PRATO cheio e dica. Quatro chefs de cozinha, no Rio, estão criando cardápio para a merenda de colégios estaduais, exclusivamente com alimentos da agricultura familiar. Nas receitas, banana, cenoura, mandioca e ovo, entre outros. Vale copiar, governador Renato Casagrande!

 
O ADVOGADO José Carlos Stein Junior está na ponte aérea Vitória-São Paulo, a trabalho.
 
MAIS um grande espetáculo no Teatro Carlos Gomes. “Corpo Vivo – Carrossel das Espécies”, do coreógrafo Ivaldo Bertazzo, desembarca em Vitória para curta temporada. As duas apresentações acontecem hoje e amanhã, às 20h30.
 
ESTÁ no time dos avós babões o Nerleo Caus. A foto do neto Davi está em destaque no seu iPhone.
 
FÃ Homero Mafra Filho com sua mulher, Giselle, girava sábado num shopping da Ilha procurando o novo disco do Chico Buarque. Achou.
 
ATENÇÃO Quem compra passagem de avião para São Paulo, por exemplo, e paga na promoção R$ 120,00, ida e volta, deve ficar logo sabendo que, se resolver trocar o horário da volta, poderá ter de desembolsar mais de R$ 800,00.
 
EDILON Silva colocou o seu Café Tabaco dentro da Saraiva, no Shopping Vitória.
 
JACKSON Rangel, dono do jornal “Folha”, em Cachoeiro de Itapemirim, colocou no seu site um marcador com dias, horas, minutos e segundos que faltam para o prefeito Carlos Casteglione terminar seu mandato. Ontem apontava 523 dias.
MARIELA e Bruno Schettini
(Camilla Baptistin)
 
ÁLVARO Nazareth, publicitário, seguiu a trilha do ex-colega de profissão Amaury Parreira, que saiu de Vitória e foi para as montanhas viver de trabalho com prazer.
 
EM almoço, seja social ou de negócios, deixe o celular no bolso, vibrando, e nada de atender. Nem olhe quem está ligando. É de uma deselegância sem fim. Em caso urgente, despiste e vá ao toalete, por exemplo. Na mesa com convidados ou como convidado, nunca.
 
 
O CHEF francês Michel Darqué assina o cardápio do espetáculo beatle “All You Need is Love”, na próxima sexta-feira, no Centro de Convenções de Vitória. Ele é membro fundador da Associação Brasileira de Alta Gastronomia.
 
 
E TOCA A VIDA!
 

Artigo anteriorColuna 26 de julho
Próximo artigoComini Fasano: mistura de rendas francesas e tecidos puros
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here