Eles nas redes sociais

“Não aguento mais essa criança mimada que acha que todas as suas vontades tem que ser atendidas. A criança sou eu no caso”

@danyolivie

***

“Eu na juventude: datas comerciais capitalistas não me representam, abaixo natal dia dos namorados aniversários! Eu hoje: nossa, hoje é dia do telégrafo, vamos beber?”

@letrapreta

OS DIRETORES da Faculdade Multivix brindando aos 20 anos da instituição de ensino superior
(Thuanny Louzada)

  

Prescrições indiscriminadas

Médico de Vitória receitou um remédio para ansiedade e o paciente, ao ler a bula, se assustou: um possível efeito colateral era uma alteração que poderia levar a cometer atos como suicídio. Maus profissionais são exceção e a maioria é de gente muito séria, mas hoje em dia o uso de antidepressivos e ansiolíticos parece estar banalizado. A prescrição vem sendo feita inclusive por especialistas que não são psiquiatras ou neurologistas, como ginecologistas e nutrólogos.

***
A neuropsicóloga Renata Gastmann diz que a necessidade imediatista do indivíduo torna a medicação a primeira opção. “Os médicos com uma visão mais holística encaminham para terapias, exercícios e outras formas de melhorar os sintomas, deixando o remédio para último caso. Se a indicação for mesmo de medicamento, o paciente deve sempre ler a bula e questionar o médico sobre os efeitos colaterais, que são fortes, e da dependência, a exemplo do Rivotril”, afirma.

NA COMEMORAÇÃO de seus 4.0, Lurdinha Perovano com o marido, Renato Mattedi, e os filhos, Larissa e Bernardo
(Cloves Louzada)

 

Maluquice nas motos

A maioria dos motociclistas é gente responsável e consciente no trânsito, mas o que se vê de maluquice de muitos irresponsáveis sobre duas rodas nas ruas e avenidas, inclusive até avanço em calçadas em Vitória, há muito tempo passou a ser um caso de polícia. A fiscalização rígida e mais atenta virá após quantas tragédias? Pode gravar essa, autoridades de plantão!

 

Lista negra

O Brasil foi inserido na “short list” da Organização Internacional do Trabalho sem que houvesse qualquer comprovação de violação de tratados trabalhistas internacionais. Entre as consequências, diversos países da Europa, por exemplo, não importam produtos de países que compõem essa lista. O advogado Alberto Nemer diz que a inclusão se deu por politicagem, e não por questões técnicas.

 

Protocolo de intenções

O governo do Estado e o Ifes assinaram um protocolo de intenções para a criação de um programa desenhado em dois eixos de atuação. O primeiro é voltado à execução de atividades que possam melhorar a eficiência energética e a sustentabilidade em prédios públicos estaduais. O segundo é referente à qualificação profissional de servidores em cursos de pós-graduação desenvolvidos pelo instituto.

 

PAULA Boulanger e Rosane Oliveira no Le Buffet Master
(Cloves Louzada)


Benefício suspenso

O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (IPAJM) disponibilizou em seu site (www.ipajm.es.gov.br) a relação nominal dos aposentados e pensionistas com inicial do nome de A a I que não realizaram uma ou ambas etapas do recadastramento 2019 da autarquia no período determinado. São cerca de 3.700 pessoas que terão o pagamento do benefício suspenso.

 

Turismo de eventos

O mês de junho está movimentado no Espírito Santo. De acordo com o calendário do ES Convention & Visitors Bureau, 10 eventos, entre eles dois internacionais e quatro nacionais, contarão com a presença 78.050 participantes. Esse número resulta em gastos de mais de 13 mil turistas em hotéis, bares, restaurantes e comércio em geral, que injetarão R$ 26,6 milhões na economia local.

 

Ligação inconveniente

O recebimento de ligações indesejadas anda tirando o sono de muita gente. A Secretaria Nacional do Consumidor fez um levantamento com 3 mil usuários de uma plataforma de central de reclamações. O resultado: 92,5% dos entrevistados disseram receber telefonemas indevidos de serviços de telemarketing. Tem leitora recebendo mais de 10 ligações por semana! Vale lembrar que existem várias decisões judiciais condenando essas empresas por danos morais.

 

Lentes e ressecamento

Com a chegada do inverno é preciso estar atento aos olhos, devido à maior concentração de poluentes no ar, levando à diminuição da lubrificação natural. “Quem usa lente de contato deve atentar ao ressecamento, para evitar infecções. Evite coçar os olhos, para prevenir irritações”, orienta Mônica Paiva, proprietária de rede de lojas do setor no Estado.

 

CIRCUITO

 

NOVO recorde no volume de exportações de café no mês de maio: o Brasil exportou 3,5 milhões de sacas, crescimento de 103,5% em relação a maio de 2018. Comparando-se as variedades, os embarques do conilon cresceram 707,1%; os de café arábica tiveram aumento de 95,5%; e os de solúvel registraram crescimento de 35,2%. Já o preço médio da saca teve queda de 22,6%.

 

RITA Rocio Tristão recebe para a primeira reunião operacional da Casa Cor ES 2019, hoje, no Clube Ítalo Brasileiro. O tema da mostra de decoração este ano será “Planeta Casa”, com novos ambientes e foco em gastronomia e cultura.

 

O SOMMELIER Boris Acevedo comanda degustação de vinhos promovida pelo arquiteto Felipe Carpanedo, em seu ambiente “Sala de jantar com adega”, que compõe a Mostra Tessaro Home&Garden, hoje, às 18h, na Praia do Canto.

 

CÍCERO Ribeiro e Mayka Schneider, junto com Felipe Fioroti e Rodrigo Antunes, realizam amanhã, véspera de feriado, show do cantor Tomate no Embrazado, Praia do Canto.

 

TOMATE faz show amanhã na Ilha
(Divulgação)

PAULO de Victa e Rodrigo Mesquita convidam para o lançamento da “Terça Pode”, hoje, às 20h, no Wanted, Praia do Canto.

 

O CINE Jardins estreia quinta-feira o novo filme de Pedro Almodóvar, “Dor e Glória”, que tem no elenco Antonio Banderas e Penélope Cruz. O drama fala sobre um melancólico cineasta em declínio que se vê obrigado a pensar sobre as escolhas que fez na vida quando seu passado retorna. O papel rendeu a Banderas o prêmio de melhor ator no último festival de Cannes.

 

ESTÃO abertas até o próximo dia 30 as inscrições para o ciclo de residência coletiva do projeto Entre Nós, da OÁ Galeria em parceria com o Funcultura e a Secretaria de Estado da Cultura. Com curadoria de Clara Sampaio e Juliana Gontijo, a residência coletiva será em setembro, no Mosteiro Zen Morro da Vargem, Ibiraçu.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 17 de junho
Próximo artigoAniversário de Gracinha Nader – Fotos: Cloves Louzada
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: