Eles nas redes sociais

“Tentando manter a mente em equilíbrio sempre”

@amandap_oliv

***

“O coração perdoa, mas a mente nunca esquece”

@kae_crf

Chris Moraes, à frente da @chrissahvix, está elevando o status das máscaras de proteção a uma terceira peça de roupa, esbanjando personalidade

Gestão de crise

Executivos capixabas se apresentarão hoje em uma live que tentará responder a uma importante questão: “O que podemos aprender com os ecossistemas mais maduros sobre a gestão dessa crise?”. Participarão o diretor de finanças, estratégia & riscos e tecnologia da informação da ArcelorMittal Brasil Aços Planos, Paulo Wanick, o empreendedor e superintendente executivo da Espro, Alessandro Saade, e o diretor executivo na Fundação Certi, Leandro Carioni. O anfitrião do debate será o gerente geral de tecnologia e informação, tecnologia de automação e inovação digital da ArcelorMittal, Robson Moyses. A apresentação será às 16h, em uma realização do Programa iNO.VC da ArcelorMittal Tubarão, no YouTube (@ArcelorMittal Brasil).

Devolução de carros

Locadoras de veículos estão reduzindo o preço da locação à metade para tentar frear a devolução de carros alugados, inclusive de motoristas de aplicativos que passaram a devolver veículos nos últimos meses. E para quem insiste na entrega do carro são oferecidas tarifas de R$ 10,00 por semana para mantê-lo, ainda que parado.

Fora de shoppings

Marcas de vestuários com décadas de atuação no Brasil como MOB, Jogê, TNG e SideWalk ensaiam fechar as unidades que possuem em shoppings. Segundo os empresários, os custos com aluguel e condomínio ficaram inviáveis com a pandemia e a tendência será investir em lojas de rua. A Jogê, por exemplo, já entregou quatro lojas das 38 que possuía em shoppings até então.

Bônus para bicicletas

A Itália vai conceder bônus de até 500 euros (cerca de R$ 3,1 mil) para ajudar os moradores de cidades com mais de 50 mil habitantes a comprarem uma bicicleta. A intenção é incentivar o uso de veículos não poluentes e ao mesmo tempo contribuir para a retomada econômica do país em meio à pandemia. A quantia também vai ajudar a população a comprar outros tipos de veículos sustentáveis, como patinetes e skates elétricos.

André Caldara, Roberto Mauri e Juliano Capelini celebram as conquistas do setor imobiliário em Linhares (André Oliveira)

Aumento nas demissões

Os pedidos de seguro-desemprego somaram 748.484 em abril, totalizando 2.337.081 no ano. O advogado trabalhista Wiler Coelho diz que tamanho número de demissões, frente às medidas tomadas pelo governo (férias antecipadas, redução e suspensão do contrato de trabalho, suspensão do pagamento de encargos sociais) nos faz refletir sobre o eterno dilema do capital x trabalho. “É hora do Estado passar a dialogar com todos os setores e entender que alguma medida está fora de tom”, alerta.

Maio Roxo

Maio é o mês de conscientização das doenças inflamatórias intestinais (a reticolite ulcerativa e a doença de Crohn), batizado de Maio Roxo. A gastroenterologista Renata Lugão esclarece que essas doenças podem estar ligadas a fatores hereditários e imunológicos. “Os sintomas podem ser confundidos e desencadeados pelos hábitos de vida. Por isso que, caso perceba alguma irregularidade intestinal, consulte um especialista”, explica.

Frete rodoviário

A demanda por frete rodoviário caiu cerca de 30% no mês de abril frente a março, aponta levantamento de empresa de soluções de gestão, com base em mais de 500 mil operações. Os setores mais impactados foram aqueles de transportes de grande magnitude, como o da construção civil e insumos de matéria-prima como papel e celulose. Há uma exceção: o agronegócio, que segue em alta e não deve sofrer o mesmo impacto, especialmente pelo momento da safra da soja.

Sandro Lobato em home office, porque a pandemia não pode parar as ações em prol do ensino e da educação

Contação de histórias

Para incentivar a prática da leitura e a criatividade das crianças durante o isolamento, a Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim lançou uma versão virtual da contação de histórias do projeto Viagem pela Literatura. A cada semana, três contadores publicarão uma narrativa para que os pais possam ouvir e interagir de forma lúdica com as crianças. Nesta primeira edição, são três histórias: “Kibungo”, “Joãozinho, o marinheiro azul” e “Severino faz chover”.

Internet

O Facebook anunciou que está construindo um cabo de proporções continentais em volta da África, com o objetivo de aumentar o acesso à internet no continente. O cabo terá extensão de 37 mil quilômetros e irá conectar 23 países, entre África, Europa e Ásia. A empresa afirma que, sozinho, o cabeamento será três vezes mais potente que todos os outros submarinos de internet que atendem à África hoje.

CIRCUITO

FAZER PÃO caseiro virou hit nas redes sociais nas últimas semanas. O modismo anda tão em alta que está difícil achar fermento biológico nos supermercados, conforme relatou uma amiga da coluna. Sinal dos tempos!

A influencer Fernanda Prates e a CEO do Mulheres de Negócios Elayne Borel participam de live hoje, às 20h, para falar sobre um novo formato de entretenimento, que é a festa virtual. A transmissão será no Instagram (@mulheresdenegociosbusiness).

O Ministério da Infraestrutura defende a aceleração no programa de concessões federais, como forma de o país ter condições de se recuperar da crise. O governo pretende arrecadar, nos próximos três anos, R$ 250 bilhões em investimentos em infraestrutura logística. Em junho, deve ter início o processo de desestatização dos principais portos do país, começando pela Codesa, responsável pelo porto de Vitória.

Ontem aniversariou a médica Karina Mazzini. Ela, que sempre gostou de comemorar e fazer festas, desta vez passou a data em Pedra Azul, onde tem ficado neste momento de pandemia, vindo a Vitória três vezes por semana para atender a seus clientes.

ENQUANTO muitos usam estantes de livros como cenário para suas lives, o linguista americano William Labov, de 92 anos, reconhecido internacionalmente pelas suas contribuições, fez uma transmissão ontem para pesquisadores do mundo tendo uma estante repleta de temperos e panelas como pano de fundo. Lançou tendência!

As escolas de samba da Grande Vitória estão fazendo correntes do bem neste período. “Além de estarem utilizando a mão de obra de diversas pessoas que fazem parte do Carnaval, como costureiras que confeccionaram máscaras, diversas campanhas de doações foram organizadas para auxiliar a comunidade e adjacências”, afirma o presidente da Liesge, Edvaldo Teixeira.

A tão esperada reforma do Mercado Capixaba, em Vitória, teve seu projeto complementar apresentado pela empresa ML Projetos Eireli e aceito pela Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória e Secretaria Municipal de Cultura. A empresa deverá entregar os projetos executivos até 27 de julho, possibilitando a abertura da licitação para a obra, que ainda não tem data para ser iniciada.

COM MAIS PESSOAS passando mais tempo dentro de casa, o lixo orgânico tem sido um desafio para os condomínios residenciais. “O resíduo orgânico, composto por restos de alimentos, representa em média 50% do resíduo domiciliar urbano, que poderia ser transformado em adubo, mas ainda é destinado a aterros sanitários”, diz o especialista em sustentabilidade Fernando Beltrame.

EMPRESA capixaba de radiologia odontológica, a Odonto Scan está com uma campanha para reforçar a importância do exame digital em tempos de Covid-19. A empresária Marcia Gabriella Barros Mule diz que a prática foi adotada há anos por questões ambientais, já que a não impressão evita a produção de lixo, mas que com esse período essa ação foi intensificada, pois o exame impresso pode ser um risco de contaminação.

BOM dia! Deus é pai! Amém!

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 19 de maio
Próximo artigoColuna 21 de maio
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here