Eles nas redes sociais

 

“Corpo bonito é aquele que deixa a própria pessoa feliz, aprendi com o tempo. Porque sempre vão dizer que você tá gordo, tá magro demais, precisa voltar pra academia, malha muito. As pessoas PRECISAM dizer. Percebam que o problema é delas.”

@celsodossi

***

“Tem esse papo de que as primeiras pessoas que viverão 200 anos já nasceram, espero que estejam falando de Caetano e Gil.”

@chicobarney

AS BONITAS Suellen Perdigão, Renata Gouvêa, Kézya Carvalho, Brisa Clem e Rita Bumachar em festa na Praia do Canto
(Vitor Carvalho)

 

Dengue mata

Vitória e mais 27 cidades capixabas têm alerta para dengue, zika e chikungunya nesta temporada, propícia para a proliferação do Aedes aegypti. Já o município de Pedro Canário tem risco de surto das doenças! No Espírito Santo, foram identificados quase três mil criadouros de mosquito, a maior parte encontrada em casas (1.771), seguida por depósitos de lixo (705) e água (458). A vacina não é gratuita e só tem eficácia para aqueles que já tiveram a dengue. Cada um deve fazer a sua parte e não deixar a água parada.

 

Recorde portuário

O setor portuário brasileiro vem batendo grandes recordes. De acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), somando as movimentações dos portos públicos e privados, em 2017, foram mais de um bilhão de toneladas de cargas que passaram pelos portos do país. O número significa um aumento 8,3% em comparação com 2016. Segundo o gerente executivo do Sindiopes, Marcos Lopes, a tendência é manter esse ritmo até 2050.

 

Cinema no litoral

A programação do 25º Festival de Cinema de Vitória Itinerante, que exibirá o longa-metragem ‘Benzinho’, uma história de afeto entre mãe e filho, tem início no próximo dia 19, na Praia do Morro, em Guarapari. Depois, segue para Pontal do Ipiranga, em Linhares (26/01); Barra do Sahy, Aracruz (02/02); e encerra na Praia de Guriri, São Mateus (09/02). As exibições são gratuitas, sempre às 19h, e uma sala de cinema é montada ao ar livre em cada localidade.

O CASAL Marcos Abaurre e Hélvia
(Cloves Louzada)


Energia limpa

A redução na conta é apenas uma das vantagens da energia solar. Washington Costa, empresário do setor, diz que a valorização do imóvel e a pouca manutenção dos painéis solares são outros benefícios de se optar por produzir energia solar.

 

Perigo!

Um incêndio atingiu uma farmácia no bairro Flexal II, em Cariacica, no fim de semana. Ninguém ficou ferido, mas serve de alerta geral, inclusive para as residências. Se há um “artigo” raro no dia a dia de muitos é o de não ter na agenda o nome e telefone de um eletricista para revisões periódicas na rede elétrica.

 

Normal x cesárea

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em 2018 foram registrados cerca de 18,4 mil nascimentos no Espírito Santo por parto normal, e 29,2 mil por cesárea. Em 2017, foram 21.375 nascimentos por partos normais e 34.452 por cesáreas no Estado.

MICHELE Freire e Kady Kettyllyng em pub da Ilha
(Ciro Trigo)

 

 

Visita à colmeia

Após oferecer visitação às plantações de morango e de uva, o agroturismo capixaba abriu as portas para a apicultura. Na região serrana, o Apiário Florin, do agrônomo holandês Arno Wieringa, possui mais de 60 produtos, entre mel com lavanda, manjericão ou macadâmia e a bebida hidromel. Além de conhecer as instalações da fábrica, é possível agendar visita às colmeias para, vestido com macacão de apicultor, ver o processo de produção de mel e pólen. Quem se habilita?!

 

Guia das redes sociais

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Espírito Santo (Prodest) disponibilizou, no www.prodest.es.gov.br, o e-book “Mídias Sociais: Saiba Como Usá-las a Seu Favor”. O material aborda temas como o panorama das redes sociais no Brasil e a forma de usá-las corretamente para fins pessoais e profissionais. Também há dicas de como conseguir um emprego com ajuda das mídias sociais.

 

Som proibido

Não é difícil flagrar cenas de desrespeito às leis e que atrapalham a boa convivência. Nas praias, um dos problemas são os carros de som, principalmente agora no verão. Não bastasse a música – muitas vezes de gosto duvidoso -, há casos em que o volume ultrapassa os limites do aceitável. Na Serra, equipamentos produtores e amplificadores de som em veículos automotores, assim como aparelhagens de som instaladas em vias públicas, são proibidos. As multas podem chegar a R$ 5 mil.

ALEX Trevelin dando as boas-vindas ao verão 2019 na Enseada Azul, em Guarapari
(Leo Gurgel)

 

Reconstrução mamária

A estimativa é que o Brasil registre, este ano, 59 mil casos de câncer de mama. Após a mastectomia, cirurgia para retirar total ou parcialmente a mama, a reconstrução mamária surge como opção para devolver a qualidade de vida das pacientes. Segundo o cirurgião plástico Ariosto Santos, é comum que mulheres que enfrentam a doença apresentem problemas de autoimagem, aceitação social e dificuldades sexuais e no relacionamento amoroso.

 

Papinha pronta

Com a correria do dia a dia, muitas mães sentem dificuldade de alimentar os pequenos com produtos livres de corantes, aditivos e agrotóxicos. Simone Leal, de uma franquia de papinhas prontas em Vila Velha, diz que hoje o mercado se reinventou, se tornando uma ótima opção para as famílias. “Para não errar, a dica é sempre ler o rótulo do produto com atenção e buscar informações sobre ele na internet”, sugere.

 

Espaço humanizado

A humanização dos espaços chegou também aos estabelecimentos comerciais. Segundo a arquiteta Juliana Vervloet do Amaral, a arquitetura é feita para o homem e, se os ambientes não forem humanizados, eles perdem o sentido da existência. “É cada vez mais comum ver projetos com esse conceito, que prezam pelo acolhimento e conforto. São utilizados mobiliários, iluminação e itens de decoração que têm a função de fazer com que o cliente se sinta em casa”, afirma Juliana.

 

 

 

 

 

 

 

Artigo anteriorColuna 01 de janeiro
Próximo artigoColuna 03 de janeiro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: