Eles nas redes sociais

“Se tivéssemos Redes Sociais na época do Collor, teria gente defendendo o confisco da poupança.”

@MaxResende5

***

“Se você acha que sua vida está uma loucura, imagine como está a dos analistas políticos especialistas em América Latina?”

@delucca

A FELICIDADE do casal Gessio Oliveira e Karla Farias na recepção de seu casamento, no Ilha Buffet, no Clube Álvares Cabral
(Cloves Louzada)

Empreendedoras no ES

Mais de 197 mil mulheres são donas do próprio negócio no Espírito Santo. A maioria tem entre 35 e 45 anos, trabalha sem sócio (77,9%) e exerce a atividade fora de casa, seja em uma loja, escritório ou galpão. Esse é o perfil da mulher que empreende no Estado, segundo estudo do Sebrae-ES divulgado para este Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado hoje. Do total das 197.773 mulheres donas de negócios, 170.524 (86,2%) trabalham por conta própria. As outras 27.248 (13,8%) são empregadoras.

Fim do DPVAT

Tem muita gente reclamando que a extinção do DPVAT, seguro obrigatório para indenizar vítimas do trânsito, vai deixar motoristas e pedestres desprotegidos, assim como acabar com a boa verba da parcela que era destinada ao SUS. O advogado Anaildo Ferreira diz que, em 30 anos atuando no setor, viu pouquíssimas pessoas receberem o dinheiro. “Cerca de 90% dos processos são indeferidos quando o acidentado faz por conta própria. É muita burocracia! Pelo valor que se paga, o prêmio é muito baixo”, avalia.

Do Sumaré

Em Cachoeiro, o leilão de uma área do estádio Sumaré, avaliada em R$ 2 milhões, terminou novamente no zero a zero. Dessa vez, não houve lance. O terreno de 2,3 mil metros quadrados, situado sob a arquibancada, foi oferecido à negociação pela Justiça Federal, por lance mínimo de R$ 1 milhão. A penhora do lote se deu por dívidas trabalhistas e fiscais do clube Estrela do Norte, que se arrastam desde 1981. Conheço bem o local! Papa fina! Quem pegar, vai se dar bem!

RAMANA Scárdua comemorando seus 18 anos
(Cloves Louzada)

Corrida sustentável

Corredores das orlas de Vitória e Vila Velha estão aderindo ao “plogging”, modalidade de corrida sustentável criada na Suécia. Organizado pela primeira vez em 2016, o termo combina o “jogging” (corrida leve) com o “plocka up” (recolher, em sueco). O resultado é um exercício que mistura esporte com coleta de lixo. Praticar “plogging” por 30 minutos ajuda a queimar 300 calorias. Tênis, luvas e uma sacola são o suficiente. Fica a dica para o verão.

Intercâmbio para executivos

Não são apenas estudantes querendo aprimorar o inglês ou jovens em busca de experiência profissional que recorrem aos intercâmbios. Existe um programa voltado para executivos, que passam duas semanas em Nova Iorque estudando em uma escola boutique especializada em educação executiva. “O ‘Executive Communication’ é para quem busca aprimorar suas competências de gestão e na língua inglesa. Há grupos para janeiro, fevereiro e março de 2020”, conta Jackeline Guasti, da Experimento Intercâmbio.

Turismo macabro

O cineasta capixaba Rodrigo Aragão virou referência de terror no Brasil após ganhar reconhecimento com os longas “Mangue Negro” (2008), “A Noite do Chupacabras” (2011), “Mar Negro” (2013), “As Fábulas Negras” (2015) e o mais recente “A Mata Negra”. Neste ano, inaugurou o “Museu dos Monstros”, atualmente no Shopping Moxuara, em Cariacica. O espaço fica aberto para visitação até a primeira semana de janeiro, com labirintos mal-assombrados, zumbis, loira do banheiro, mausoléu etc. e tal.

NA SOLENIDADE de abertura da 18ª Conescap, Zulmir Breda, presidente da Confederação Nacional de Contabilidade; Dolores Zamperlini, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon/ES); e Sérgio Aprobatto, presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis
(Cloves Louzada)

Fotógrafo da paz

O fotógrafo Sebastião Salgado, que acaba de ganhar o “Prêmio da Paz do Comércio Livreiro Alemão”, trabalha no projeto Amazônia, que deve ser lançado em livros e exposições a partir de 2021. Em recente evento na Alemanha, Salgado criticou o projeto de flexibilização para o porte de armas de fogo no País e também a redução dos incentivos à cultura. “É um desastre o que está acontecendo no Brasil, não apenas nas florestas, mas sim em toda a sociedade”, afirmou.

Eletrodos

A Grande Vitória ganhou academias que combinam musculação com eletroestimulação. O educador físico Marcio Atalla diz que a prática faz efeito, mas requer esforço. “O uso da roupa especial com eletrodos deve ser combinado com a execução de movimentos, sob orientação de um professor. A grande vantagem é a redução no tempo de treinamento, já que 20 minutos de sessão equivalem a duas horas de musculação”, explica.

CIRCUITO

PODE anotar aí: as principais propostas de emenda à Constituição não vão ser votadas em 2019. O ano parlamentar só começa depois do Carnaval de 2020. E será ano de eleições municipais. A conferir.

KAFA Saadi Junger receberá amigas para almoço de confraternização natalina no dia 13 de dezembro, em sua casa na Mata da Praia.

O FERIADO foi de muito aprendizado para a dermatologista Oliete Guerra, que participou, em São Paulo, da terceira edição do Master Injector Academy. Foram três dias de debates, aulas e demonstrações ao vivo sobre o que existe de mais avançado em procedimentos e cosmiatria.

RITA Garajau e Maria Tereza Aragão convidam para a inauguração de “pop up store” com arte, itens de decoração, moda, presentes para o Natal e um bistrô para lanches e encomendas, hoje, às 14h, na rua Cassiano Antônio de Moraes, na Enseada do Suá. Amanhã, às 19h30, será oferecido o Arroz da Prosperidade para quem doar uma cesta básica, que será entregue às igrejas Santa Rita e São Francisco de Assis. O espaço funciona até 23 de dezembro.

OS IRMÃOS Carlos e Beto Marianelli recebem em coquetel hoje, às 19h, convidados em sua Compose, que comemora 26 anos.

A CHEF Marja Akina vai comandar a cozinha do Cosmô, na Praia do Canto. Filha de japonesa e descendente de índio, polonês e italiano, já trabalhou com os premiados chefs Arthur Sauer, Eric Jacquin, Andre Lucca, Carlos Tossi e Vinicius Rojo. “Formada em Design de Produto pela Belas Artes, em São Paulo, escolheu a cozinha como ateliê”, comenta Marcelo Netto.

O SHOPPING Vitória disponibiliza até o dia 29 um ponto de retirada de cartinhas para adoção do programa “Papai Noel dos Correios”. Fica localizado no segundo piso, em frente à Casa Bauducco.

UM DOS rebocadores do Porto de Tubarão recebeu pintura especial em apoio ao Novembro Azul, mês da conscientização para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. Durante todo o mês, empregados da Vale também participam de uma campanha voltada para a saúde dos homens, que inclui rodas de conversa e consultas com médicos, entre outras ações. Boa!

UMA brasileira doou R$ 6 mil para perfil fake de Leonardo Di Caprio. O homem, se passando pelo ator de Hollywood, pediu dinheiro para ajudar a salvar o meio ambiente. Ela só suspeitou que não se tratava de Di Caprio quando, após o pagamento, ele passou a pedir mais dinheiro.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 18 de novembro
Próximo artigoColuna 20 de novembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: