COMPARTILHAR

A Palavra

Para começar bem a semana: “Bom e reto é o Senhor; por isso ensinará o caminho aos pecadores. Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho. Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam a sua aliança e os seus testemunhos. Por amor do teu nome, Senhor, perdoa a minha iniquidade, pois é grande”. (Salmos 25:8-11)

 

Eles nas redes sociais

“Sim cada um tem uma opinião e a sua tá errada abraço fica com deus.”

@maziuhq
***
“A entrega é a essência da vida, quando temos disponibilidade de entregar e sair do controle de todas as situações, é o momento em que o milagre acontece.”

@luanlovato. Amém!

O CASAL Felipe e Fernanda Finamore em festa na Ilha
(Cloves Louzada)

 

Encomendas de torta

As paneleiras de Goiabeiras já estão aceitando encomendas da torta capixaba. No galpão ou pelo telefone (27) 3327-0519 é possível saber o preço da iguaria, que poderá ser encomendada na porção para duas, quatro ou oito pessoas, se inclui a panela de barro e escolher a paneleira para a produção do prato. “A torta está muito saborosa”, garantiu a presidente da Associação das Paneleiras de Goiabeiras, Berenícia Correa Nascimento.

 

Cerveja sem nota

O transporte irregular de cerveja no Norte do Espírito Santo está na mira da Secretaria de Estado da Fazenda. Na última semana, 30.840 litros de cerveja foram apreendidos durante duas abordagens em Linhares, resultando em mais de R$ 120 mil em autos de infração. Na maioria das vezes, o produto entra no Espírito Santo sem documento fiscal.

 

Quebrou, pagou

Além de infringir a Lei do Consumidor, loja de decoração e presentes de Vitória está perdendo clientes por colocar avisos com a (ranzinza) frase “Quebrou, pagou!”. Especialista em Marketing sugere outras formas de se passar a mensagem com mais empatia: “Cuidado. Se quebrar, não deixe de levar” ou “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que tu quebras”.

 

AS AMIGAS Walmir Sasso, Flávia Ruschi, Dapaz Romano, Mary Helal de Paula e Yedda Baião Tavares na festa de Valéria Nemer
(Cloves Louzada)

 

Acidentes de trabalho

No Espírito Santo, de 2012 até o início de abril deste ano, já foram registrados mais de 84 mil acidentes de trabalho, o que significa uma ocorrência a cada 45m5s. O Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho também registrou, no mesmo período, 559 mortes. Na Justiça do Trabalho capixaba, muitos processos por acidente geram indenizações às vítimas. Um dos casos envolveu uma empresa de mármore e granito, condenada a pagar R$ 459 mil a um funcionário.

 

Autorização de viagem

Desde o mês de março, adolescentes menores de 16 anos estão proibidos de viajar sem autorização judicial para fora da comarca de residência desacompanhados dos pais ou dos responsáveis. Para que a viagem aconteça, os pais precisam fazer uma autorização de viagem em cartório. Marcio Valory, presidente do Sinoreg-ES, explica que é preciso reconhecer a firma de quem autoriza a viagem. “A autorização feita no cartório deve incluir todas as informações necessárias para maior segurança sobre os termos da permissão”, afirma.

 

Chuva rastreada

Os cidadãos podem, agora, ter em seus celulares os dados de chuvas e o nível e vazão dos rios de todos os cantos do País, incluindo o Espírito Santo, por meio do aplicativo Hidroweb Mobile. Criado pela Agência Nacional de Águas (ANA), ele auxilia o usuário a seguir informações coletadas nas mais de 3 mil estações hidrometeorológicas gerenciadas pela agência. Pode ser baixado gratuitamente. Os dados são atualizados de hora em hora.

 

LETÍCIA Pernambuco e Conceição Matias em festança na Praia do Canto
(Cloves Louzada)

 

Corrida da colonização

A Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (Eames) realiza no dia 26 de maio a sua 3ª Corrida Histórica da Colonização, que já faz parte do calendário oficial das comemorações da Colonização do Solo Espírito-Santense. O Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha fez um levantamento de dados e sugeriu o traçado dos 10 km de corrida, passando pelos pontos importantes do sítio histórico. Haverá ainda uma exposição, sob curadoria de Manoel Goes.

 

Velhice sadia

A expectativa de vida do brasileiro é de 76 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para chegar a essa idade esbanjando vitalidade e com uma mente ativa, é preciso se preparar ao longo da vida. “Uma velhice saudável se constrói na infância, na juventude e quando adulto, e não ao se tornar idoso. Quem quer ter um raciocínio rápido e produtivo mais tarde precisa ter bons hábitos desde cedo”, ressaltou o psicólogo Gustavo Souza, de residência assistida. Entre os bons hábitos, estão se alimentar bem, beber água e praticar exercícios físicos.

 

CIRCUITO

 

A DECLARAÇÃO Universal dos Direitos Humanos (DUDH) é um documento marco na história da humanidade que busca uma maior igualdade e liberdade entre todas as pessoas, independente de cor, etnia, idade e gênero. Neste ano, são comemorados os 70 anos deste importante instrumento.

 

OS CASAIS Gracinha e Moysés Nader, Valéria e Luiz Carlos Nemer, Hélvia e Marcos Abaurre programaram viagem no início de maio para Portugal e Espanha.

 

HOJE é o Dia Mundial do Desenhista, Dia Nacional da Conservação do Solo e Dia do Desarmamento Infantil. Amanhã, Dia Mundial da Voz.

 

O CHEF Juarez Campos promove o seu próximo curso com turmas hoje e amanhã, às 20h, em Santa Lúcia, Vitória. Dessa vez, as aulas terão como protagonista o bacalhau, em quatro versões: Pastel de bacalhau, arroz de forno com bacalhau e camarões, bacalhau à La Viscaina e Lombo de bacalhau com crosta de azeitonas pretas. Vagas limitadas pelo e-mail casadochefjuarez@gmail.com.

 

JOANA Pinheiro recebe o diretor da Mercatto, Renato Cohen, e a estilista Adriana Jucá em café da manhã hoje, às 9h, no showroom Estúdio Pinheiro, em Manguinhos, para comemorar os 25 anos da marca carioca, que tem como DNA uma moda democrática e bastante estampada, e apresentar o verão 2020 para lojistas capixabas.

 

A ARQUITETURA e a arte estão intimamente ligadas na visão do artista plástico capixaba radicado em São Paulo João César de Melo, que abriu a exposição “Cidades Abstratas”, no Espaço Expositivo Levino Fanzeres, no Centro Cultural Sesc Glória. A mostra fica até 14 de julho. Entrada franca.

 

O FERIADÃO da Semana Santa será animado ao som de pagode, sertanejo e funk no Multiplace Mais, em Meaípe. Sexta-feira tem shows com Ferrugem e João Araújo. Já no sábado, a casa recebe MC Pocahontas, Atitude 67 e a dupla João Gustavo e Murilo.

 

OS DESTILADOS mais renomados produzidos no Espírito Santo estão reunidos em uma loja virtual. A CanaPremium vende para todo o Brasil e, na Grande Vitória, a entrega é grátis.

 

RIQUEZA em detalhes. O ouro e a prata estão invadindo o segmento da iluminação. Segundo a especialista Adriana Martins, a aposta da vez é em arandelas e pendentes revestidos pela folha dos metais preciosos, geralmente acompanhadas de cristais, para conferir modernidade e luxo aos ambientes.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorL’ESSENTIEL, da Guerlain: base tem 97% de ingredientes naturais e frasco assinado por Mathieu Lehanneur (Divulgação)
Próximo artigoColuna 16 de abril
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta