A Palavra

Para começar bem a semana: “Eu te louvarei, Senhor, com todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo. Porquanto os meus inimigos retornaram, caíram e pereceram diante da tua face. Pois tu tens sustentado o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente”. (Salmos 9:1-4)


Eles nas redes sociais

“Gratidão é a mãe de todas as virtudes.”

@drlairribeiro

***

“Não faz sentido chorar por quem não faz questão de sua alegria.”

@pefabiodemelo

 

O PEQUENO Aloizio, filho de Paula Baião e Aloizio Faria de Souza Filho, em seu batizado com os padrinhos, o tio David Baião Nemer e a irmã Vitorinha
(Norock/Kevin Cardoso)

 

 

 

Feliz Natal!

Que a celebração do Natal seja de alegria ao lado de pessoas queridas. É um tempo de renovação de fé e de esperança, tão necessárias no caminho da vida. E que venha um 2019 de paz, saúde e prosperidade a todas e todos os leitores! Deus é Pai! E Toca a Vida!

 

Hotel para cães

De acordo com o IBGE, há mais animais domésticos que crianças no Espírito Santo, em um número superior a 860 mil. A médica veterinária Aline da Rós Tonin, do pet hotel Tiquinho de Gente, em Vila Velha, diz que só tem vaga para janeiro. Lá, os cachorrinhos não ficam presos em grades e dormem em quartos de hóspedes. Brincam no jardim e na piscina de bolinhas. “Tratamos como crianças. Por isso, se aprontarem, vão para o cantinho de pensamento”, brinca Aline, que também tem seis “filhos de quatro patas”. Au, au!

 

Centro de excelência

O Ministério da Educação (MEC) divulgou o ranking anual que classifica as melhores faculdades do País e a Faesa conquistou o primeiro lugar entre os centros universitários e centros federais de todo o Brasil. “Estamos muito felizes em sermos considerados o melhor centro universitário do País, pois é a confirmação da qualidade dos cursos que oferecemos e do compromisso que mantemos com a formação dos nossos alunos”, comentou Alexandre Nunes Theodoro, reitor da Faesa.

DANI Barreto e Ana Paula Loyola na Praia do Canto
(Cacá Lima)

Da estação

Os alimentos de dezembro são framboesa, pêssego, pera, uva, coco, abacaxi, cenoura, beterraba, berinjela, abóbora, tomate, pepino, brócolis, rúcula e chicória. Os benefícios vão além do paladar, diz a nutricionista Giselle Guzzo Lorenzoni. Segundo ela, alimentos fora da estação costumam conter uma quantidade maior de agrotóxicos para manter a produção e, além de mais caros, não preservam o sabor.

 

Alvará eletrônico

Foi implantado na Justiça Estadual o sistema de alvará eletrônico para o levantamento de valores disponíveis em contas de depósitos judiciais. Desenvolvido pelo Banestes em parceria com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo, o sistema passou a ser obrigatório após período de transição. Com ele, os magistrados podem movimentar a conta judicial de forma eletrônica, eliminando a necessidade de confirmação de expedição de alvará junto aos cartórios, além de poder abrir contas de depósito judicial e consultar os extratos sem necessidade de expedição de ofício ao Banestes.

 

Homem que é homem

A Lei Maria da Penha completa 12 anos e um dos principais desafios se refere à desconstrução da cultura machista enraizada historicamente no País. A delegada-chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher da Polícia Civil, Cláudia Dematté, destacou a importância do projeto “Homem que é Homem”, implantado em 2015 nas Delegacias da Mulher, que presta atendimento psicológico aos agressores. Mais de 300 autores de atos de violência já foram atendidos e muitos mudaram a mentalidade em relação às mulheres.

ÉLIA Marly Lucas e Arly Coelho em confraternização na Simultâneo
(Eduardo Perciano)

Reconstrução mamária

A estimativa é que o Brasil registre, este ano, 59 mil casos de câncer de mama. Após a mastectomia, cirurgia para retirar total ou parcialmente a mama, a reconstrução mamária surge como opção para devolver a qualidade de vida das pacientes. Segundo o cirurgião plástico Ariosto Santos, é comum que mulheres que enfrentam a doença apresentem problemas de autoimagem, aceitação social e dificuldades sexuais e no relacionamento amoroso. “O procedimento é muito importante para a autoestima das pacientes”, diz.

 

Mais livrarias

A Grande Vitória pode ganhar novas livrarias. O presidente da Leitura, Marcus Teles, diz que negocia duas lojas que a Saraiva vendeu no Estado. A rede mineira encerrará o ano com 70 lojas pelo País e tem plano de chegar a 75 em 2019. Além disso, voltará a vender livros pela internet a partir de janeiro. A estratégia tem sido inaugurar lojas em cidades médias onde não há nenhuma livraria de maior porte.

Artigo anteriorBRINDE com o champanhe Veuve Cliquot
Próximo artigoColuna 25 de dezembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta