COMPARTILHAR

A Palavra

Para começar bem a semana: “O que faz justiça aos oprimidos, o que dá pão aos famintos. O Senhor solta os encarcerados. O Senhor abre os olhos aos cegos. O Senhor levanta os abatidos. O Senhor ama os justos. O Senhor guarda os estrangeiros, sustém o órfão e a viúva, mas transtorna o caminho dos ímpios. O Senhor reinará eternamente. O teu Deus, ó Sião, de geração em geração. Louvai ao Senhor”. (Salmos 146:7-10)

 

Eles nas redes sociais

“Ser pobre é ter um motorista de ônibus preferido.”

Karina Belle

***

“Corretor ortográfico no celular foi criado para ajudar a quem não sabe escrever e atrapalhar quem sabe!!”

Marcelo Ribeiro

A ELEGÂNCIA de Aparecida Zamprogno em almoço de Emar Batalha na Ilha
(Cloves Louzada)

 

 

 

Notas falsas

Além da falta de troco, um dos grandes problemas que o varejo capixaba vem enfrentando é o recebimento de notas falsas. Atendente do Banesfácil diz que as que mais chegam são no valor de R$ 20,00 e R$ 50,00. “Estou bem atenta, pois a falsificação está sofisticada. Quando recebo uma, nunca digo que é falsa. Apenas falo que a nota não está em bom estado”, conta. Oi?

 

Sem água

O Brasil, pasmem!, tem um “Canadá” inteiro de pessoas sem acesso à água: 35 milhões de cidadãos sem água e um outro grande número tendo água apenas uma ou duas vezes por semana. Além disso, 52% do esgoto são coletados e 42% dele passam por tratamento, disse o presidente do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos, durante o seminário Saneamento e Recursos Hídricos, realizado em Vitória.

 

Maria da Penha vai às empresas

O 1º Seminário “Maria da Penha Vai às Empresas: Possibilidades e Parcerias entre Instituições Públicas e Privadas” será realizado pela 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Vitória, dia 29, às 12h, no Tribunal de Justiça do Espírito Santo. O objetivo do evento, que tem apoio da Findes, é discutir o papel das instituições privadas no empoderamento econômico das mulheres, promoção da equidade de gênero, prevenção da violência e criação de mecanismos de proteção para mulheres em situação de violência.

 

LETÍCIA Finamore, Cláudio Chieppe, Roberta Drummond e Ana Paula Brasil em manhã de arquitetura no Espelho d’Água, Domingos Martins

 

Hora de se cuidar

Com o fim do verão, espera-se (muito!) que as temperaturas fiquem mais amenas, o que possibilita colocar em dia alguns compromissos com a saúde adiados por causa do calor excessivo. É uma boa época, por exemplo, para tratar varizes. “As técnicas evoluíram e há mais facilidade no processo de recuperação, mas manter as pernas protegidas do sol é muito importante. Além disso, se for preciso usar meias de compressão, temperaturas mais amenas ajudam a reduzir o incômodo”, explica o angiologista e cirurgião vascular Luciano Cotta.

 

Parklet

Vitória vai ganhar mais um parklet, que são espaços de lazer e convívio onde anteriormente havia vagas de estacionamento de carros. A “minipraça” vai ficar em Jardim Camburi – a segunda do bairro – e será administrada por uma choperia da região. O parklet é de uso público e pode ser gerido por até três anos, podendo ter a autorização renovada por igual período. Ele é proibido em vias com faixa exclusiva de ônibus, ciclovias ou ciclofaixas.

 

Bicarbonato salvador

Um produto-chave que tem se tornado grande aliado na limpeza é o bicarbonato de sódio. De acordo com as empresárias Caroline Weiler e Juliana Pires, especialistas em atividades domésticas, o item é ideal para diversas utilidades. Elas pontuam que é possível explorar o produto para eliminar o mau cheiro na geladeira, limpar e dar brilho na cozinha, remover manchas de roupas, fazer limpeza a seco e eliminar o odor do lixo.

