporárias para o Natal.”

Mário Vasconcelos, economista.

 

A MULHER capixaba é a mais bonita do Brasil. A modelo Karina Rocha enfeitando o domingo
(Cloves Louzada)

 

 

Eles nas redes sociais

“A vida tá dando limões pros brasileiros e os brasileiros tão esfregando os limões nos olhos”

@niihillad

***

“Pelo menos hoje eu fiz um café bom”

@bicmuller

  

NOSSA DICA

 Ícone resgatado

Adriana Svaitsnaider, diretora criativa da linha feminina da Mr. Cat, resgatou um ícone que foi febre nos anos 1980 e volta às prateleiras em novembro: o mocassim de continhas coloridas. A inspiração de seu pai, Ari Svaitsnaider, 30 anos atrás, foi uma viagem com a família pelo Canadá, onde se encantou com sapatos feitos à mão, enfeitados com miçanga, em uma loja de artesanato indígena.

A reedição de um dos maiores clássicos da grife, que é versátil e combina com inúmeras ocasiões, é uma volta às raízes. “Esses mocassins representam os valores da empresa: conforto, qualidade e design. Nada é mais cafona do que não estar à vontade com algo”, conta Adriana. Estar estilosa não é sinônimo de sofrimento.

 

O MOCASSIM de continhas coloridas
(Divulgação)

 

 

Voto e democracia

Votar é um sublime ato de democracia – e é um orgulho, como brasileiro, poder exercer essa escolha livremente. Hoje é dia de celebrar esse privilégio. Votar com respeito e respeitar a vontade soberana do povo é preciso, literalmente. Conscientes de nossas decisões e responsabilidades, vamos às urnas!

 

Concentração de gente

Eleitores já programam comemorações caso seus respectivos candidatos à Presidência sejam eleitos hoje. Um local que deve receber grande concentração de gente é a Praça do Papa, em Vitória. Que as autoridades estejam preparadas para garantir a segurança de todos neste domingo, sem turbulências. Registrado.

 

Nem adianta

O horário de verão começará no próximo domingo, 4 de novembro, o primeiro dia de prova do Enem. A recomendação de especialistas é que os estudantes entrem no ritmo do novo horário, dormindo uma hora mais cedo, já a partir de agora, para não serem prejudicados no momento da prova. “Uma coisa é chegar nervoso, outra é chegar cansado”, comenta o professor Marcelo Freire. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h. E nem adianta reclamar depois…

 

Sujou!

Para relaxar! Desconfiado que a metragem do papel higiênico não condizia com o indicado na nota fiscal de compra, um soldado da Polícia Militar de São Paulo esticou o rolo no meio da rua e constatou a irregularidade: o papel higiênico do Comando de Policiamento da Área Metropolitana, na região da Liberdade, tinha 190m, enquanto a nota fiscal informava que o rolo era de 300m. Uma fraude de 110m por rolo! A iniciativa rendeu até elogios formais do comandante. A foto hilária do papel higiênico esticado no chão pode ser conferida em sites de notícias.

OS IRMÃOS Paulinelli, Bruno e Pedro, com Rafaela Barcelos e Lully Paulinelli em festa de casamento na Aldeia
(Cloves Louzada)

 

Arranjos sustentáveis

A sustentabilidade chegou ao mercado de festas. Carla Marianelli, da Flor e Cia, diz que a demanda crescente por decoração fez a empresa adotar medidas de reaproveitamento dos itens que antes eram jogados no lixo ao final do evento. “Sempre que possível, substituímos as flores de corte, aquelas que só têm o caule, por arranjos plantados em vasos. Também podem ser reutilizados galhos, flores desidratadas e espécies como bouganville, plumas, flechas e orquídeas, que possuem durabilidade alta”, disse.

 

Combo verão

Começou a corrida para entrar no verão com tudo em cima. Em dois meses, é possível perder medidas e deixar a pele firme, segundo a dermatologista Karina Mazzini. “A novidade é o ultrassom macrofocado, que vem com duas ponteiras grandes, uma para tratar flacidez e celulite e a outra para gordura localizada. Demanda de quatro a oito sessões apenas e o resultado é rápido. O ‘combo verão’ inclui ainda criolipólise, radiofrequência, massagem e drenagem”, conta.

 

Rockestra

A Orquestra Camerata Sesi apresenta mais uma edição do projeto Rockestra, que traz clássicos do rock interpretados com a beleza da música clássica. Sucesso absoluto de público, a sétima edição será terça-feira, às 21h, no Espaço Patrick Ribeiro (Shopping Vila Velha), com participações de Cláudio Passamani, André Prando, Dona Fran, Marco Cypreste e Laís Rocha. No repertório, músicas como “Eleanor Rigby”, “While My Guitar Gently Wheeps”, “Nothing Else Matters”, “The Final Countdown”, “Basket Case”, “Bohemian Rhapsody” e “Sweet Child O’Mine”.

 

Rio Doce

Sai este mês o resultado da primeira etapa de coletas do monitoramento do Rio Doce, realizada por uma rede colaborativa acadêmica formada por pesquisadores de todo o País e com coordenação central na Ufes, para ajudar a mensurar os impactos do rompimento da barragem de Fundão. As coletas começaram em Setiba (Guarapari) e passam por Vitória, Aracruz, foz do Rio Doce e Itaúnas, para terminar no Parque Nacional Marinho de Abrolhos (Bahia).

 

Nova vacina

Até 2020, chega ao mercado nova vacina para prevenção do vírus sincicial respiratório (VSR), responsável pela maioria dos casos de infecções respiratórias. “A vacina está na fase 3. O VSR é uma das principais causas de mortalidade em recém-nascidos. Mata mais que gripe neste grupo”, disse-nos o infectologista Lauro Ferreira, que participou do Vaccinology, simpósio internacional realizado no Panamá. Está cada dia mais difícil respirar! De se manter vivo, então, nem se fala!

 

Carro podre

Em Castelo, uma consumidora vai pagar R$ 1,5 mil por danos morais a uma revendedora de veículos usados por comentário ofensivo em rede social. Após comprar um carro na empresa, a mulher fez o seguinte comentário na internet: “Gente, não compre carros nessa loja, pois o dono é o maior caloteiro. Comprei uma vez um carro com esse cara e o carro estava podre”. Ela alegou direito à manifestação de pensamento, mas perdeu a causa na Justiça. A grosseria ficou até barata para ela!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHalloween de Claudia Mameri – Fotos: Cloves Louzada
Próximo artigoO MOCASSIM de continhas coloridas
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta