COMPARTILHAR

BOX

 

Eles nas redes sociais

“É aterrador notar que no ápice da modernidade a gente assiste à memória se desfazer em fogo”

@bslvra

***

“Uma das maiores besteiras sobre a astrologia é o famigerado ‘inferno astral’, um mês antes de seu aniversário. Não se deixe enganar, inferno coisa nenhuma, é lenda, uma fake news que pegou com leigos. Um mês antes do seu aniversário as portas do poder se abrem só pra você.”

@feltrinoficial

 

A LINDA Dayana Barroso em coquetel na Ilha
(Cloves Louzada)


 

De cortar a alma…

Aberto há 79 anos, o Asilo dos Idosos de Vitória está no vermelho. O diretor, João Angelo Baptista, diz que o déficit mensal é de R$ 35 mil. “As doações em dinheiro caíram e as despesas subiram, principalmente com pessoal. Temos hoje 66 funcionários para cuidar de 80 idosos. A maioria está aqui por abandono da família ou por falta de condições. Nossa expectativa é a expansão do convênio com a prefeitura, em maio, o que vai amenizar um pouco. Não quero nem pensar em fechar as portas”, disse ele, que lançou uma campanha.

***
Qualquer valor ajuda, via débito em conta ou transferência bancária. Anote aí: Banco do Brasil, agência 3480-0, conta corrente 5366-X; Banestes, agência 106, conta corrente 1826-296; Sicoob, agência 3010-4, conta corrente 36.143-7; Caixa Econômica, agência 0823/003, conta corrente 895-7. Mais informações: (27) 3323-6138.

 

NATIELLY Dorio, Carmem Dolores e Alessandra Souto em tarde de Páscoa e degustação de chás na Stampa
(Monica Zorzanelli)

 

 

Procedência do palmito

A semana é de torta capixaba e tem muito palmito à venda pelas ruas. Mas é fundamental conferir a procedência, para não incentivar a extração clandestina. “Basta solicitar que o comerciante apresente os documentos de autorização de exploração florestal e nota fiscal, além do Documento de Origem Florestal (DOF) para espécies nativas ameaçadas de extinção, como Juçara. É possível atender a demanda pelo produto sem prejudicar o meio ambiente”, orienta Fabricio Zanzarini, subgerente de Controle Florestal do Idaf.

 

Alternativas do trânsito

Nossos atentos leitores sempre sugerem melhorias para o dia a dia das cidades, especialmente no trânsito – um transtorno cada vez maior para todos nós! A dica hoje é de Jaime dos Passos, com uma alternativa simples para minimizar um grande gargalo: “Os engarrafamentos na Terceira Ponte poderiam ser reduzidos se houvesse balsas para transportar carros entre Vitória e Vila Velha (ferryboats), saindo da Praça do Papa com direção a Prainha e Porto de Santana. É um transporte amplamente utilizado em lugares como Santos e Salvador”, sugere. Alô, autoridades!

 

Que absurdo!

O brasileiro é ávido consumidor do mundo digital, mas não consegue fazer um tostão com isso, aponta a Brazil at Silicon Valley Conference. “Há muitas razões para isso, algumas culturais, outras econômicas, mas principalmente de infraestrutura. Quando se adquire um produto de R$ 50,00 e o frete chega a R$ 15,00, algo está errado. Ao pagar por um e-book, temos que desembolsar cerca de 5% apenas para o custo de processamento do pagamento em si! Até o virtual é surreal”, avalia o desenvolvedor Daniel Herkenhoff.

ALEXANDRE Calvo, a anfitriã Cláudia Pinheiro e Rodrigo Sardenberg
(Camilla Baptistin)

 

Luz no fim do túnel

Cerca de 350 famílias da Amazônia, que dependiam do diesel para abastecer seus geradores, contam agora com energia solar. Por aqui, o especialista Washington Costa diz que a energia chega a todo lugar. “As pessoas que aderem à energia solar no Estado o fazem por questões relacionadas à consciência ambiental e como um investimento para gerar economia na conta de luz”, avalia. Hoje em dia, não é preciso nem mais instalar as placas em casa: é possível alugar o equipamento, que fica em “usinas de energia solar” e têm a corrente direcionada para o imóvel.

 

Medalhistas capixabas

Os paratletas capixabas de natação e atletismo conquistaram 117 medalhas em etapa regional de competição realizada em Curitiba, no último final de semana, além de 13 classificações para a etapa nacional, que será em maio (natação) e junho (atletismo), em São Paulo. Na delegação capixaba com mais de 70 integrantes, 11 eram contemplados pelo programa Bolsa Atleta, que conquistaram 29 medalhas. Muito ouro pela frente! Parabéns!

CIRCUITO

 

CAPELA restaurada. O governador Renato Casagrande e o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, assinaram a ordem de serviço para restauração da Capela de Santa Luzia, considerada a mais antiga construção religiosa no Espírito Santo. Serão investidos R$ 302 mil na recuperação da estrutura, que fica no centro histórico de Vitória. Boa!

 

KAMILLA Benjamin segue para sua pousada Ka347, em Itaúnas, onde recebe os hóspedes que irão curtir o feriado da Semana Santa no local, que faz parte do Roteiro de Charme.

 

VALDECIR Torezani convida para seu tradicional almoço com torta capixaba, hoje, às 12h30, no Quiosque Universal, em Vila Velha. Festão!

 

HOJE é Quinta-feira Santa, Dia de Monteiro Lobato, Dia do Amigo e Dia Nacional do Livro Infantil. Amanhã, Sexta-feira da Paixão, Dia do Índio, Dia do Exército Brasileiro, Dia de Santo Expedito e aniversário do cantor cachoeirense Roberto Carlos.

 

TAMIRES Endringer, coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Pio XII, foi convidada pelo segundo ano consecutivo para ser juíza do programa Inclusive Innovation Challenge (Desafio de Inovação Inclusiva), organizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts – o prestigiado MIT, nos Estados Unidos. Ela julgará a viabilidade financeira, econômica e estrutural de projetos da América Latina que buscam subsídios junto à instituição americana.

 

O MÉDICO Jean Estevão comemora seu aniversário hoje, em Peracanga, Guarapari, com festa organizada pelos amigos Leonardo Zucarato e Carlos Eduardo “Lula” de Souza. O som será comandado pelos cantores Léo Lima e Alan Vieira, além de quatro DJs.

 

ALINE Eisenlohr, Mariinha e Gabrielle Santos convidam para bate-papo sobre tendências com Brunella Sgaria, dia 23, às 19h, na Mulher Ativa.

 

A DUPLA Cezar e Paulinho será a atração da 31ª Festa de Emancipação Política de Venda Nova do Imigrante, dia 12 de maio, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman.

 

RIQUEZA em detalhes. O ouro e a prata estão invadindo o segmento da iluminação. Segundo a especialista Adriana Martins, a aposta da vez é em arandelas e pendentes revestidos pela folha dos metais preciosos, geralmente acompanhadas de cristais, para conferir modernidade e luxo aos ambientes.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAlerta amarelo para dengue no Estado
Próximo artigoColuna 19 de abril
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta