A Palavra

Para começar bem a semana: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. Ele é o que perdoa todas as tuas iniquidades, que sara todas as tuas enfermidades, que redime a tua vida da perdição, que te coroa de benignidade e de misericórdia, que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia”. (Salmos 103:2-5)

Eles nas redes sociais

“Abra os olhos e você vai ver a beleza do universo. Abra a mente e você vai entender o universo. Abra seu coração e o universo é seu.”

Luís Gustavo

***

“No Brasil há um mistério: pessoas com muitos bens e nenhum dinheiro na conta ou com muitos milhões no banco mas… nenhum bem.”

Sergio Garschagen

A LINDA Giovanna Rosa conferindo a moda da Riviera, na Praia do Canto
(Cloves Louzada)

Hoje

Pedro Paulo Moyses e Thiago Garcia recebem à noite, no Barlavento, para preview do Réveillon Magic, que vai ferver a orla de Camburi no dia 31 de dezembro.

***

A Associação dos Procuradores do Estado do Espírito Santo (Apes) realiza a eleição da diretoria para a gestão 2020/2021. A votação será na sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE), das 9h às 17h.

O CASAL Marcelo Dalcol e Priscila Legora em coquetel na Ilha
(Arthur Louzada)

Ônibus parado

Ônibus que usam a área do Tancredão como estacionamento são alvos de assaltos em Vitória. Anderson Barbosa, representante da Ceturb, diz que, muitas vezes, as empresas deixam os ônibus inativos por quase duas horas no local. “Esses ônibus poderiam voltar para as garagens, mas, para reduzir custos, ficam estacionados. Isso diminuiria o número de carros parados e também evitaria chamar a atenção de criminosos”, sugere.

Raiva sob controle

Desde setembro deste ano, as unidades de saúde de Vitória não têm recebido as vacinas contra raiva por parte do Ministério da Saúde (MS), que é o órgão responsável pela distribuição das doses aos estados e municípios, o que impede de realizar a campanha e vacinar os animais na rotina do serviço. Alô, governo federal! Ainda assim, a Secretaria Municipal de Saúde diz que as ações de prevenção estão conseguindo manter a raiva animal sob controle. A doença é grave e, quando contamina o homem, quase sempre leva à morte.

Café solúvel

Maior exportadora de café solúvel do País, a Cia. Cacique vai construir uma fábrica em Linhares, com potencial para ampliar sua receita em 30%. A unidade custará cerca de R$ 240 milhões. Além dos 300 novos empregos durante a construção, serão gerados 800 novos empregos, diretos e indiretos, quando estiver operando em 2021, com capacidade de 12 mil toneladas de café solúvel ao ano. A previsão é que o mercado brasileiro de café solúvel aumente em 35% suas exportações para a Europa nos próximos cinco anos.

ANA Carolina Almeida, Liliane Fischer e Ana Clara Contarine em comemoração em pub sertanejo na Praia do Canto
(Marcela Sampaio)

Turma de Medicina

“Minha Turma e Eu” é o livro lançado pelo médico Ruy Lora Filho, com a história da turma que iniciou o curso de Medicina na Ufes em 1964 e completou 50 anos de formada em 2019. “O livro tem quatro páginas em branco, para cada colega completar com o que se lembra, e a capa traz a foto do dia da formatura, quando uma cadeira vazia foi devidamente ‘vestida’ por uma beca em homenagem ao colega Edmar Dias da Silva, que faleceu durante o curso”, conta. Foram 49 formandos, dos quais 35 estão vivos e em atividade.

Banheiro público

A Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória publicou no Diário Oficial o edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para seleção de projeto básico para instalação, implantação, prestação de serviço, gestão e manutenção de banheiros públicos na capital, que será celebrado por meio de contrato de concessão de uso. Entre os serviços recomendados estão armários guarda-volumes, banho individual e área para troca de roupas, entre outros. Quem sabe no próximo verão…

Segurança alimentar

Café da manhã é fundamental para um bom desempenho escolar, afirmam pesquisadores da Universidade de Leeds, na Inglaterra. Dados apontam que estudantes que não fazem a primeira refeição têm desempenho acadêmico inferior ao de alunos que tomam café da manhã. Agora, o governo inglês estuda oferecer um café reforçado nas instituições de ensino. Quem vai copiar essa boa sacada por aqui?

CIRCUITO

O ANO está acabando e a pergunta clássica é: o que você fez? Conseguiu bater as metas programadas? Tirou os sonhos do papel? Qual o balanço de 2019? Amou, perdoou, ajudou, conquistou e agradeceu o bastante? Seja bem-vindo, dezembro!

HOJE é Dia Nacional das Relações Públicas, Dia Nacional do Samba, Dia da Astronomia, Dia Pan-americano da Saúde e Cyber Monday.

PIETRO Di Marcos está em busca de novos rostos, dos mais variados perfis, para passarelas e campanhas publicitárias. Para isso, o olheiro criou o projeto Top Models Future, que não se limita a estereótipos. Pelo contrário. Podem se inscrever nas seletivas pessoas de 7 a 100 anos, pelo site www.topmodelsfuture.com.br ou no lounge do Top Models Future, no Shopping Vitória.

O INSTITUTO Modus Vivendi, responsável pela obra de restauro que está em andamento no Santuário de São José de Anchieta, está promovendo ações educativas. Os trabalhos são dirigidos para estudantes do ensino secundário e superior e pessoas da comunidade.

O ESPETÁCULO inédito “Todos por Um” encerra a 11ª edição do Circuito Cultural Unimed, sábado, no Na Vista, na Enseada do Suá, em Vitória. O ator e humorista Marco Luque apresenta as façanhas de Jackson Faive (assim mesmo – Faive!), Silas Simplesmente, Mustafáry, Ed Nerd, Mary Help e outros personagens.

MARIA Sanz e Paulo Kunsch, depois de expor em São Paulo, convidam para a abertura da exposição “Não Lugar Dourado”, dia 11, no Clã Arte Studio, na rua Barão de Monjardim, centro de Vitória.

O PREÇO do quilo do limão tahiti teve um aumento de 16,5%, passando de R$ 5,15 para R$ 6,00 na Ceasa. Nos supermercados, a coluna já encontrou pelo valor de R$ 11,00 o quilo, na última semana. Por outro lado, o valor da vagem diminuiu significativos 39,34%: o quilo foi de R$ 5,67 para R$ 3,43.

O MUSEU do Pescador, na Ilha das Caieiras, sedia até 1º de fevereiro de 2020 uma exposição com peças do acervo da família do pescador Haroldo Ferreira, como tarrafas, redes, remos, jereré, puçá, casquinhas de siri e até ostras gigantes – com cerca de 33 centímetros.

AS TONALIDADES alegres e vibrantes são febre entre os esmaltes para o verão 2020. “O amarelo e o laranja estão entre os favoritos. As mais ousadas podem apostar no neon, que surge em várias cores”, destacou a especialista em unhas Viviana Machado.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorEspresso compacto
Próximo artigoMarco Luque apresenta “Todos Por Um”
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

Deixe seu comentário: