ESSA é de MP! Para comemorar seus 460 anos, celebrados em 8 de setembro, a cidade de Vitória caprichou na programação cultural. Fará um concerto gratuito na Pedra da Cebola, com a Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, o renomado compositor mineiro Wagner Tiso (que atualmente mora em Vitória) e o maestro João Carlos Martins. Será no dia 3 de setembro, um sábado. Imperdível!

 
HELICÓPTEROS demais nos céus de Vitória por conta de grandes empresas instaladas e que chegam ao Estado. Voos rasantes preocupam. Quem vigia a manutenção das máquinas e se as habilitações dos pilotos estão em dia?
 
“DEIXEM o bloco na redação”, avisa Lucas Izoton, em convite de confraternização com a imprensa para agradecimento desses oito anos em que esteve à frente da Findes. O almoço com a turma da Rede Tribuna será segunda-feira.
 
HOJE será realizada a primeira Feira Erótica do Espírito Santo, com exposição e venda de produtos, desfiles e workshops, no Teacher’s Pub, Praia do Canto, a partir das 17h. A considerar o sucesso desse modelo de negócios Brasil afora, tem potencial! Literalmente!
 
NO CASTELÃO A 83ª Festa de Castelo, no Sul do Estado, terá a banda mineira Skank hoje, a partir das 22h30, no Centro de Eventos Cícero Corrêa de Lima, o Castelão.
 
GRACINHA Nader e Sônia Abelha no aniversário de Soeli Gama
(Cloves Louzada)
 
 
AMANHÃ é dia da tradicional procissão marítima em homenagem a São Pedro na baía de Vitória, com direito a missa de bênçãos dos anzóis pelo padroeiro dos pescadores. Logo após o evento, ao meio-dia, começa uma festa julina beneficente no Iate Clube, com barraquinhas, quadrilha e show de Laion. Parte da renda será destinada aos Especialistas do Riso.
 
SANDRA Demoner convida para a 4ª Mostra de Quartos em seu espaço de decoração, em Bento Ferreira, que terá coquetel de apresentação quarta-feira, às 20h. Serão 10 ambientes planejados por arquitetos.
 
A 12ª edição do Pedalaço pela Paz será amanhã, a partir das 8h30, com o tema desarmamento. Cerca de mil ciclistas partirão da Praça do Papa com destino à orla de Camburi. Para participar, é necessário doar dois quilos de alimentos não perecíveis.
 
 
 
E TOCA A VIDA!
 

Artigo anteriorColuna 02 de julho
Próximo artigoColuna 03 de julho
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here