Eles nas redes sociais

“Hoje, no caixa do hortifrutigranjeiros, recebi duas sacolas. Estava lutando para abrir uma delas, sem apelar para a tática de umedecer o dedo na língua, quando a funcionária pegou a outra e molhou o dedo na língua para abri-la. As pessoas: não entenderam: o que está acontecendo.”

@fabjanski

***

“Tem umas coisas tão pequenas, mas que mudam o dia da gente. Tipo agora que eu fui comprar remédio pra gripe e a atendente disse ‘Tchau, melhoras’. Foi só uma palavrinha ‘melhoras’, mas eu me senti tão quentinho”

@gugaoshow

MARTHA Campos e a filha Thaís Irigoyen em happy hour na Ilha
(Cloves Louzada)

“Fique em casa!”

Brasileiros que vivem na Itália fazem apelos como este do título da nota para que as medidas de isolamento da população sejam levadas a sério, para evitar a tragédia que se abateu por lá, com centenas de mortes diárias. “Os brasileiros não têm que fazer como os italianos de ‘é só na Lombardia, é só em Pádua, não chega aqui’. Chegou em todos os lugares”, disse Gizely Dall’Agnol, que mora em Rotzo e ouve de sua janela o alerta vindo dos carros de polícia para que ninguém saia de casa. As orientações de isolamento são coisa séria. Só saia de casa quando for extremamente necessário.

Sem dono!

Vitória quer municipalizar a Ponte Florentino Avidos, conhecida como Cinco Pontes, construída em 1928. Um ofício assinado pelo prefeito Luciano Rezende foi encaminhado ao Departamento de Edificações e Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) solicitando dados complementares sobre a possibilidade de transferência da ponte para responsabilidade da administração municipal. No documento é ponderado o fato de não terem sido encontrados registros de titularidade ou responsabilidade pela ponte.

Aproveitadores

Alerta máximo com o novo golpe na praça: dois ou três homens chegam ao prédio vestidos de jalecos e máscaras, dizendo ser da Vigilância Sanitária e que irão realizar uma vistoria. Mas na verdade são assaltantes que, se porteiros ou moradores não estiverem ligados, ganham acesso livre para o roubo. Já aconteceu no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte – e do jeito que essas “ideias” costumam se espalhar, logo vai ter quadrilha tentando por aqui também. Síndicos dos prédios devem estar atentos e orientar moradores e funcionários.

AS AMIGAS Gláucia Baião, Gracinha Nader e Soeli Gama em aniversário na Ilha do Boi
(Cloves Louzada)

Lipo não emagrece

A lipoaspiração tem a função de retirar os excessos de gordura das mais variadas partes do corpo. Porém, o cirurgião plástico Adriano Batistuta faz um alerta: “O procedimento, que surgiu para melhorar o contorno corporal, não deve ser usado como método de emagrecimento, pois a quantidade de gordura retirada na lipoaspiração deve ser, no máximo, entre 5% a 7% do peso corporal”, avisa.

Prazos mantidos

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) ampliou as medidas contra a propagação do Covid-19 e decidiu suspender, até 31 de março, o atendimento e as audiências nas Varas do Trabalho, assim como as correições. Os prazos, porém, estão mantidos. Medida semelhante é requerida pela Associação dos Magistrados do Espírito Santo (Amages) ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa.

Lei João Bananeira

Recém-publicado, o edital da Lei de Incentivo Financeiro à Cultura João Bananeira vai disponibilizar mais de R$ 500 mil para projetos culturais em Cariacica que podem ser realizados por entidades culturais ou por pessoas físicas residentes a ao menos dois anos no município. As inscrições vão até 24 de abril. Os projetos não podem ultrapassar o valor de R$ 24.558,80. As áreas que podem ser contempladas são patrimônio cultural, artes musicais, artes cênicas, audiovisual e artes visuais, entre outras.

O PRESIDENTE da Associação de Procuradores do Espírito Santo (Apes), Leonardo Pastore, com o procurador-geral do Estado, Rodrigo Francisco de Paula, em almoço sábado, no Barlavento
(Cloves Louzada)

Transtorno Narcisista

Os filmes que contam o caso de Suzane von Richthofen viraram assunto nas redes sociais. Com estreia prevista para esse ano, eles contam a história da jovem que assassinou os pais em São Paulo há 17 anos. “Muitas pessoas acreditam que a Suzane é psicopata, mas o diagnóstico é de Transtorno de Personalidade Narcisista. É interessante analisarmos esse comportamento porque essas pessoas são manipuladoras e muitas vezes podem fazer parte do nosso convívio”, comentou a psicóloga e psicanalista Cássia Rodrigues.

CIRCUITO

TEMOS um motivo para sorrir nesta sexta-feira, Dia Internacional da Felicidade (20/3). Para Veríssimo, “felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente”. Dalai-Lama dizia que “A felicidade provém de causas virtuosas. Se a desejamos de fato, não há outra maneira de proceder a não ser através da virtude”. Para Carlos Drummond, “Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade”. Já Nelson Cavaquinho afirmou: “Finjo-me alegre para o meu pranto ninguém ver. Feliz é aquele que sabe sofrer!”.

MESMO com as orientações de quarentena, um bar de Vitória recebeu mais de 200 pessoas no último domingo. Outro caso absurdo foi de um morador de Vila Velha que chegou da Itália. Tossindo bastante, ele circula normalmente pelo prédio sem as medidas de proteção e isolamento. O brasileiro é indisciplinado. Há exceções!

O FESTIVAL Roda de Boteco, que teria início no dia 1º de maio, e o Botecão, nos dias 5 e 6 de junho, foram adiados. Uma nova data está sendo avaliada pelos realizadores.

COMPRAS on-line. Muitas empresas estão incentivando a compra on-line em vez de presencial, oferecendo descontos e frete grátis. A designer de joias Carla Buaiz, por exemplo, reforçou sua equipe no e-commerce.

O DOCUMENTÁRIO Filhas de Lavadeiras relata as experiências de vida de 15 mulheres e sua relação com suas mães. A obra foi dirigida pela capixaba Edileuza Penha de Souza, doutora em Educação e Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB) e formada em Audiovisual e Documentário na Escola Internacional de Cinema e Televisão de Cuba.

ESPAÇOS culturais do Estado ficam fechados para visitação por 30 dias, como prevenção à proliferação do Covid-19. Estão na lista Sônia Cabral, Galeria Homero Massena, Museu do Colono, Biblioteca Pública, Biblioteca Transcol, Biblioteca Móvel, Arquivo Público, Arquivo Itinerante e Palácio Anchieta.

O FUNCIONAMENTO das Ruas de Lazer (Camburi e centro de Vitória) aos domingos e feriados será suspenso a partir do próximo fim de semana e até o final do mês de março pela Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória. A ciclofaixa que vai do Tancredão à Praia de Camburi terá seu funcionamento normal.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 19 de março
Próximo artigoColuna 21 de março
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here