Eles nas redes sociais

“Ontem minha vizinha de cima avisou que operários iam quebrar o piso do chão da cozinha dela – e que seria barulhento. Hoje ela deixou um chocolate na minha caixa de correio para compensar pelo barulho – que nem foi muito alto e mal durou uma hora.”

@jeanstruck. Elegância! 

***

“Por que, ao invés de reclamar por ter perdido o ônibus, não para um minuto e agradece a Deus por um possível livramento?”

@rafaelapaes

MICHELLE Cortelleti pela lente de Jociane Bristti em ensaio boudoir, que valoriza a beleza natural das mulheres

Ensino superior

O Espírito Santo terá a sua Universidade Estadual até 2021. Atualmente, está em fase de planejamento jurídico. A proposta é reunir os serviços de educação já oferecidos, como a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), com novos serviços, inicialmente voltados para a extensão e pós-graduação na área da educação, com intuito de reforçar a educação básica. Boa!

Arte do pão

O pão de fermentação natural traz o lema de menos ingrediente, mais saúde. Willians Marciano, que tem uma fábrica de pães artesanais em Vila Velha, diz que o fermento nada mais é que farinha e água. “Acrescenta o sal e temos um pão com baixo índice glicêmico, rico em vitamina B1 e B2. Mas não se prendam ao pão rústico de forma redonda, casca grossa e sabor ácido. Pode ser feito qualquer tipo de pão com essa técnica, sejam os famosos brioches franceses, croissants ou simplesmente as baguettes tradicionais”, disse-nos.

Desembarque de veículos

O desembarque de veículos no Porto de Vitória continua aumentando. Segundo dados da Codesa, em julho, foram 5.669 carros chegando de navio por aqui, o maior desembarque dentre os meses de 2019 e 72% maior em comparação a julho do ano passado, quando chegaram 3.305 automóveis. Nos sete primeiros meses de 2019, desembarcaram 23.512 unidades nos seguintes terminais: Cais Comercial de Vitória, Cais de Capuaba, Terminal de Vila Velha (TVV) e Peiú.

DEBORA Hanauer e Roberto Ribeiro em dia de desfile cívico com participação dos harleyros capixabas em Vitória, em comemoração ao Dia da Independência
(Wanderson Lopes)

Insegurança no aplicativo

Motorista de aplicativo foi preso, junto com comparsas, após assaltar pedestres em Vila Velha. A ação não foi contra passageiros que acionaram a ferramenta pedindo corridas pelo smartphone, mas o que garante que, assim como esse bandido, outros não dirijam por aí disfarçados de motoristas? O que ainda virá?

Bebidas de inverno

Casamentos realizados no inverno devem ter atenção especial na hora de escolher as bebidas. A sommelière Ana Cristina Fulgêncio dá dicas: para jantar tradicional, pode-se pensar em um espumante brut rosé ou branco como drinque de boas-vindas, entrada e prato principal, se o menu for frutos de mar. Caso o cardápio tenha carne vermelha, um tinto de médio corpo é ideal. “Se tiver diferentes pratos servidos em réchaud, é importante ter as duas opções de bebidas”, explica.

Oportunidades de emprego

A economia brasileira gerou 408.500 empregos com carteira assinada no primeiro semestre deste ano. Exemplo desse aumento ocorreu também na Águia Branca, onde a quantidade de vagas ofertadas cresceu 62% no primeiro semestre, frente ao mesmo período do ano passado. Em 2018 foram 79 vagas, enquanto em 2019 foram 127. Para a gerente de RH da empresa, Luciana Lessa, os dados apontam para uma melhora expressiva no mercado. Amém!

CLÁUDIA Louzada e Camila Lima em coquetel na Ilha
(Cloves Louzada)

Apps de viagem

O Espírito Santo Convention Bureau listou sete dicas de aplicativos para ajudar quem pretende viajar: Foursquare, para descobrir atrações e estabelecimentos; HotelTonight, para encontrar os melhores hotéis com os melhores preços; XE Converter, que calcula a taxa de câmbio em tempo real; Wi-Fi Finder, para encontrar pontos de Wi-Fi gratuito; AroundMe, para descobrir novos pontos turísticos por perto; VerbalizeIt, comunidade global de tradutores humanos; e Goodreads, que sugere livros para ler durante o passeio.

Procrastinadores

Três mecanismos do cérebro explicam a procrastinação, hábito que faz a pessoa deixar tudo para depois. O escritor Tim Urban diz que a mente tem uma área que busca evitar dor e ter prazer; uma que é referente à porção racional; e outra que percebe o risco. “A única forma de começar a trabalhar é quando a data de entrega está muito próxima. O problema é quando temos de dedicar tempo a coisas que são importantes, mas que ninguém nos exige, como ver a família, fazer exercício e cuidar da saúde”, afirma.

CIRCUITO

ESTÁ divorciado? Provavelmente pagará mais caro por seguro de carro do que uma pessoa casada, entre 5% e 30% a mais. As seguradoras supõem que uma pessoa divorciada terá um comportamento diferente de quem é casado, aumentando os riscos. Ixi!

JOSÉ Luiz Altafim, ao lado dos filhos Malu e Samuel, receberá amigos e familiares para celebrar seu aniversário numa festa mais que conceitual, com referências de clubes de Dubai, Milão e Nova Iorque, na noite de sexta-feira, no Le Buffet Master.

SIMONI Balarini e Alê Nunes convidam para lançamento da coleção Florata, de Emar Batalha, com tarde de queijos e vinhos amanhã, das 12h às 20h, na Praia do Canto. O mestre queijeiro Eduardo Santos estará lá para falar sobre queijos e vinhos. 

AUTOCONHECIMENTO, informação e tomada de decisão. O projeto de Orientação Profissional da Crescer PHD realizou, na última semana, o Simpósio de Informação Profissional, com a participação de sete faculdades capixabas para ajudar os estudantes na escolha da profissão.

MADRINHAS do Outubro Rosa estão se revezando na movimentação da loja da Afecc no Shopping Vitória. Ontem, esteve por lá Toninha De Nadai com seu grupo Mãos do Coração. Amanhã, a partir das 18h, será a vez de Renata Prezzoti e Márcia Carone. No dia 19, às 21h, quem marca presença é Marcela Raizer e Andrea Richa. E no dia 24, às 18h, estarão lá Juliana Magalhães, Andrea Lopes, Ana Clark e o grupo de corrida das Verdinhas.

ÁLISSON de Palma acompanha um grupo de arquitetos e designers de interiores em viagem a Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul, até sexta-feira. Essa é a 11ª turma que sai do Espírito Santo para conhecer o processo de fabricação da Romanzza, e estão por lá Ana Paula Pagotto, Aparecida Borges, Bianca Margon, Carlos Holz, Caroline Zamboni, Christian Vieira, Claudete Lovati, Danielle Olli, Maria Claudia Avancini e Patrícia Davel.

VENDAS online de alimentos, bebidas e artigos de petshop são as que mais aumentam, revela relatório elaborado pela Ebit. O maior volume de pedidos do e-commerce brasileiro ocorreu no setor de perfumaria, cosméticos e saúde, e no mercado de moda e acessórios.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 10 de setembro
Próximo artigoColuna 12 de setembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: