PÉROLAS

 

“Considero-me um exemplo de que é possível estudar em casa, com cursinho online, o que sai muito mais em conta. Mas isso desde que você tenha disciplina.”

Leonardo Adriano, que estudou em casa para o Enem e teve nota para passar em cinco faculdades de Medicina.

 

“Quero ser um novo ícone nacional da saúde. Um dos meus planos é montar um show, à tarde, no estilo Xuxa, bem colorido, bem dançante. E focar nesses shows e palestras, cheios de vida e de amor.”

Do procurador da Fazenda Nacional Danilo Caram, de 46 anos, o “MCMarombado”, que será o rei de bateria da União Jovem de Itacibá no Carnaval de Vitória.

 

“Tu nunca deixas de ser mãe!”

Ada Keating, idosa de 98 anos que se mudou para um lar de idosos em Liverpool, Inglaterra, para fazer companhia ao seu filho Tom, de 80 anos. Mãe!!!

MELISSA Reis, Lílian Lozer, Karine Lima, Roberta Favalessa e Khalila Cotrim em festa na Ilha
(Cloves Louzada)

 

 

Eles nas redes sociais

“‘50% dos australianos dizem que nunca se sentirão seguros em carros autônomos’. Imagina quantos disseram o mesmo de elevadores sem ascensorista…”

@Cardoso

***

“Todo dia é uma luta diária para equilibrar o ‘ser produtiva’ e o ‘descansar porque eu não sou um robô’.”

@modices

  

NOSSA DICA

 

Resort necessário

A dica hoje é para investidores e autoridades: que tal construir um resort no Espírito Santo? É inadmissível que nosso litoral não tenha um resort sequer em toda a sua bela extensão. O que trava? Qual é a urucubaca? O Estado fica em uma posição privilegiadíssima, a poucos minutos de voo direto dos principais centros urbanos do Brasil, e todo mundo sairia ganhando – a economia capixaba, recebendo milhares de turistas com gastos de alto padrão, e os próprios turistas, que não precisariam encarar longas conexões em voos para o Nordeste.

Quando se avalia listas com sugestões dos melhores resorts do Brasil, vemos Santa Catarina, Ceará, Bahia, Pernambuco, São Paulo e Alagoas. Até Minas Gerais, que nem tem praia, possui seus resorts de luxo. Nos dias de hoje, não cabe imaginar a exploração do turismo sem um estabelecimento desse tipo.

A COLUNA gostaria que a foto fosse de um resort no Espírito Santo, mas como nosso belo litoral não tem um estabelecimento desse tipo, escolhemos o luxo das instalações do Nannai, em Pernambuco, para ilustrar o que estamos perdendo
(Divulgação)

 

 

Comércio otimista

Há seis anos o empresário do comércio de Vitória não começava o ano tão otimista. O Índice de Confiança atingiu a marca de 126,5 pontos no mês passado, o maior registrado desde 2012 (quando foi de 127,3 pontos). Segundo a Fecomércio-ES, a alta foi puxada, principalmente, pela melhoria no subíndice que avalia as condições atuais em relação à economia, ao setor e à empresa.

 

Golpe das fotos

Muito cuidado antes de contratar fotógrafos para o seu evento ou sessão. Alguns agem de má-fé e acabam com o registro de momentos especiais. Em Vitória, há denúncias de uma “profissional” que fechou contrato com vários consumidores, recebeu adiantado pelo trabalho e, nos dias marcados, mandou fotógrafos terceirizados cobrirem o serviço. Eles não receberam o pagamento e se viram no direito de não entregar os álbuns. Que beleza!

 

Turismo de aventura

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) promove o curso gratuito “Uso Público e Manejo de Trilhas no Caparaó”. As inscrições terminam hoje e a formação será de 22 a 26 próximos, no Parque Nacional do Caparaó. O objetivo é qualificar e capacitar micro e pequenos empresários que atuam nas diversas atividades econômicas da cadeia produtiva no segmento de Ecoturismo e Turismo de Aventura no Estado.

CARMEM Dolores no Prédio Sé, do empresário Houssein Jarouche, novo espaço de arte e cultura no centro de São Paulo

 

Bíblia em pauta

De autoria do deputado federal pastor sargento Isidorio, o primeiro projeto de lei apresentado nesta nova legislatura em Brasília quer transformar a Bíblia em “Patrimônio Nacional, Cultural e Imaterial do Brasil e da Humanidade”. O texto justifica a necessidade da medida dizendo que, além de a Bíblia ser “o livro mais lido do mundo”, ela ainda tem uma capacidade de milagres já legitimados pela ciência. Enquanto isso, jovens saem do ensino médio sem saber ler, a saúde pública desmorona, a violência cresce e a infraestrutura trava o desenvolvimento. Prioridades…

 

Calor e viroses

Pronto-socorro em Vitória registra alta significativa de pacientes com infecção viral por rotavírus, principalmente crianças, diz o pediatra Eduardo Guignone. Segundo ele, o calor está favorecendo o aumento dos casos. “A transmissão é oral e fecal. O primeiro sintoma é vômito, seguido por diarreia. A orientação é lavar as mãos várias vezes, de preferência com sabão de coco, e depois passar álcool em gel. Não pegar muito sol depois das 10h, pois o mormaço reduz a imunidade. Tomar muito líquido e banho”, alerta.

 

Pintura ao vivo

Criar obras de arte ao vivo em shoppings, praias e demais locais públicos é a proposta da artista Ignacia Macedo, que possui um ateliê em Laranjeiras, na Serra. Ela diz que consegue até conversar pintando seus quadros, a maioria inspirados em paisagens capixabas, como a Praia do Ribeiro, a Ponte da Passagem e o Frade e a Freira. “A arte encanta a todos, e ver a construção dela é mais encantador ainda”, disse-nos.

 

Bilhões em infraestrutura

Levantamento do banco Itaú BBA, que leva em conta concessões de infraestrutura no âmbito federal, aponta que os projetos já contratados ou previstos têm um potencial de investimento de R$ 339 bilhões nos próximos anos. Do total, R$ 291,6 bilhões devem se concentrar em cinco anos. “Os segmentos de aeroportos e portos também tendem a crescer com os investimentos, o que é fundamental para destravar o setor de infraestrutura”, avalia o portuário Marcos Lopes.

 

Imóveis compartilhados

Comum no exterior, o uso compartilhado de imóveis está regulamentado no Brasil. A lei determina direitos e obrigações das partes envolvidas na multipropriedade imobiliária – em que um imóvel é utilizado por vários proprietários, cada um em um período pré-estabelecido, compartilhando os custos de aquisição e manutenção. “A lei regulamenta, entre outras questões, o período de uso para cada coproprietário, que pode, inclusive, alugar o bem durante a sua fração de tempo”, explica Bianca Bonadiman, especialista em Direito Imobiliário.

 

Estilo Harry Potter

A moda das armações redondas surgiu na década de 1970 e a tendência voltou com tudo para transformar os looks com muita descontração. Mônica Paiva, empresária do setor aqui em Vitória, diz que elas são muito charmosas, e combinam mais com rostos quadrados e redondos. “A dica é não comprar uma armação que tape as sobrancelhas, para que não fique desproporcional”, sugere.

Artigo anteriorO luxo das instalações do Nannai, em Pernambuco, para ilustrar o que estamos perdendo
Próximo artigoColuna 11 de fevereiro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: