Eles nas redes sociais

“Raramente pensamos no que temos, mas sempre no que nos falta.”

@filosofia.liquida

***

“Virtude admirável: saber dividir méritos de um trabalho bem-sucedido feito em equipe.”

Andréia Pegoretti

NO CONCORRIDO coquetel de inauguração da Riviera, na Praia do Canto, Mylena Tresmann, a anfitriã Thiciane Tibério, Bella Novaes e Laís Hofmann
(Cloves Louzada)

Crianças x celular

Que o contato com a tecnologia se dá cada vez mais cedo, não é novidade. É até necessário, para que as crianças estejam conectadas a seu tempo – mas tudo dentro de limites e muita vigilância. A grande questão entre os pais é quando dar um celular para os filhos. Especialistas defendem que, antes dos 12 anos, não há maturidade intelectual e emocional suficiente para o acesso à internet com autonomia de uso. Concordo total!

***

Tanto que as próprias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat e YouTube) estabelecem a idade mínima de 13 anos para os usuários. No WhatsApp, a exigência sobe para 16 anos. Muitas vezes, as crianças burlam essas regras, escondidas ou até com conhecimento dos pais. O mundo é perigoso e as crianças não podem estar expostas ao contato com qualquer um. Usar a tecnologia para o estudo e o lazer é positivo, mas é preciso ter equilíbrio e monitoramento. Vigilância total aos pequenos!

RACHEL Pacheco e Samara Alves em evento na Conceito Sier
(All Live/Maurício Guimarães)

Criminosos soltos

Depois da seca, vieram as chuvas prolongadas. João Koppe, mestrando em Oceanografia da Ufes, que estuda modelos de previsão climática, diz que tais eventos extremos vêm ocorrendo com mais frequência, situação que tende a piorar nos próximos 50 anos, como uma consequência das ações desastrosas do homem na natureza. “Dentre os fatores estão poluição, má utilização dos canais de escoamento, lixo, ocupação irregular de encostas, queimadas e uso do solo para construção de grandes prédios”, disse, adiantando que o verão deverá ser chuvoso.

Hora da matrícula!

Quem não é aluno da rede estadual e deseja ingressar em uma das 448 escolas do Estado deve fazer a pré-matrícula, que já está aberta e segue até 13 de dezembro, no www.sedu.es.gov.br. Os resultados da rematrícula, da transferência interna e da pré-matrícula serão divulgados até 15 de janeiro de 2020. Já a efetivação das matrículas será até o dia 31 de janeiro, na única etapa presencial do processo, feita na escola onde o aluno irá estudar. São mais de 250 mil vagas para os ensinos fundamental e médio e 44 mil para educação de jovens e adultos (EJA).

Eu, hein!

Muitas pessoas estão ateando fogo no carro de ex-companheiros e promovendo outros prejuízos materiais a eles após o término do relacionamento, diz o criminalista Flávio Fabiano. “Caso tenha sido lesado durante o relacionamento, o ideal é reunir provas e procurar a Justiça. Desejo de vingança não traz nada de bom. Isso faz com que a pessoa se torne criminosa, podendo responder, na melhor das hipóteses, por danos morais e materiais, além de prisão de um mês a três anos”, disse.

APARECIDA Borges, Rosindo Torres e Fernanda Julião em manhã de decoração na Mostra Mesa Decorada no Shopping Rio Branco, em Santa Lúcia

Carne com vinagre…

Ex-funcionário que trabalhou no açougue de um supermercado de Vitória denuncia que o estabelecimento orientava a equipe a passar vinagre nas carnes para manter a aparência “fresca”, além de amaciar. “Ao chegar em casa, o consumidor percebia que a carne escurecia. É preciso sempre ver a procedência e a data. Outra dica é evitar comprar carnes embaladas à vácuo, pois recebi muitos casos em que o cliente descobriu que o produto estava podre ao ser aberto”, entrega.

Colecionador e curador

A Matias Brotas abre no próximo dia 5 a exposição “Clube do Colecionador – Séries Exclusivas”, que agora propõe o colecionador como curador de sua própria coleção. A mostra reúne esculturas, pinturas, gravuras e instalações de artistas como Adriana Vignoli, Amália Giacomini, José Rufino, Lando, Mai-Britt Wolthers e Vilar. A programação da abertura terá bate-papo com Nei Vargas (UFRGS) e Almerinda Lopes (Ufes), às 10h; encontro com artistas, às 15h; e vernissage, às 17h.

Estagiário Sênior

Companhias como Unilever e Philips estão recrutando pessoas que passaram dos 50 anos de idade, seja como estagiários seniores ou trainees. Por aqui, uma empresa de e-commerce capixaba abriu pela primeira vez um processo de seleção focado em profissionais com mais de 60 anos. As vagas são para trabalhar no escritório da empresa em Vitória, e ocupar a posição de agente de relacionamento. A turma da melhor idade quer voltar ao mercado de trabalho porque ainda tem muito a contribuir!

CIRCUITO

MALU é o nome da primeira filha de Joanna Ferrari e Rimaldo de Sá, que nasce em maio. Amém!

THIAGO Chiericatti, mineiro, foi o chef escolhido para comandar a cozinha do Balthazar, de Netto Soares, que abre as portas no dia 20 de dezembro. Com passagem pela Itália e em destacados restaurantes em São Paulo, ele chega a Vitória trazendo uma versão contemporânea de receitas italianas, com pratos detalhadamente montados para serem verdadeiras obras de arte.

O CIRURGIÃO plástico Humberto Pinto comemora seu aniversário hoje ao lado da mulher, Jéssica Polese, e dos filhos Isabela e João Vitor.

O GRUPO Violões da UFRJ se apresenta hoje, às 18h30, na sala de Concerto Alceu Camargo, que fica na Fames, no centro de Vitória. O show, aberto ao público, faz parte da programação do II Colóquio de Música e Pesquisa da faculdade.

HOJE e amanhã, a Faesa sedia o Seminário de Formação Docente, promovido pelo curso de Pedagogia. Direcionado a estudantes e profissionais da educação, o evento discutirá a Base Nacional Curricular Comum e os desafios para as instituições de ensino. Na programação, além de oficinas, destaque para a palestra de Ademar Celedônio Guimarães, diretor de Ensino e Inovações Educacionais no SAS Plataforma de Educação.

IVANA Izoton convida para o Ipê Portas Abertas – edição de Natal, com criações de design autoral, arte e moda, drinques e comidinhas, hoje, na Dugê, Praia do Canto.

A BIBLIOTECA Municipal Adelpho Poli Monjardim realiza até hoje a Troca de Livros e Gibis, das 13h às 18h30. Os títulos disponíveis são variados para os mais diversos públicos e idades. Podem ser encontrados “O Guarani”, de José de Alencar; “Conversando Sobre Sexo”, de Marta Suplicy; “Alma de Guerreiro”, de Michelle Wllingham, e “Cinquenta Tons de Cinza”, de E. L. James.

O DEPUTADO estadual Fabrício Gandini realizou esta semana uma sessão solene para homenagear os 110 anos do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e os 75 anos do Grêmio Rui Barbosa.

A ALEGRIA das cores promete ser a grande tendência da moda para o verão 2020. “O colorido é sempre comum nessa época, mas esse ano vemos uma explosão de cores bem vivas, com composições bem divertidas e inusitadas”, comentou a diretora criativa Thaís Paganini. A conferir!

E TOCA A

Artigo anteriorColuna 28 de novembro
Próximo artigoColuna 30 de novembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: