Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Paola Guimarães Borges, amanhã; Sandra Matias, Nina Lucas, Janete Lattufe, Monique Vieira e Cleuza Costa, dia 11; Ethel Mendonça, Cláudio Oliveira, Poliana Beerli, Lane Santos, Valdecir Torezani, Geórgia Mendonça, Flávio Salles e Amanda Varejão, 12; Luciana Vervloet, 13; Geciana Guarçoni, 14; Karla Ferreira Pinto, Leda Leal, Márcia Soriano, Angelo Veltri e Alexandre Godoi, 15; Nina Cortes da Veiga, Priscyla Pelissari, Aylmer Chieppe, Vera Malisek Pereira, Martha Ferreira e Roger Bongestab, 16.

 

Eles nas redes sociais

“O que aprendemos ao longo da vida é que a felicidade é aprender a aproveitar o presente sem se entregar à ansiedade que o futuro nos traz (um beijo, Sêneca). Para mim a felicidade é um conjunto de conquistas diárias que fazemos.”

@ladyrasta

***
“Ideia pra um reality show: 6 coachs de empreendedorismo são colocados num bairro carente pra morar em um barraco, cuidar de 3 filhos, trabalhar 10 horas por dia, ganhar um salário mínimo e pegar 4 ônibus por dia. O que ganhar 1 milhão primeiro, ganha.”

@guzmatos

 

TRÊS belas mulheres em festa na Ilha. Gisela Nitz, Valquíria Cheim e Renata Cola
(Cloves Louzada)

 

 

Sem chiar

Há uma luz no fim do túnel apontando para 2019 começar segunda-feira, porém em marcha lenta. Melhor do que em ponto morto! O que ainda se vê é verão, praia e Carnaval, até amanhã. Batendo numa tecla antiga da coluna, nossa maior indústria segue sem ser ativada: o turismo! Mas seguimos na fé que isso vai mudar. Temos a melhor localização do País, praias e montanhas quase que juntas, baixo índice de chuvas durante o ano (numa média de cinco a 10 dias chuvosos por mês) e temperatura média para lá de gostosa, variando dos 21° aos 30°.

 

Dos trouxas e outros!

E segue a folia em Vitória. Hoje tem o Bloco dos Trouxas, no Centro, às 15h; Bloco Kustelão, na avenida Norte-Sul, em Jardim Camburi, às 13h30; e Bloco Reciclagem, em Caratoíra, às 16h. No domingo, é a vez do Bloco da Pelada, em Nova Palestina, às 15h; Bloco das Piranhas, na Praça de Gurigica, às 14h; Bloco Prakabá, no Centro, às 15h; e Bloco Te Pego Lá Fora, em Jardim Camburi, às 13h, que vai retratar a violência que as mulheres vêm sofrendo.

 

LUANA Cecato e Thiago Valentim no Carnaval do Thale Beach
(Léo Gurgel)

 

Contribuições sociais

Um grupo atacadista de peças, pneus e acessórios para bicicletas, triciclos e motocicletas de Vitória foi autorizado pela Justiça para retirar o PIS e a Cofins da base de cálculo das próprias contribuições sociais. A sentença ainda garante a devolução do que foi pago nos cinco anos anteriores ao ajuizamento da ação. O caso abre precedente para empresa de qualquer ramo de atividade.

 

 

 

Isso tem que acabar

Sobre a pesquisa que indica que 536 mulheres sofreram algum tipo de violência física por hora no Brasil, a socióloga Cristina Neme diz que se trata de um problema da sociedade como um todo, que tem que ser debatido publicamente. “As jovens estão mais expostas, e 40% dos agressores são companheiros ou ex-companheiros”, complementa. Feminicídio é uma triste realidade e precisa ser combatido diariamente.

 

Rotisserias

Gôndolas de supermercados ganharam espaços para refeições prontas e frescas, em pratos individuais, por conta da grande procura e falta de tempo dos clientes para cozinhar, em sua maioria universitários e trabalhadores de centros urbanos. São linhas diversificadas e sofisticadas de kits alimentícios. Em uma rede, o volume de vendas subiu 200% em três anos. A hora do jantar é a mais movimentada.

 

Febre amarela

No Espírito Santo, foram notificados 880 casos de febre amarela com provável local de infecção em 2017. Desses, 326 foram confirmados e 98 resultaram em mortes. Em 2018, foram 88 notificações, sendo cinco confirmadas e nenhuma morte. Atualmente a cobertura vacinal é de 91,1% no Estado. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ressalta que a imunização agora faz parte da rotina de vacinação e está disponível para toda a população nas unidades de saúde dos 78 municípios capixabas. O que não se entende é como tem gente que ainda não se vacinou!

 

Água e energia

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei que proíbe fornecedoras de água e energia elétrica de interromperem serviços por falta de pagamento na véspera de finais de semana e feriados em todo o Estado. Segundo a proposta, a suspensão só poderá ser feita em dias úteis durante horário comercial, e mediante comunicação prévia por parte das empresas prestadoras. O consumidor terá prazo de 15 dias para regularizar a pendência.

 

CIRCUITO

 

NOSSA Carmen aniversaria hoje! Parabéns, anjo! Não existiríamos sem você. Deus lhe guarde. Beijos meus, dos filhos Guga e Nanda e da neta Clara. Obrigado, Senhor!

 

HOJE é Dia Mundial do DJ. Amanhã, Dia do Sogro e Dia do Telefone. Na terça, Dia Mundial Contra a Cibercensura, Dia do Bibliotecário e aniversário de Recife.

 

O PRIMEIRO Café de Negócios da Associação dos Empresários da Serra (Ases), no próximo dia 13, terá como palestrante o governador Renato Casagrande. Em pauta, perspectivas econômicas para o Espírito Santo.

 

A ARQUIDIOCESE de Vitória lança a Campanha da Fraternidade no primeiro domingo da quaresma, amanhã. A abertura terá concentração na Praça Costa Pereira, no centro de Vitória, às 15h, com a celebração eucarística presidida pelo arcebispo dom Dario Campos, seguindo para a Catedral Metropolitana.

 

O CENTRO Cultural Sesc Glória, no centro de Vitória, recebe amanhã uma aventura do fundo do mar com o espetáculo “A Pequena Sereia”, da Dourado Produções, às 17h.

 

A OPERAÇÃO Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES) registrou aumento de 150% nos casos de acidente com mortes nas estradas que cortam o Estado, frente ao mesmo período do ano passado. Em relação à quantidade de acidentes, houve redução de 6%. Foram cinco mortes, 48 acidentes e 65 feridos. A PRF flagrou 4.439 condutores desrespeitando os limites de velocidade permitida.

 

MAIS uma vez o Espírito Santo se destacou como produtor das melhores amêndoas de cacau do Brasil. Os produtores Emir Macedo Gomes Filho e Márcia Fonseca Alves, de Linhares, venceram a categoria Varietal do 1º Concurso Nacional de Qualidade – Cacau Especial do Brasil (Sustentabilidade e Qualidade). Agora, o casal vai disputar novamente a final mundial, na França.

 

ENQUANTO a poupança leva 45 anos para dobrar o dinheiro, o Tesouro Direto leva 20 anos. Apesar disso, levantamento feito pela XP Investimentos mostra que o brasileiro continua investimento muito mais na poupança.

 

FÃS do escritor Gabriel García Márquez estão contando os dias para a série que a Netflix prepara sobre a obra-prima “Cem Anos de Solidão”, datada de 1967, após comprar os direitos de exibição do romance colombiano. A série será gravada na Colômbia.

 

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 08 de março
Próximo artigoColuna 10 de março
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here