 

DAIANE Silva, Bárbara Gadioli e Chris Moraes na Praia do Canto
(Cloves Louzada)


Campeãs de reclamação

De acordo com o Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2018 do Procon Estadual, as empresas líderes do ranking são Oi/Telemar, que ocupa o primeiro lugar na lista, seguida por EDP Espírito Santo, Banco BMG, Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), Oi Móvel, Telefônica Vivo, Banco Bradesco, Zurich Seguros e Caixa Econômica Federal. A cobrança indevida é a principal insatisfação que envolve os fornecedores líderes do cadastro.

 

Efeito sanfona

A cada ano, 42% da população mundial tentam perder peso. Grande parte dessas pessoas recupera o que foi perdido, inclusive os pacientes que recorreram à cirurgia bariátrica. “Existem vários fatores envolvidos nesse reganho de peso, como questões biológicas, genéticas, hormonais e até psicológicas. É preciso fazer um acompanhamento interdisciplinar para resolver o problema”, explicou o cirurgião bariátrico Raphael Eler.

CIRCUITO

 

LEVANDO em conta os eventos trágicos que estão ocorrendo no mundo neste ano de 2019, leitora da coluna sugere uma campanha inspirada na música de John Lennon, “Imagine”: beba água e alimente a paz. A ideia é fazer com que cada um de nós, na hora de beber água, mentalize a frase “O mundo está em paz e eu também”. Anotado!

 

O CHEF Juarez Campos abriu turma extra para seu curso “Cozinhando Carnes pelo Mundo”, hoje, às 20h, em sua casa, em Santa Lúcia. Ele ensina a grelhar (Argentina), assar (Estados Unidos), saltear (Itália), fritura em semi-imersão (Áustria), fritura em imersão (Brasil) e brasear (França).

 

A EMPRESÁRIA e idealizadora do Mulheres de Negócios, Elayne Borel, foi convidada para palestrar no evento “Sebrae Com Elas”, quinta-feira, na sede da entidade, em Vitória. Ela falará sobre “O Sucesso Começa no Network”.

 

OS ÁRBITROS da Federação de Futebol do Espírito Santo Dyorgines Padovani, Vanzerson Zanotti e Fabiano Ramires foram convocados pela Comissão de Arbitragem da CBF para participar do curso de capacitação de árbitro de vídeo, o polêmico VAR.

 

LÍCIA Tovar convida para bate-papo sobre “A sua melhor versão em saúde”, com a convidada Keila Motta, endocrinologista. Será amanhã, às 19h30, no Four Work, Vila Velha. Inscrições no www.liciatovar.com.br.

 

A CONFEDERAÇÃO da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes) promovem hoje um workshop para construção das propostas do Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020, às 14h, em Vitória. Participam representantes do setor agropecuário capixaba.

 

O PROJETO “Capoeira Canela Verde” vai ensinar a produzir berimbaus, chocalhos, atabaques e pandeiros durante oficina no próximo dia 30, às 14h, no Quintal do Colombo, em Alecrim, Vila Velha. Aberta ao público.

 

A CAPIXABA OÁ Galeria participa pela segunda vez da SP-Arte, que começa dia 3 de abril, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo. A exposição do artista Rafael Pagatini estará no setor solo, que relaciona pesquisas artísticas através de mostras individuais. O projeto tem como curadora a chilena Alexia Tala.

 

O PAVILHÃO de Carapina, na Serra, será palco do Villa Mix Vitória, no dia 13 de abril, com apresentações de Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Ivete Sangalo, Xand Avião, Jefferson Moraes e Jet Lag. Eita!

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA GATA Choupette, em luto pela morte de Karl Lagerfeld, lançou coleção em homenagem ao estilista
Próximo artigoColuna 26 de março
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta