Eles nas redes sociais

“Meu cabelo já desistiu de mim nessa quarentena”

@luscas

***

“Lerda? Não. Apenas raciocino com calma”

@jeantissociall_

O doutor da beleza, Arthur Gasperazzo, em sua noite de comemoração na Ilha (Nickolas Bassini)

Canoa furada

Em tempos de isolamento social, os aplicativos de home banking para smartphones ganharam ainda mais importância, pois muitos clientes passaram a resolver tudo pelo celular: pagar contas, consultar extratos e fazer transferências. Leitor da coluna diz que está tendo dificuldades de utilizar o app da Caixa, que trava na hora da digitação do cliente. À coluna, um gerente explicou que o sistema é mais sensível, o que tem gerado reclamações. O fato é que, em vez de ajudar, o app dá dor de cabeça.

Avenida Vitória

O isolamento social contribuiu para a aceleração das obras da nova Avenida Vitória, na capital, pois ajudou a desafogar o trânsito. Além disso, o quadro de funcionários está sendo escalado para trabalhar aos feriados e finais de semana, o que agilizou a reforma. Passados mais de sete meses do início, cerca de 83% da reforma foi executada. A entrega está marcada para outubro, mas pode ser adiantada caso siga o mesmo ritmo. Novos empreendimentos serão lançados na região ainda este ano. Pode anotar! 

Reaquecendo

No próximo dia 26, a ArcelorMittal Tubarão vai religar o seu segundo alto-forno, um dos três instalados na empresa, que estava paralisado desde o ano passado, quando passou por reforma e permaneceu parado em virtude da instabilidade nos cenários econômicos. A volta do Alto-Forno 2 será para atender principalmente ao mercado externo, cujos clientes começam a retomar gradualmente o consumo, e para garantir a otimização operacional da planta.

O casal Luciano Bragatto e Emanuele Rabello (Nickolas Bassini)

Crescimento

Com a pandemia, as empresas simples de crédito ganharam espaço. É o que mostra pesquisa do Sebrae, que aponta que o número deste tipo de empresa cresceu oito vezes em um ano no país e 27% no Espírito Santo. A principal vantagem apontada dessas empresas, segundo o levantamento, é o fato de trabalharem com garantias reais, o que não acontecem com as factorings. Elas também oferecem menos burocracia e mais facilidade de empréstimo que os bancos.

Consciência corporal

O médico do esporte e fisiatra Fabrício Buzatto observa uma busca específica de pais que levam seus filhos ao especialista. “Muitos já procuram desde cedo investir num melhor rendimento físico das crianças, pensando em um futuro no esporte e também na educação deles, como atletas, conquistando uma bolsa de estudos. Dentre as modalidades que mais investem neste auxílio para os pequenos, estão futebol, tênis e natação”, destaca. O especialista comenta que este tipo de orientação pode ser feito em qualquer idade.

Patrimônio imaterial

O Carnaval de Congo de Máscaras e seu personagem João Bananeira foram reconhecidos como Patrimônio Imaterial do município de Cariacica, por meio de decreto, publicado no início deste mês. O reconhecimento da festa fica preservado em suas características, não admitindo adaptações e tendo os grupos e bandas de congo de Cariacica como os protagonistas e responsáveis pelo evento. “A iniciativa preserva a história e origem da festa e do personagem”, comentou o secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana.

A hairstylist Ana Paula Leite, a arquiteta Cyane Zoboli e o advogado Felipe Barros Busatto, em almoço na Praia do Canto (divulgação)

Mesa ideal

Ter uma mesa de trabalho grande no home office não resolve tudo. Segundo a arquiteta Angela Gomes, na maioria dos casos, as mesas de escritório com medidas entre 1,20 e 1,40 metro funcionam bem. “Vale recorrer a mesas maiores apenas se o profissional for concentrar impressora, computador e espaço livre para escrever ou desenhar no mesmo espaço. Uma opção é usar gaveteiros com rodízio para apoiar e guardar objetos”, orienta.

Falta de atenção

Quando a criança é muito agitada, não consegue aprender direito e não se concentra, julgá-la por isso não é a melhor opção! “Esses podem ser sinais de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e indicam que a criança precisa de ajuda e de tratamento, que geralmente une administração de medicamentos e psicoterapia, a fim de amenizar os sintomas e garantir mais qualidade de vida para toda a família”, comentou o médico psiquiatra Jairo Navarro.

Cabelos

A tricologista Camila Zanoni alerta para os cuidados com os cabelos quebrados. “Sem o tratamento ideal, cabelos quimicamente processados sofrem muito com as perdas de nutrientes essenciais. E com isso podem perder a elasticidade, ficar emborrachados, com pontas duplas e quebradiços. Um tratamento para auxiliar é o ‘protein fiber’. Ele atua na reposição dessa estrutura proteica da fibra capilar”, explica.

CIRCUITO

“SE QUER criar coisas novas neste mundo, nunca dê ouvidos a ninguém. Você tem que absorver sua sabedoria, todo o conhecimento do seu polegar. Doe seu eu”, Stanislaw Szukalski, escultor e desenhista polonês, com um talento rebelde, que logo se tornou um gênio do surrealismo comparado muitas vezes com Michelangelo. Bom dia!

O especialista em segurança digital Eduardo Pinheiro, consultor de tecnologia da informação e colunista de A Tribuna, participa de webinar especial no próximo dia 21 de julho, às 14h30. O tema da conversa será “O Novo Normal: Sua Segurança Digital Nunca Esteve tão Ameaçada”. Inscrições abertas no site tribunaonline.com.br.

ACABA de chegar às livrarias o suspense emocionante “As outras pessoas”, de C. J. Tudor (ed. Intrínseca), com personagens que passaram por acontecimentos terríveis que não conseguem deixar para trás. Dica de leitura para a semana.

CÁSSIA Rodrigues, psicóloga e psicanalista, comemora aumento de inscritos nas suas redes sociais. No canal do YouTube são 173 mil pessoas e no Instagram são quase 30 mil. A capixaba já conquistou o Prêmio Prata para criadores de conteúdo, título para canais que atingem a marca de 100 mil inscritos.

Estudantes de Vitória, Alegre e São Mateus representam a Ufes até amanhã no Evento Nacional Enactus Brasil (Eneb) 2020, competição que visa apresentar, anualmente, soluções empreendedoras que combatam os mais diversos desafios do país. A edição deste ano é virtual, com transmissão no YouTube.

O PESQUISADOR Manoel Goes, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha, é um dos palestrantes convidados do fórum promovido pela Secretaria de Cultura de Vila Velha, sobre o tema “Patrimônio Histórico, Cultura e Identidades”. A live será transmitida na próxima sexta-feira, às 16h, no YouTube/vilavelhaemdia.

BOM dia! Deus é pai! Amém!

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 14 de julho
Próximo artigoColuna 16 de julho
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here