Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Paola Guimarães Borges, amanhã; Sandra Matias, Nina Lucas, Janete Lattufe, Monique Vieira e Cleuza Costa, dia 11; Ethel Mendonça, Cláudio Oliveira, Poliana Beerli, Lane Santos, Valdecir Torezani, Geórgia Mendonça, Flávio Salles e Amanda Varejão, 12; Luciana Vervloet, 13; Geciana Guarçoni, 14; Karla Ferreira Pinto, Leda Leal, Márcia Soriano, Angelo Veltri e Alexandre Godoi, 15; Nina Cortes da Veiga, Priscyla Pelissari, Aylmer Chieppe, Vera Malisek Pereira, Martha Ferreira e Roger Bongestab, 16.

 

Eles nas redes sociais

“O que aprendemos ao longo da vida é que a felicidade é aprender a aproveitar o presente sem se entregar à ansiedade que o futuro nos traz (um beijo, Sêneca). Para mim a felicidade é um conjunto de conquistas diárias que fazemos.”

@ladyrasta

***
“Ideia pra um reality show: 6 coachs de empreendedorismo são colocados num bairro carente pra morar em um barraco, cuidar de 3 filhos, trabalhar 10 horas por dia, ganhar um salário mínimo e pegar 4 ônibus por dia. O que ganhar 1 milhão primeiro, ganha.”

@guzmatos

 

TRÊS belas mulheres em festa na Ilha. Gisela Nitz, Valquíria Cheim e Renata Cola
(Cloves Louzada)

 

 

Sem chiar

Há uma luz no fim do túnel apontando para 2019 começar segunda-feira, porém em marcha lenta. Melhor do que em ponto morto! O que ainda se vê é verão, praia e Carnaval, até amanhã. Batendo numa tecla antiga da coluna, nossa maior indústria segue sem ser ativada: o turismo! Mas seguimos na fé que isso vai mudar. Temos a melhor localização do País, praias e montanhas quase que juntas, baixo índice de chuvas durante o ano (numa média de cinco a 10 dias chuvosos por mês) e temperatura média para lá de gostosa, variando dos 21° aos 30°.

 

Dos trouxas e outros!

E segue a folia em Vitória. Hoje tem o Bloco dos Trouxas, no Centro, às 15h; Bloco Kustelão, na avenida Norte-Sul, em Jardim Camburi, às 13h30; e Bloco Reciclagem, em Caratoíra, às 16h. No domingo, é a vez do Bloco da Pelada, em Nova Palestina, às 15h; Bloco das Piranhas, na Praça de Gurigica, às 14h; Bloco Prakabá, no Centro, às 15h; e Bloco Te Pego Lá Fora, em Jardim Camburi, às 13h, que vai retratar a violência que as mulheres vêm sofrendo.

 

LUANA Cecato e Thiago Valentim no Carnaval do Thale Beach
(Léo Gurgel)

 

Contribuições sociais

Um grupo atacadista de peças, pneus e acessórios para bicicletas, triciclos e motocicletas de Vitória foi autorizado pela Justiça para retirar o PIS e a Cofins da base de cálculo das próprias contribuições sociais. A sentença ainda garante a devolução do que foi pago nos cinco anos anteriores ao ajuizamento da ação. O caso abre precedente para empresa de qualquer ramo de atividade.

 

 

 

Isso tem que acabar

Sobre a pesquisa que indica que 536 mulheres sofreram algum tipo de violência física por hora no Brasil, a socióloga Cristina Neme diz que se trata de um problema da sociedade como um todo, que tem que ser debatido publicamente. “As jovens estão mais expostas, e 40% dos agressores são companheiros ou ex-companheiros”, complementa. Feminicídio é uma triste realidade e precisa ser combatido diariamente.

 

Rotisserias

Gôndolas de supermercados ganharam espaços para refeições prontas e frescas, em pratos individuais, por conta da grande procura e falta de tempo dos clientes para cozinhar, em sua maioria universitários e trabalhadores de centros urbanos. São linhas diversificadas e sofisticadas de kits alimentícios. Em uma rede, o volume de vendas subiu 200% em três anos. A hora do jantar é a mais movimentada.

 

Febre amarela

No Espírito Santo, foram notificados 880 casos de febre amarela com provável local de infecção em 2017. Desses, 326 foram confirmados e 98 resultaram em mortes. Em 2018, foram 88 notificações, sendo cinco confirmadas e nenhuma morte. Atualmente a cobertura vacinal é de 91,1% no Estado. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ressalta que a imunização agora faz parte da rotina de vacinação e está disponível para toda a população nas unidades de saúde dos 78 municípios capixabas. O que não se entende é como tem gente que ainda não se vacinou!

 

Água e energia

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei que proíbe fornecedoras de água e energia elétrica de interromperem serviços por falta de pagamento na véspera de finais de semana e feriados em todo o Estado. Segundo a proposta, a suspensão só poderá ser feita em dias úteis durante horário comercial, e mediante comunicação prévia por parte das empresas prestadoras. O consumidor terá prazo de 15 dias para regularizar a pendência.

 

CIRCUITO

 

NOSSA Carmen aniversaria hoje! Parabéns, anjo! Não existiríamos sem você. Deus lhe guarde. Beijos meus, dos filhos Guga e Nanda e da neta Clara. Obrigado, Senhor!

 

HOJE é Dia Mundial do DJ. Amanhã, Dia do Sogro e Dia do Telefone. Na terça, Dia Mundial Contra a Cibercensura, Dia do Bibliotecário e aniversário de Recife.

 

O PRIMEIRO Café de Negócios da Associação dos Empresários da Serra (Ases), no próximo dia 13, terá como palestrante o governador Renato Casagrande. Em pauta, perspectivas econômicas para o Espírito Santo.

 

A ARQUIDIOCESE de Vitória lança a Campanha da Fraternidade no primeiro domingo da quaresma, amanhã. A abertura terá concentração na Praça Costa Pereira, no centro de Vitória, às 15h, com a celebração eucarística presidida pelo arcebispo dom Dario Campos, seguindo para a Catedral Metropolitana.

 

O CENTRO Cultural Sesc Glória, no centro de Vitória, recebe amanhã uma aventura do fundo do mar com o espetáculo “A Pequena Sereia”, da Dourado Produções, às 17h.

 

A OPERAÇÃO Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES) registrou aumento de 150% nos casos de acidente com mortes nas estradas que cortam o Estado, frente ao mesmo período do ano passado. Em relação à quantidade de acidentes, houve redução de 6%. Foram cinco mortes, 48 acidentes e 65 feridos. A PRF flagrou 4.439 condutores desrespeitando os limites de velocidade permitida.

 

MAIS uma vez o Espírito Santo se destacou como produtor das melhores amêndoas de cacau do Brasil. Os produtores Emir Macedo Gomes Filho e Márcia Fonseca Alves, de Linhares, venceram a categoria Varietal do 1º Concurso Nacional de Qualidade – Cacau Especial do Brasil (Sustentabilidade e Qualidade). Agora, o casal vai disputar novamente a final mundial, na França.

 

ENQUANTO a poupança leva 45 anos para dobrar o dinheiro, o Tesouro Direto leva 20 anos. Apesar disso, levantamento feito pela XP Investimentos mostra que o brasileiro continua investimento muito mais na poupança.

 

FÃS do escritor Gabriel García Márquez estão contando os dias para a série que a Netflix prepara sobre a obra-prima “Cem Anos de Solidão”, datada de 1967, após comprar os direitos de exibição do romance colombiano. A série será gravada na Colômbia.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 08 de março
Próximo artigoColuna 10 de março
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta