Eles nas redes sociais
“Ai de mim se não fosse eu”
@babi


“Marcando rolês aleatórios mesmo com déficits orçamentários. Eu amo fazer cosplay de Governo Federal.”
@ilucasperso

STEFANIE Czartoryski estrelando campanha de lançamento Beach Bohoo, na Praia da Guarderia, em Vitória
(Andressa Cutini)

Navios maiores
A movimentação de granéis teve saldo positivo no Porto de Vitória no mês de julho. Os granéis líquidos, 10%, e os granéis sólidos, 28%. A carga de contêineres (peso bruto) também vale registro: 5,6% de alta frente ao mesmo período de 2018. O granito em chapa, por exemplo, teve crescimento de 80% na exportação. Roberto Garófalo, presidente do Sindiopes, afirma os números poderiam ser ainda mais expressivos, já que a dragagem do Porto foi concluída, mas ainda não trouxe os avanços esperados, como por exemplo o aumento do calado para a chegada de navios maiores.

Música sem fronteiras
Três dias de encontros musicais, reunindo artistas de várias vertentes, do erudito à música popular, passando por jazz, world music, ritmos africanos e música de câmara. Esta é a proposta do “Festival de Música sem Fronteiras”, que será realizado de hoje a quinta-feira no Teatro Glória. Dentre os nomes confirmados estão o saxofonista, compositor, maestro e arranjador Letieres Leite (SP), o quarteto Quatro a Zero (SP) e o pianista norte-americano radicado no Brasil Cliff Korman.

ARIANE Perovano e Lorraine Stoodley no Vitória Moda
(Camilla Baptistin)

Mês do servidor
O governo do Estado prepara uma programação especial para outubro, em comemoração ao Dia do Servidor (28/10). Dentre as ações, está a ampliação de algumas parcerias com empresas credenciadas no Clube de Descontos. A primeira promoção é um desafio lançado pelo serviço de transporte por aplicativo V1: o servidor que mais utilizar até dia 30 será premiado com um cartão de débito no valor de R$ 500,00. O segundo lugar vai levar para casa quatro garrafas de vinho e o terceiro lugar ganhará um par de ingressos para um dos shows realizados no Espaço Patrick Ribeiro.

Maratona de programação
O hackathon Hack Faesa chega à 8ª edição com 28 horas ininterruptas de programação para concluir um desafio. Será nos próximos dias 5 e 6, na programação do Faesa Summit, reunindo programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software, gestão e novas tecnologias para criar soluções inovadoras de acordo com o tema proposto. Inscrições abertas no www.faesa.com.br.

Nunca é tarde
Começar a malhar após os 40 anos faz tão bem quanto iniciar jovem, diz estudo americano. E apesar de o recomendado pela comunidade médica ser de 150 minutos de sessões de suor por semana, é preciso prestar atenção nas necessidades de cada pessoa. “Vale também apostar em uma vida social ativa, com muitas atividades ao ar livre. Isso é importante para a diminuição do risco de doenças crônicas, porque hoje temos uma tendência de ficarmos enclausurados e isso é ruim para a saúde também”, afirma o endocrinologista Guilherme Renke.

O CASAL João Bosco Reis da Silva e Ingrid Thebaldi, ele gerente-geral de sustentabilidade da ArcelorMittal e ela pâtissier da Piccolo Dolce, em Casa Qu4tro

CIRCUITO

AS VENDAS do comércio capixaba tiveram alta de 6% no mês de julho. Com as ações promocionais, como a Black Friday, e a chegada das festas de final de ano, a Fecomércio/ES espera números ainda maiores de crescimento neste segundo semestre.

ANDERSON Varejão festejou seus 37 anos no último domingo e recebeu a notícia de que sua mulher, Stacy, está grávida. Parabéns!

A ABERTURA oficial do Outubro Rosa será hoje, às 19h, com um concerto ao ar livre no Palácio Anchieta, com uma orquestra formada por mulheres, em sua maioria, musicistas da Camerata Sesi.

OPA! O Exagerado Outlet está com mais de 300 vagas de emprego disponíveis. O evento busca profissionais do ramo de atendimento ao público para atuar na próxima edição, que será realizada entre os dias 16 e 20 de outubro, no Pavilhão de Carapina, na Serra.

A CHEF Vivian Balbino prepara jantar de degustação da cozinha peruana na próxima quinta-feira, às 20h, no Cosmô, Praia do Canto. Entre as delícias, haverá ouriço do mar, ceviche, polvo na brasa, granita de cacau e pisco, além de suspiro limenho com alfajor e limão confitado. E o regime…

O CENTRO Anchieta, localizado no edifício Real Forte, em Santa Luíza, Vitória, promove todas as terças, às 19h30, diversos cursos gratuitos ministrados por especialistas voluntários. Antes, às 19h, o grupo reza um terço. A associação é formada por leigos católicos de várias paróquias da Grande Vitória, com o objetivo de compartilhar conhecimento e torná-lo acessível.

ESSA é da Cidade Maravilhosa: projeto de lei aprovado na Assembleia do Rio de Janeiro obriga supermercados a fornecerem lupas aos consumidores. A ideia é que as pessoas possam ler bem os rótulos. Realmente não há nada mais importante para ser discutido entre os parlamentares cariocas…

SOMENTE inserir cálcio no organismo não garante a saúde dos ossos, diz a especialista em alimentação Patrícia Julianelli. Segundo ela, é necessário um estilo de vida para amenizar a perda óssea com alimentação balanceada, exposição mínima ao sol e rotina de atividades físicas.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 30 de setembro
Próximo artigo10 anos Outlast, comemorados no Barlavento – Fotos: Clves Louzada
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: