COMPARTILHAR

Eles nas redes sociais

“Se você tiver uma meta e quiser desistir pra ficar na cama sem fazer nada, lembre-se: Trocando a meta para ‘ficar na cama sem fazer nada’, você se tornará um campeão!”

@arturdotcom

***

“As pessoas supervalorizam a conchinha quando a real posição perfeita é o coalinha quando uma pessoa tá de barriga pra cima e a outra tá deitada no ombrinho e com uma perna por cima dando um grande abraço corporal.”

@lutagli. Haja elasticidade!

 

A ATRIZ Bruna Marquezine em campanha para marca de lingerie italiana que chegou ao Espírito Santo nesta semana
(Rowan Papier)

 

 Barrado no cinema

Um cinema em Linhares que impediu cliente de entrar com alimento comprado em outro local terá que indenizá-lo em R$ 3 mil por danos morais. A empresa alegou que o estabelecimento é particular e os usuários estariam sujeitos a normas próprias de acesso, mas o magistrado entendeu que a prática é abusiva: “Embora tenha a indicação visual da requerida proibindo a entrada de outros alimentos, não se pode privar o consumidor da liberdade para adquirir alimentos onde bem entender”, disse o juiz na sentença. Que sirva de exemplo, porém o tema ainda vai render muita confusão e aborrecimento.

 

Tabela defasada

Quando o assunto é tributo, 68% dos brasileiros apontam a falta de correção da tabela do Imposto de Renda como o maior entrave. Como isso, senhor Leão? Recentemente, na Câmara dos Deputados, uma audiência pública sobre o importante tema convidou um representante do governo federal, mas ele não compareceu. Estudo do Sindifisco aponta uma defasagem de 95,46%. Caso essa correção fosse aplicada de uma só vez, as pessoas que hoje recebem R$ 3.689,93 depois de descontada a contribuição para a Previdência Social estariam isentas.

 

Madalena

Um ano e meio após a queda da Ponte da Madalena, na Barra do Jucu, em Vila Velha, a situação no local ainda é a mesma. Detalhe: os escombros do que restou da edificação continuam por lá. A ponte caiu em dezembro de 2017, por conta das fortes chuvas que atingiram a região. Logo após a queda, a prefeitura disse que abriria uma licitação para a reforma da ponte. No entanto, o governo do Estado assumiu a responsabilidade da reconstrução da obra. A ponte recebia centenas de ciclistas e turistas nos finais de semana.

NO XI Meeting de Líderes Industriais, o presidente da Findes, Léo de Castro, com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o presidente emérito da Findes, Sérgio Rogério de Castro
(Alexandre Mendonça)

 

Clínica de transição

Devido ao novo perfil da população, que está vivendo mais tempo, um novo modelo criado para auxiliar no cuidado e tratamento de pessoas está ganhando mais força e espaço – são as clínicas de transição. O especialista nesse serviço Fabrício Aigner explica que essas clínicas são dedicadas aos pacientes que já têm o diagnóstico e tratamento definidos e que estão fora de risco, aos que precisam dar continuidade a um tratamento medicamentoso, reabilitação, adaptação de familiares e cuidadores para tratamento domiciliar.

 

Mobilidade

O edifício Fábio Ruschi, no centro de Vitória, vai ganhar em setembro deste ano um bicicletário com 32 vagas. A iniciativa visa ao incentivo de práticas sustentáveis e à melhoria da qualidade de vida e do ambiente de trabalho dos servidores públicos. O prédio abriga as pastas de Gestão e Recursos Humanos, Economia e Planejamento, Controle e Transparência, além de Justiça.

 

Amor ácido

Acaba de chegar às livrarias “Amor Nenhum Dispensa uma Gota de Ácido”, que compila os muitos poemas escritos por Carlos Drummond de Andrade sobre Machado de Assis. O poeta considerava Machado de Assis um “entrave à obra de renovação da cultura geral” a ser repudiado. Porém, 30 anos depois, mudou sua visão sobre o autor de “Dom Casmurro” e publicou o poema “A Um Bruxo, Com Amor”. Organizada por Hélio de Seixas Guimarães, a obra mostra um ser humano que se dispôs a mudar de opinião.

OS FOTÓGRAFOS Arthur e o pai Cloves Louzada clicados por Gustavo Forattini em recente evento

 

Nariz que fala

O fisionomista Fábio Pelozzo é psicólogo e há 30 anos estuda a relação entre traços do rosto e personalidade. Ele afirma que o nariz diz muito sobre alguém. Segundo Pelozzo, nariz grande é sinal de força. Com a ponta para baixo, tem bom faro para negócios. Nariz curto aparece em pessoas leais e sensíveis. Narinas retas, tolerante, paciente e equilibrada. Já nariz empinado não tem relação com ego inflado, como diz a crença. “Pelo contrário, a pessoa tem que batalhar bastante para conseguir alguma coisa”, disse.

 

Banho de mar

As praias só se tornaram lugar para banho de mar a partir de setembro de 1920, quando um casal de reis da Bélgica passou um mês no Rio de Janeiro – que beleza! – e tornou um hábito se banhar na praia de Copacabana. Antigamente, havia até horário para o uso das praias. As mulheres iam totalmente cobertas…

CIRCUITO

 

FUNCIONA no piso L1 do Shopping Praia da Costa, em Vila Velha, o Bazar Solidário Pra Mia, onde todo valor arrecadado é revertido para auxiliar no tratamento veterinário de pets em vulnerabilidade, na região de Viana. Entre as doadoras de itens estão Débora Lyra, Carol Celico e Larissa Pupim. O projeto já resgatou 80 animais e ajudará em três cirurgias. Boa!

 

NO IATE Clube de Brasília, Geisha Sily curtiu a manhã de domingo com as filhas Jacqueline e Brunella.

 

“EMPREENDEDORISMO e Liderança na Prática” é o tema da palestra que Janete Vaz, empresária goiana que se destaca no setor de saúde no Brasil, ministra hoje, às 18h30, na sede do Sebrae-ES, a convite do Núcleo Vitória do Grupo Mulheres do Brasil.

 

ANA Luiza Azevedo é uma das presenças confirmadas na Festa dos Namorados, promovida por Fernanda Prates amanhã, no Le Buffet Master. Durante o evento, os casais apaixonados terão um totem fotográfico para registrar cliques com alguns modelos de óculos luxuosos da Paris.

 

A BANDA capixaba Cinco Nós apresenta seu novo álbum, “Cria”, com show hoje, às 20h30, no Teatro Sesi de Jardim da Penha.

 

O CONGRESSO Estadual de Gestão de Pessoas (CEARH 2019) reúne hoje e amanhã, no Centro de Convenções de Vitória, profissionais e líderes para falar sobre “Inteligência Artificial e Criativa: novos tempos, novos desafios”. Palestrantes nacionais e internacionais vão mostrar como a transformação digital e soluções criativas se complementam, fazendo conexões entre homens e máquinas que podem impulsionar o desempenho de pessoas e negócios.

 

O 3º MÓDULO do Ciclo de Formação para Jornalistas será hoje, às 9h, no Salão da Indústria, Edifício Findes, com palestra de Juliana Binda, CEO da incubadora de empresas e base tecnológica TecVitória, sobre “Ambientes de inovação para desenvolvimento de startups”.

 

O TEMPLO de Budismo Chagdud Gonpa Sam Drub Ling promove o evento “Ensinamentos do Budismo”, com Lama Sherab Drolma, de 20 a 23 de junho, no Hotel Aruan. Serão abordados assuntos como “Introdução à Meditação”, “Minirretiro de Meditação Shamata” e “Os Quatro Pensamentos que Transformam a Mente”. Informações no centrodebudismo@yahoo.com.br.

 

E TOCA A VIDA!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna 10 de junho
Próximo artigoInauguração da nova loja da R Pacheco moda masculina, na Praia da Costa – Fotos: Cloves Louzada
Foto de perfil de Maurício Prates
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta