PÉROLAS

 

“Ninguém vaza o que não tem.”

Rodrigo Janot, procurador-geral da República. E ele está certinho. Em todos os sentidos!

 

“Procuro manter a galinha sem estresse.”

Fábio Fösch, avicultor de Santa Maria de Jetibá, vencedor do Concurso de Qualidade de Ovos do Espírito Santo, contando o segredo do ovo campeão.

 

“Foi o sexo mais lento que já tive.”

Jady Duarte, a carioca que passou uma noite com o homem mais rápido do mundo, Usain Bolt. Nas poucas palavras trocadas, usaram a ferramenta de tradução do Google. Ferramenta? Ahã! Sei!

 

“O rio acabou. Nem peixe pegamos mais.”

Da canoeira Maria de Fátima Bisio, sobre a situação alarmante do Rio Itapemirim, que atingiu seu nível mais baixo desde que passou a ser monitorado, há 80 anos.

 

BELÍSSIMA! A modelo da Ford Models Fabiane Nunes em look para a próxima estação (Fernando Louza / One Up)
BELÍSSIMA! A modelo da Ford Models Fabiane Nunes em look para a próxima estação
(Fernando Louza / One Up)

 

 

 

Eles nas redes sociais

 

“Expectativas são como caixas de morangos, por cima suculentos, vermelhos e carnudos, por baixo são pequenos, verdes e com mofo.”

@marigraciolli

***

“Aquele momento que tudo o que você quer falar é um ‘ah, tenha santa paciência!'”

@romeumariana

  

NOSSA DICA

Help! Não dá para não ir!

Claro que merece viagem. De emocionar os fãs dos Beatles, São Paulo tem a maior exposição do mundo sobre o quarteto de Liverpool! Endereço? Shopping Eldorado, transformado num quase verdadeiro “Yellow Submarine”, com direito a itens raros, recriações em 3D e realidade virtual, e outras emoções. A “Beatlemania Experience” está montada numa tenda de 2 mil metros quadrados de área, toda dedicada à Paul, John, Ringo e George. Os ingressos pelo site do Ingresso Rápido e preços entre R$ 25 (meia-entrada) e R$ 50 (inteira). Até 8 de novembro.

EXHIBITION  (Divulgação)
EXHIBITION
(Divulgação)

 

 

Não grava

Vários condomínios implantam sistema de segurança em prédios, mas não gravam as imagens. O sistema funciona literalmente para exibir o que está acontecendo no momento. Em casos ainda piores, o sistema não grava e o aparelho que controla as câmeras instaladas fica bem visível ao lado do elevador, por exemplo. Ou seja: o bandido entra, desliga o sistema e faz a festa. Enorme chance ao azar! E o síndico, que muitas vezes não reside no imóvel, lava as mãos no momento em que a bomba explodir.

 

Música brasileira

O Centro Cultural Sesc Glória recebe o projeto nacional Sonora Brasil no próximo mês. A iniciativa S tem como objetivo difundir expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil. Haverá apresentações dos grupos Ilumiara (11), Quebradeiras de Coco Babaçu (15), Cantadeiras do Sisal (16) e Destaladeiras de fumo de Arapiraca (17).

 

Na casa de Deus não…

Algumas igrejas estão colocando placas nas paredes alertando aos frequentadores que não devem ir à missa ou a um culto de minissaia, roupas muito decotadas e camisetas deixando a barriga à mostra. Nem precisava espalhar cartazes com tal pedido. Cadê o bom senso?

 

O CASAL Fábia e Sérgio Sotelino em recente festa na Ilha (Cloves Louzada)
O CASAL Fábia e Sérgio Sotelino em recente festa na Ilha
(Cloves Louzada)

 

Catadoras de conchas

O litoral e as correntes marítimas favorecem a grande quantidade de conchas nas areias capixabas, com destaque para o município de Piúma, Sul do Estado, que concentra 85% da produção nacional desse artesanato e a cata de conchas é subsistência de muitas famílias. “Começou com um grupo de senhoras, geralmente esposas de pescadores, que fazem a cata das conchas na praia e vendem para os artesãos”, explica a artista Giovanna Rocha Barbosa.

 

Quem paga

Seu celular é particular, você paga a conta e o crédito que usa, e repentinamente recebe dezenas de mensagens de candidatos que você nunca ouviu falar, mandando recados e prometendo resolver até o lado que o vento vai curvar depois das eleições… E aí?

 

Ócio criativo

O sociólogo italiano Domenico De Masi, com atuação focada no trabalho e nas organizações e autor do livro “Ócio Criativo”, é um dos grandes nomes esperados para o Congresso Internacional da Federação dos Colleges e Politécnicos (WFCP, na sigla em inglês), que acontece de 23 a 27 de setembro na Praça do Papa, espaço que já está recebendo a estrutura do evento.

 

Pão de cada dia

O consumo em alguns supermercados foi tão brusco que já tem estabelecimento fazendo todos os dias promoção de pão de sal pela manhã e no final da tarde para atrair a clientela. O gerente de uma loja contou à coluna que, se não tiver promoção de pão e leite, acaba ficando às moscas, já que o consumidor está reduzindo cada dia mais a ida aos supermercados.

 

Propaganda móvel

Novo jeitinho para faturar com o carro. Em São Paulo, motoristas estão ganhando até R$ 2 mil mensais adesivando anúncios de empresas em seus veículos. A remuneração é por quilômetro rodado. Há um porém: a adesivagem não pode ocupar uma área superior a 40% do veículo, segundo o Contran. Não vai demorar para chegar por aqui, principalmente em Vitória, que, embora com população de 355 mil habitantes, recebe mais que o dobro de pessoas oriundas de outras cidades da Região Metropolitana, que optam pelo lazer e pelas compras na capital.

Máquina de dados

Enquanto você caça Pokémon Go… o Pokémon Go caça seus dados. O aplicativo armazena informações exatas e detalhadas, como e-mail, nome de usuário, mensagens enviadas para outros usuários, país, língua, endereço de IP, tipo de navegador usado, sistema operacional e o último site visitado antes de acessar o jogo. E mais: se logar pelo Google, tem acesso a toda a conta no Gmail e documentos de Google Drive. Copiou?!

Artigo anteriorLiving Náutica – 28/08/2016
Próximo artigoEXHIBITION
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here