SOM de quem sabe os caminhos das sete notas. Quinta-feira à noite, indo para casa, passando na avenida Rio Branco, ouço um toque genial de piano e baixo acústico no Wunderbar. Claro, que fui ver e ouvir de perto. Na varanda, os artistas capixabas Pedro Alcântara e Afonso Abreu. Bom dia, queridos amigos.

 
O GOVERNADOR Renato Casagrande fará a palestra de encerramento do X Encontro de Inverno Sincades, domingo, na Pousada Pedra Azul, seguida de almoço para os convidados. Idalberto Moro será o anfitrião.
 
DIFICULDADES na fundação do terreno atrasaram novamente a inauguração do Cais das Artes, previsto para o segundo semestre de 2012. Isso se não houver novos imprevistos. Segundo a coordenadora do comitê gestor, Dayse Lemos, a programação está sendo definida. “A área é aterrada. Tivemos que desenvolver uma tecnologia própria para fincar as pilastras no mar. Foi um grande desafio”, disse.
 
OS DJs residentes do Taj, casa com decoração e ambientação musical no estilo indo-asiático que será inaugurada na Praia do Canto, em Vitória, serão Guga Prates e Renato Vervloet.
 
CILÉA e Celso Siqueira Junior comemoraram ontem mais uma data especial no calendário da família: 35 anos de casados.
 
ALÉM da moqueca. O chef Juarez Campos será um dos palestrantes do Paladar, evento anual do jornal Estado de São Paulo voltado para o público gourmet, que acontece no próximo dia 31, na capital paulista. É a primeira vez que um capixaba participa. “Vamos mostrar que a gastronomia capixaba é muito mais do que moqueca”, disse.
 
A MÉDICA Alessandra de Melo
(Kátia Fortes)

 
 
O DECORADOR Cássio Domingues aniversariou na última quinta-feira e comemorou seu dia em família.
 
O PROFESSOR e consultor em gestão empresarial Waldez Luiz Ludwig fará a principal palestra na abertura do 5º Encontro de Inovação da Cesan, quinta-feira, às 8h30, no Centro de Convenções de Vitória.
 
 
 
E TOCA A VIDA!
 

Artigo anteriorColuna 25 de julho
Próximo artigoDesfile do Vitória Moda Show
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here