COMPARTILHAR

A Palavra

Para começar bem a semana: “Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça. Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo”. (Gálatas 5:5-14)

Eles nas redes sociais

“Quantas vezes nós diminuímos os nossos sonhos para caber em nossos MEDOS!? Quantas vezes nós nos sabotamos e procrastinamos a realização dos nossos sonhos por RECEIO e INSEGURANÇA!?”

Marina Paz

***

“Eis o primeiro passo para crescer no caminho da fé: escutar. Antes de falar, escutar.”

@Pontifex_pt, o papa Francisco

 

FERNANDA Crosara em editorial “Realize” de Ano Novo, na Ilha do Frade
(Carol Machado/ Be Up)

 

Simpatias da virada

Algumas simpatias podem ajudar a começar o ano com o pé direito. O místico André Merlin cita algumas: para aumentar a longevidade do casamento, coloque uma folha de visco sobre a cabeça dos dois e se beijem na hora da virada; para trazer boa sorte, coma 12 uvas nos primeiros segundos após a meia-noite; para saúde, tome um banho de ervas (eucalipto, erva-cidreira e hortelã); para “subir na vida”, suba escadas – quanto maior a escada, maior o ganho financeiro. Sei!

 

Praia dos gringos

A Praia dos Castelhanos, em Anchieta, Sul do Estado, recebe todos os anos muitos visitantes de outros países, como França e Estados Unidos. Tem turista que frequenta a praia há cerca de 10 anos e sempre volta. Muitos deles são atraídos pela areia fina, água calma e morna, além de estacionamento, vários quiosques, pequenos comércios, pousadas e casas de aluguel à beira mar para temporada. Garçom que trabalha em um quiosque diz que a gorjeta costuma ser “gorda”.

 

Saúde em primeiro lugar

Não é todo mundo que pode se submeter a uma cirurgia plástica. “O histórico de saúde do paciente é um fator primordial. Hipertensão, diabetes e trombofilia familiar não são impeditivos se estiverem comprovadamente controlados. Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica devem estar nutricionalmente equilibrados”, ressaltou o médico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Adriano Batistuta.

TIM- Tim! Maria Luiza Carneiro e Valentina Telles
(Cloves Louzada)

 

Leilões

Em três anos, mais de R$ 1,5 milhão voltaram aos cofres públicos por meio dos leilões realizados pela Secretaria de Gestão, Planejamento e Comunicação (Seges) de Vitória. O último do ano leiloou 21 lotes de veículos considerados inservíveis e de recuperação antieconômica. Para 2019 o primeiro leilão previsto é o de embarcações.

 

Carro econômico

Dona de uma empresa que transforma carros normais em elétricos, a engenheira eletricista capixaba Aline Gonçalves conseguiu adaptar até um Fusca do ano de 1972. “O combustível é a energia elétrica. E isso significa 85% de economia em relação aos combustíveis fósseis. Melhor ainda se for alimentado por uma fonte eólica ou solar”, ressalta. No Estado, existem dois eletropostos para recarga.

 

Escritura

Setenta e cinco famílias de diferentes bairros da capital receberam gratuitamente a escritura de suas casas e que agora têm a posse do terreno onde estão construídos os imóveis. O trabalho de regularização fundiária já entregou 2,5 mil escrituras lavradas e registradas. Para participar do processo, a renda da família deve ser de até cinco salários mínimos, a área de terreno não pode ultrapassar 250 metros quadrados e o uso do imóvel precisa ser exclusivamente residencial.

 

JOSÉ Antônio Barbosa, Paulo Varejão, Cicinho Varejão e Carlos Alberto Marsiglia Morais em lançamento de café na Praia do Canto

 

Panela velha

Panela velha pode até fazer comida boa, mas não é nada saudável. A nutricionista Janaína Goston alerta para a raspagem constante de panelas feitas de alguns materiais, como alumínio, que podem ser prejudiciais à saúde. A troca deve ser feita quando o fundo começar a descascar.

CIRCUITO

 

MOVIMENTO alto de turistas e reforço na segurança de shoppings da Grande Vitória. Leitora esteve em um complexo de compras em Jardim Camburi, na capital, e disse não ter visto nenhum vigilante no momento em que esteve lá.

 

NOSSA BIBLIOTECA ganhou belos exemplares neste final de ano. Recebemos de Pedro Moraes Torres Pinto, gerente de Relações Institucionais da Fibria, o livro “Remanescentes da Mata Atlântica – As Grandes Árvores da Floresta Original e seus Vestígios”, de autoria do botânico Ricardo Cardim. Também ganhamos, de José Lino Sepulcri e Dionísio Corteletti, a obra “Milhares de Pessoas. Uma História”, em comemoração aos 70 anos do Senac Espírito Santo.

 

MAIS LIVROS. Ronaldo Barbosa, diretor do Museu Vale, nos presenteou com o livro “Museu Vale 20 Anos”, que traz belas imagens de suas instalações e exposições ao longo da história desse importante centro de cultura. Manoel Goes Neto, do Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha, nos enviou o livro “Patrimônio Cultural – Escritos de Vitória, 32”.

 

O CENTRO Cultural Sesc Glória, no centro da capital, está de portas fechadas para o público desde o dia 17 de dezembro. As atividades culturais serão retomadas a partir de 1º de fevereiro de 2019.

 

GUARAPARI recebe entre os dias 27 e 28 de janeiro o International Pro Jiu-Jitsu Championship, no Complexo Esportivo Maurice Santos. O evento já aconteceu em várias cidades do Brasil e do mundo e pretende receber mais de mil atletas.

 

A POLÍCIA Civil inaugurou nova sede da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Cachoeiro de Itapemirim, no bairro Independência, na Rua Coelho Mello, número 1. O prédio tem dois pavimentos e foi cedido pela Defensoria Pública.

 

ERICK Von Däniken, arqueólogo que ficou mundialmente conhecido com o livro “Eram os Deuses Astronautas?”, disse no UFO Summit, evento de ufologia realizado este mês no Brasil, que os alienígenas que nos visitaram no passado estariam prontos para se revelarem novamente, dando um novo impulso à nossa evolução enquanto espécie. “Provavelmente, estão aqui agora nos observando de novo”, afirma. Aham! Sei! Ligado!

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPara calcular o orçamento de 2019
Próximo artigoColuna 01 de janeiro
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta