Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Aparecida Neves, Sílvio Casotti, Miguel Dórea e José Pedro Zamborlini, amanhã; Thiago Sarlo, Gracia Helen Theodoro, Carlos André e Carlos Alberto Peixoto, Denize Abaurre, Marilza Tesch, Vicente Romano, Alfredo Pretti, Ana Cristina Velten, Larissa Hastenreiter, Wendy Verjovsky, Aline Eisenlohr e Cláudia Colodetti, dia 13; Elenice Costa, Maria Zélia Guerra, Judith Ferrari Oliveira, Renato Vervloet e Cristiane Feu, 14; Beth Ribeiro e Kiko Gatto, 15; Carol Dettino, Franciane Pedrosa, Nami Chequer, Fernanda Julião e Flávia Scárdua, 16; Rita Bumachar, Lorenza Tanure, Terence Rangel, Lygia Bellotti Piltz e Ricardo Ferraço, 17; Cristina Leal Silva, Fabrício Sthel, Helle Nice Haddad e Luciana Noronha, 18.

 

Eles nas redes sociais

“Bom dia só pra quem não pode aumentar o próprio salário”

@anacronices

***

“Olá somos um casal a procura de alguém para aventuras… você gostaria de ir conosco ao Beto Carrero”

@amynutil

EM FAMÍLIA. Na comemoração dos 40 anos da sua Serdel, Antonio Perovano com a mulher Marilda, ladeados pelos filhos Ariane, Ricardo e Lurdinha
(Cloves Louzada)

 

 

Poder Supremo

Enquanto o déficit do governo federal deve chegar a R$ 522 bilhões até 2020, os ministros do Supremo Tribunal Federal aumentaram seus próprios salários em 16,38% – de R$ 33,7 mil, passará para mais de R$ 39 mil. A medida desencadeia uma avalanche de reajustes no Judiciário, que se baseia no teto do STF, além dos poderes Legislativo e Executivo. Só na Justiça Federal, o impacto será de R$ 717 milhões. Na esteira, virão ainda juízes estaduais, promotores e procuradores, sem falar em deputados e ouros servidores públicos que terão o teto aumentado.

***

Essa conta, de bilhões por ano, será paga por nós. É o povo que tem milhões de desempregados, outros milhões sobrevivendo de um salário mínimo e que ouve que é preciso fazer sacrifícios. O mínimo que se espera é que esse absurdo seja vetado no Congresso – o que, tratando-se desse Congresso, é esperar demais…

AS ANFITRIÃS Soraia e Robertha Genelhu em coquetel da Jorge Bischoff, na Praia do Canto
(Thuanny Louzada)

 

 

Diploma aos 60

Cresce 40% o número de idosos no ensino superior. Das mais de 8 milhões de pessoas matriculadas no Brasil, cerca de 24 mil têm idade superior a 60 anos. O reitor Alexandre Theodoro, da Faesa, diz que há alunos da melhor idade fazendo a terceira graduação. “É um fenômeno! Para eles, conviver com jovens é um privilégio e dá a sensação de que são tão importantes para a sociedade pelo conhecimento que estão adquirindo. Essa troca é benéfica para todos”, acredita.

 

Ode ao brigadeiro

Concorrido em festas e salvador da TPM, o brigadeiro é uma invenção brasileira, de 1945, e está se difundindo mundo afora. Por aqui, o doce ganhou versões inéditas da confeiteira Vanessa de Alvarenga: bala e quebra-queixo de brigadeiro. Mas seu carro-chefe mesmo é o tradicional, com milhares de unidades produzidas por semana. Ela diz que o segredo é fazer como a vovó, sem pular etapas, em panela de alumínio com fundo grosso, e usar produtos de qualidade. “O brigadeiro nos faz lembrar a infância, toca o coração”, disse.

 

Romaria dos homens?!

A Festa da Penha já tem data definida para ser realizada em 2019. Será de 21 a 29 de abril. Os organizadores se reúnem em setembro para definir o tema e a programação. Um das críticas de leitor trata sobre a Romaria dos Homens que, segundo ele, tem recebido a presença de mulheres e crianças. “Parece mais uma romaria das famílias. Por que não mudam o nome, já que não é mais exclusivamente masculina?”, questiona.

 

NA COMEMORAÇÃO do Dia dos Pais, na Crescer, o chamego de pai e filha: Marcelo Tommasi Helal e Maria

 


Simão Nader

No Diário Oficial, o município de Vitória anuncia a empresa vencedora do processo de licitação para a execução das obras e serviços de adequações para ampliação da Avenida Adalberto Simão Nader, cujo fluxo de veículos aumentou absurdamente com o novo acesso ao Aeroporto de Vitória. A M.T.F. Construções atendeu às condições do edital e apresentou a proposta de menor preço global: R$ 470.159,51. Agora é aguardar o início, meio e fim!

 

Greve nos portos

Auditores-Fiscais aduaneiros vão retomar o movimento de paralisação nas zonas primárias e recintos alfandegados de zona secundária do Espírito Santo, desta vez com mais força ainda do que ocorreu antes de 5 de julho, quando a greve foi suspensa em busca de uma solução política para a regulamentação do Bônus de Eficiência, via Câmara dos Deputados. A Delegacia do Sindifisco/ES diz que novos rumos do movimento serão redefinidos em reunião entre os dias 14 e 16.

CIRCUITO

 

FOI CONCORRIDO e marcado por momentos de emoção o jantar de quinta-feira última comemorando os 40 anos da Serdel, de Antonio Perovano, ao lado de sua família, na Lareira Portuguesa. A fala do anfitrião mostrou sua história de determinação iniciada ao lado de sua mulher, Marilda. Exemplar.

 

SÉRGIO Mafra, advogado, após três anos residindo em Toronto, Canadá, e seis meses em São Paulo, está de volta à Ilha. Foi presença ao lado do amigo Josemar Moreira no coquetel da Jorge Bischoff, de Robertha e Soraia Genelhu, quinta-feira, na Praia do Canto.

 

HOJE é Dia da Televisão, do Advogado, Dia Internacional da Logosofia, Dia do Estudante, do Garçom, de Santa Clara de Assis e ainda tem eclipse solar parcial. Amanhã, Dia dos Pais, Dia Internacional da Juventude e Dia Nacional das Artes. Na segunda, comemora-se o Dia do Economista, do Canhoto e Dia de São Ponciano e Santo Hipólito.

 

SERÁ hoje, na Catedral Metropolitana de Vitória, o sim-sim de Yuri Guerzet Teixeira e Caroline Lube Pestana. O noivo usará um terno azul, de Rachel e Flávia Pacheco, e a noiva escolheu um vestido de Aliki Brunetti. A cerimônia será seguida de recepção no Ilha Buffet.

 

OS ADVOGADOS Gustavo Varella e Felipe Malek, da VDM e Associados, representaram o Estado no 8º Congresso Brasileiro da Sociedade de Advogados, realizado esta semana, em São Paulo.

 

A PEDRA da Cebola, em Vitória, vai sediar o projeto Viagem pela Literatura, da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim, com uma série de atividades voltadas para o acesso ao livro e à leitura, hoje, das 9h às 12h.

 

CORRENDO atrás do prejuízo, o varejo está ampliando o horário de funcionamento, a exemplo do Shopping Vitória, que agora abrirá lojas e estandes das 14h às 21h aos domingos (antes fechava às 20h). Porém, continua facultativa ao lojista a abertura das 11h às 14h e, agora, das 21h às 22h. Já a praça de alimentação funciona das 11h às 22h.

 

A ANATEL foi obrigada pela Justiça a alterar as regras para impedir que os clientes sejam cobrados depois de informarem roubo, furto ou perda do aparelho. A decisão, que já está valendo, proíbe que as empresas multem os clientes que cancelarem os planos nessas condições.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 10 de agosto
Próximo artigoColuna 12 de agosto
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here