Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Paulo Bonino e Soila Maria Athayde, amanhã; Markos Rezende, José Carlos Lyrio Rocha, Denise Magevski Lube, Ariadne Soares Hilel e Ruth Maria Athayde, dia 23; Ronald Carvalho, Lília Melo e Golias Júnior, 24; Miriam Riva, Bianca Romano, Glorinha Frauches Cola, Luiz Alberto Barcellos e Jeferson Neves, o Jefinho, 25; Tatiana Guzzo de Lacerda, Maria Elisa Penedo Sardenberg e Marcela Marcheschi, 26; Beto Calil, Duda Zampier, Rossini Macedo, Neide Ultramar e Sabrina De Nadai Coutinho, 27; Eliezer Magalhães, Paulo Randow, Juninho Santos, Sylvia Lis Cardoso e Ludmila Machado, 28.

Eles nas redes sociais

“Coronavírus não vingou no ES porque capixaba não se cumprimenta na rua.”

@mluisa_guerra. Oremos!

***

“Jamais dê a uma pessoa o poder de ela voltar quando quiser…”

@EliasCapemba

PATRÍCIA Davi, Carla Dorsh e Thais Madruga
(Cloves Louzada)

E a roda gira

O comércio e a indústria seguem cumprindo seu papel junto à comunidade neste momento de necessário isolamento da população. Vale ressaltar a determinação dos líderes de pequenas, médias e grandes empresas para se adequarem a essa difícil realidade e continuarem prestando seus serviços com competência e qualidade, fazendo a máquina da economia girar.

***

José Eugênio Vieira, diretor do Sebrae/ES, diz que o órgão incentiva a população a valorizar o comércio local e comprar dos micro e pequenos empreendedores do bairro, além de oferecer plataformas de orientação gratuita aos empresários. Ele enfatiza o pacote do Ministério da Economia que saiu esta semana visando proteger as médias e grandes empresas do País. “Essa decisão tira recursos do sistema S. O Sebrae está buscando novas alternativas para ajudar as micro e pequenas empresas”, pontua.

***

Para Léo de Castro, presidente da Findes, é necessário proteger a produção e manter funcionando a corrente de abastecimento. “Os empresários estão fazendo o seu melhor, se dedicando diuturnamente para que os produtos continuem chegando dentro da normalidade para a população, tanto na área médica como na área de alimentação, do vestuário. Nós da indústria, em todos os setores, estamos trabalhando com muito esforço, para não interromper a produção. A sociedade brasileira precisa compreender a importância desse esforço que o setor produtivo está fazendo”, afirma.

JORGE Alencar e Edmar Camata no evento do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci)
(Cloves Louzada)

Home office

Muitas empresas no Estado adotaram a prática do home office a partir desta semana, com os funcionários trabalhando cada um de sua casa. É um caminho sem volta, independente da propagação do Covid-19, e certamente essa será uma das mudanças adotadas em uma situação de emergência que irão perdurar mesmo após o pico da epidemia. Após constatarem as vantagens e a viabilidade do trabalho remoto para muitas funções, muitas empresas capixabas manterão parte da equipe nessa modalidade.

Etanol x gasolina

A maior variação de preços dos combustíveis nos postos de Vitória está no etanol, em que a diferença chega a 16,96% – em um local, o produto é vendido por R$ R$ 3,259 e, no outro, por R$ 4,199, independente da forma de pagamento. A segunda maior variação está na gasolina aditivada, que chega a 13,45%: enquanto em um posto de combustível do centro a gasolina é vendida por R$ R$ 4,230, em outro na Praia do Canto sai por R$ 4,799. Os dados são do Procon municipal.

Vida em comunidade

Um cartaz colocado no elevador de um prédio residencial de São Paulo traz a seguinte mensagem: “Olá vizinhos mais velhinhos! Vocês não precisam sair de casa. Se precisarem de algo da rua (padaria, mercado, farmácia), podem contar conosco”. A frase era seguida da lista de moradores fora do grupo de risco do Covid-19 e seus respectivos apartamentos. Bonita atitude de se colocar à disposição para proteger os mais vulneráveis. Que tal copiar por aqui?

VERA Miled e Elia Marli Lucas na Ilha do Boi
(Cloves Louzada)

Parque Tecnológico

As obras do Centro de Inovação do Parque Tecnológico, em Goiabeiras, estão 70% concluídas, e a previsão é que o prédio seja entregue no segundo semestre deste ano. Este mês foi publicado o edital de licitação pública para a contratação de uma empresa de consultoria especializada em gestão, implantação, capacitação, bem como formação de ecossistema de inovação e empreendimentos. A expectativa é a geração de 140 empregos diretos já no primeiro ano e 8,7 mil novas vagas em 12 anos.

CIRCUITO

A VACINAÇÃO contra a gripe nas unidades públicas de saúde começa na próxima segunda-feira. Em Vitória, a população pode marcar a data e o horário da vacina nas unidades de saúde por meio do agendamento on-line, que já começou. Leitora conseguiu marcar para o dia 2 de abril, na unidade da Fonte Grande.

HOJE é Dia Universal do Teatro, Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, Dia Internacional da Síndrome de Down, Dia Internacional das Florestas e da Árvore, Dia Mundial da Infância e Dia Mundial da Poesia. Amanhã, Dia Mundial da Água.

A PARÓQUIA São José, em Maruípe, está em novena do seu padroeiro com transmissão ao vivo, às 19h, todos os dias, através de suas redes sociais.

ALINE, Gabriella e Mariinha Santos informam que, a partir de hoje, sua Mulher Ativa estará temporariamente fechada, até que a crise do Covid-19 esteja controlada.

FESTA on-line. A ordem é inovar em tempos de necessário isolamento físico. A quarentena está estimulando a criatividade do empresariado, inclusive na cena do entretenimento. Gustavo Cechinel e Renato Rossoni apresentam hoje a festa on-line Toro Live, que irá reunir um time de DJs para tocar via live do Facebook. E, para acompanhar, drinques serão entregues via delivery para quem estiver curtindo a noite em casa.

O FUNCIONAMENTO das Ruas de Lazer (Camburi e centro de Vitória) aos domingos e feriados será suspenso a partir deste fim de semana e até o final do mês de março pela Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória. A ciclofaixa que vai do Tancredão à Praia de Camburi terá seu funcionamento normal.

A BIBLIOTECA Municipal Adelpho Poli Monjardim recebeu 15 exemplares do livro fotobiográfico “Bibi Ferreira: uma vida no palco”, que estão disponíveis para empréstimo no local. Eles são da 2ª edição atualizada da obra, em 2019, lançado e distribuído pela Raman Entretenimento.

A FUNDAÇÃO de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), em parceria com o Incaper, está desenvolvendo um robô para ajudar nas plantações capixabas de café, principalmente no controle de ervas daninhas. A perspectiva é que o robô esteja pronto para ser utilizado a partir de agosto deste ano.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 20 de março
Próximo artigoColuna 22 de maço
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here