A Palavra

Para começar bem a semana: “Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo e nosso Deus e Pai, que nos amou e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, consolem os vossos corações e vos confirme em toda a boa palavra e obra”. (2 Tessalonicenses 2:15-17)

Eles nas redes sociais

“Eu tenho pra mim que dava pra erradicar a fome no mundo só com a sobra de arroz dos PFs brasileiros”

@arraychtock

***

“Cêis tão tomando bastante água? Tá MUITO seco em diversos pontos do País.”

@celsodossi

AMANDA Falquetto em coquetel na Ilha
(Cloves Louzada)

 

 

Meu pequeno Cachoeiro

O texto de Moema Baptista retrata bem o sentimento do cachoeirense: “Vim ao Rio de Janeiro pra voltar e não voltei’. Assim imortalizou nosso poeta Raul Sampaio. Assim ocorre comigo. Cada vez que volto, venho com o coração renovado, mas cheio de saudades, como agora. Dias maravilhosos passados no meu pequeno/grande Cachoeiro junto aos familiares, amigos, companheiros, conterrâneos ou não, mas privilegiados por terem podido pisar nessa ‘Capital Secreta’ imortalizada pelo amigo de Rubem, o poeta e compositor Vinicius de Moraes”. E é!

 

Multa de trânsito

Muitos e muitos motoristas tiveram suas carteiras suspensas por falta de atualização de endereço junto ao Detran/ES. O advogado Anaildo Ferreira, que já defendeu 72 mil multas de trânsito em 30 anos de trabalho, faz um alerta: documentos do órgão podem ser extraviados e não chegar ao remetente. “Antes era pela internet, mas hoje é preciso atualizar o endereço presencialmente no Detran. Uma dica é acessar o site do órgão a cada três meses para não haver surpresas”, sugere. Vale conferir como está o seu “momento Detran”.

 

Codesa saudável

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal serão parceiros no processo de privatização de todas as docas que administram os portos do País. A primeira será a do Espírito Santo, a “mais saudável” (poucos passivos e conflitos trabalhistas), segundo o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Em seguida será a Docas de São Sebastião, em São Paulo.

SELFIE Christiene Oliveira e Cristiane Rocha
(Cloves Louzada)

Projeto Golfinho

Ao notar um número assustador de crianças e adolescentes apáticos, desmotivados ou com excesso de angústia, depressão, ansiedade e irritabilidade, a educadora Luiza Lopes criou um projeto para desenvolver a maturidade emocional e a autoestima nos jovens. A equipe do Projeto Golfinho é formada por pedagogos, psicólogos e especialistas da área comportamental que ensinam a lidar com as emoções, respeitar a si e o outro, eliminar hábitos negativos e manejar o cérebro de forma positiva. O primeiro encontro será no próximo dia 13, das 9h às 19h, no Indesp, em Vitória.

 

Combustível x passagem

O setor de transporte público está defendendo junto ao governo federal a adoção de políticas públicas para aliviar o impacto do aumento do preço do óleo diesel no preço das passagens de ônibus. O secretário do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Espírito Santo (Setpes), Jaime De Angeli, diz que o diesel representa hoje 25% dos custos totais do transporte coletivo urbano e, se não houver políticas para o preço do combustível, a população vai ser impactada. E bota impactada nisso!

 

Rio Doce

Quinze projetos de universidades mineiras e capixabas foram escolhidos para participar de pesquisas para identificar formas de recuperação das áreas da bacia do Rio Doce, impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana. No total, receberão R$ 5,6 milhões em apoio. Há projetos voltados para o desenvolvimento sustentável, como o da Universidade de Ouro Preto (Ufop), que propõe a utilização do rejeito para fabricação de tijolos. Já a Ufes pretende desenvolver meios para o monitoramento do ecossistema em áreas com influência da foz.

O MÉDICO Gustavo Peixoto com Adriana Vila Forte em jantar beneficente
(Cloves Louzada)

Fragilidade dos músculos

A sarcopenia, caracterizada pela perda natural e progressiva de massa muscular, afeta a independência de muitos idosos. O fisioterapeuta Pablo Pompermayer explica que a doença interfere na capacidade de locomoção e atrapalha até mesmo o desempenho social. “É importante retardar a perda de massa muscular com exercícios de força, aeróbios e de consciência corporal, junto com uma boa alimentação, para que o idoso tenha mais autonomia no cotidiano”, orienta.

CIRCUITO

 

RECEBI e repasso. “O melhor lance é não desistir de seguir em frente quando se é derrotado em algum acidente de percurso. A estrada segue!”. E é! Bom dia!

 

GUSTAVO Pipa, executivo de contas de varejo e bens de consumo na Cognizant, é o convidado do Em Pratos Limpos, realizado pela Rede Tribuna no próximo dia 18. No almoço-palestra, ele falará sobre “Os Desafios do Varejo”.

 

UM GRUPO de arquitetos capixabas irá conferir as referências mais atuais em décor e design na Casa Cor São Paulo, a convite da Composé. Eles viajam hoje, acompanhados de Juliana Reissinger e Carlos Marianelli.

 

A ESCOLA Superior de Magistratura do Espírito Santo (Esmages) está com inscrições abertas para o workshop “Sentença Cível (Teoria e Prática)”, curso de preparação para os concursos da magistratura estadual, com aulas nos próximos dias 25 e 26, no auditório da entidade, em Vitória. As aulas serão ministradas pelo juiz do Tribunal de Justiça de Minas Gerais Maurício Ferreira Cunha.

 

O PROGRAMA Indústria + Avançada, uma parceria entre Senai-ES e Sebrae-ES, propõe uma gama de serviços em inovação para aumentar a produtividade e a competitividade dos negócios locais. O lançamento passará por Vitória, Serra, Aracruz, Linhares, São Mateus, Colatina, Cachoeiro e Vila Velha, até o próximo dia 18.

 

ESTÁ em cartaz o filme “Turma da Mônica – Laços”, um deleite para quem cresceu lendo os quadrinhos de Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão. Com direção de Daniel Rezende, o que se vê na telona é uma bela homenagem à obra de Maurício de Sousa. Crianças – e adultos! – aplaudem.

 

O PRÓXIMO Café de Negócios da Associação dos Empresários da Serra, quarta-feira, terá como convidado Benjamim Baptista Filho, presidente da ArcelorMittal e CEO da ArcelorMittal Aços Planos América do Sul, que vai compartilhar suas perspectivas para o mercado de aço.

 

DANÇAS dos imigrantes alemães e italianos podem se tornar patrimônio cultural imaterial no Espírito Santo. A proposta consta em projeto de lei na Assembleia Legislativa. Nos últimos anos, as festas que promovem as culturas dos dois povos têm ocupado cada vez mais espaço na vida cultural e turística do Estado. São muitos os grupos que nos representam em festivais pelo Brasil, entre eles o Grupo de Dança Alemã Bergfreunde, de Domingos Martins.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorTRATAMENTO com mel de manuka no spa do The Dorchester, em Londres
Próximo artigoColuna 9 de julho
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe uma resposta