A Palavra

Para começar bem a semana: “Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Bem-aventurado o homem que acha sabedoria e o homem que adquire conhecimento; Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino”. Provérbios 3:11-14

 

Eles nas redes sociais

“Vou parar de beber. Ontem passei 15 minutos procurando meu celular debaixo da cama, usando a lanterna dele mesmo.”

@Makuroonline

***

“Sempre que tô triste imagino a grávida de Taubaté colocando enchimento na barriga”

@nikkioliveira

 

QUARTETO de belas em Pedra Azul. Érika Rocio, Taíssa Pinheiro, Letícia França e Lívia Moura
(Cloves Louzada)

  

Fora do ponto

A Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) precisa cuidar da situação dos abrigos de ônibus da região metropolitana. O órgão descumpre a Lei Estadual 10.089/2013 (que determina um padrão para os abrigos de ônibus do Sistema Transcol) e a Lei Estadual 10.131/2013 (que institui a instalação de mapa de identificação nos pontos para que o cidadão consiga se localizar e saber quais linhas passam no local). Desconforto para a população. E basta que se faça o que é de direito de todos: abrigos sérios.

 

Marcha animal

No dia 8 de outubro haverá a marcha nacional em defesa dos animais. Em Vitória, será na praia de Camburi, às 8h30. A situação dos animais na Grande Vitória está preocupante e representa um sério problema de saúde pública. São muitos cães e gatos famintos e doentes, maltratados, rejeitados e atropelados, até que finalmente são recolhidos e encaminhados a lares temporários. Segundo os protetores, são urgentes as medidas de melhoria. E que sigam fortes também mobilizações em prol de crianças, idosos e doentes abandonados.

 

Fruta descascada

Comprar a fruta cortada, descascada e embalada nem sempre sai mais caro que sua correspondente natural. Nos supermercados da Grande Vitória, o preço do quilo do abacaxi pode ser 21,4% superior que sua versão fatiada e descascada. O mesmo pode ocorrer com a melancia natural, que em alguns casos é 56% mais cara que a vendida em tiras na bandeja.

NA ABERTURA da Acaps, o reencontro de Luís Carlos Vieira e Ozires Silva, ex-presidente da Embraer. Ambos foram diretores da Fiesp na gestão de Horácio Lafer Piva

 

Rotativo

Foi publicada no Diário Oficial a homologação da outorga da concessão onerosa para a implantação, operação e manutenção do estacionamento rotativo da Serra. A empresa vencedora terá de repassar o percentual mensal de 26,5% da receita do parquímetro para o município. Em Vitória, a operadora repassa ao município 32,78% do valor arrecadado. E onde é aplicado?

 

Joelho e trabalho

Problemas no joelho estão entre as principais causas de afastamento do trabalho no Estado, e os motivos são atividade física sem orientação, excesso de peso e até fatores genéticos. “Para evitar patologias do joelho, é importante manter o peso controlado, se aquecer antes das atividades físicas, além de evitar corridas sem orientação de um educador físico”, alerta a fisioterapeuta Rute Lane de Barros.

AS AMIGAS Elisângela Franco e Elaine Duailibi em coquetel na Ilha
(Vitor Carvalho)

 

Martin Vaz

A ciência brasileira brilhou no cenário internacional este mês, com a publicação de uma pesquisa na capa da revista Nature. Ilustrado por uma imagem aérea do arquipélago de Martin Vaz – as ilhas mais distantes da costa brasileira, a 1.200 km do litoral capixaba –, o trabalho faz uma elucidação pioneira dos processos evolutivos que controlam a composição e a diversificação da biodiversidade marinha de peixes em ilhas oceânicas e montes submarinos.

 

Rede Cuidar

O Instituto de Tecnologia da Informação do Espírito Santo (Prodest) desenvolveu o site da Rede Cuidar (www.redecuidar.es.gov.br), com dados sobre essa nova iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde. A página traz o número de unidades, municípios atendidos, população contemplada e as principais dúvidas sobre o funcionamento da Rede.

ROSSINI Macedo com o professor Luis Marins no “Bom de Papo”, na TV Tribuna

CIRCUITO

 

FIGURINHA fácil nos desfiles do último São Paulo Fashion Week, o rosa virá com tudo no verão. A estilista Chris Trajano diz que a cor é versátil e agora aparece em combinações ousadas. “A novidade é mesclar com tons quentes, como o vermelho e o laranja”, sugere. Pelo sim, pelo não, antes de entrar nessa, converse com o espelho!

 

A APAE Vitória realiza no próximo dia 28 seu coquetel beneficente, às 21h, no MS Buffet, com música de Marcelo Ribeiro e Banda B. Convites à venda no 2104-4002.

 

RENATA e Maria Helena Pacheco recebem para a abertura da temporada de primavera em seu espaço de moda, em Santa Lúcia, amanhã, a partir das 10h. À tarde, haverá bate-papo com a nutricionista Fernanda Bastos.

 

O BANESTES completa 80 anos no próximo mês com o espetáculo musical “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”, estrelado pela companhia carioca Barca dos Corações Partidos, e também a estreia da peça “Quixotinadas”. As apresentações, únicas e gratuitas, serão no dia 7 de outubro, na Praça do Papa.

 

LARISSA Puppim e Rafaela Ziviani, organizadoras do It Brides 2017, promovem bate-papo para noivas no próximo dia 27, na Praia do Canto, para apresentar as novidades do evento, que será no dia 25 de outubro, na Casa Aberta.

 

COMPROMISSO com a educação. As empresárias Ivana e Nina Tassis visitaram os alunos do Instituto Ponte, que frequentam aulas em Consolação, Vitória, fizeram um bate-papo e “adotaram” com o suporte financeiro mensal um jovem estudante de baixa renda, originário de escola pública, que participa do programa Bom Aluno Capixaba.

 

O CIRCUITO Cultural Unimed traz para Vitória oficina gratuita de técnica vocal com o renomado diretor musical Marcelo Nogueira, dia 1º de outubro, no Hotel Senac Ilha do Boi, das 13h às 19h. Para se inscrever, basta enviar e-mail solicitando a ficha de inscrição para contato@wbproducoes.com. As vagas são limitadas.

 

PALESTRA gratuita amanhã, às 8h30, no Hotel Senac Ilha do Boi, vai abordar as mudanças que a reforma trabalhista e o eSocial vão provocar na rotina de pequenas, médias e grandes empresas a partir de novembro. Entre os assuntos debatidos pelo advogado Victor Passos Costa e o consultor Carlos Alexandre estão a possibilidade de dividir as férias em até três períodos, contribuição sindical voluntária e trabalho intermitente.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorA “WEEKEND Bag”, da Osklen
Próximo artigo“Minha Mãe é uma Peça” em dose dupla
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here