Parabéns!

Bom dia aos aniversariantes da próxima semana: Sérgio Rogério de Castro, Lorena Croce Bonadiman, Renzo Colnago, Jaldecy Pereira, Rosane Monteiro, Lúcio Coelho Miranda, Fabiana Cola  e  Cassinho Ayres , amanhã;   Angela Almeida e Orlando Gonçalves, dia 10; Eleisson de Almeida, Rosana Pinheiro e Viviane Pianna , 11; Aparecia Neves, Sílvio Casotti e José Pedro Zamborlini, 12; Thiago Sarlo, Gracia Helen Theodoro, Carlos André e Carlos Alberto Peixoto, Denize Abaurre, Marilza Tesch, Vicente Romano, Alfredo Pretti, Ana Cristina Velten, Larissa Hastenreiter, Wendy Verjovsky, Aline Eisenlohr e Cláudia Colodetti, 13; Elenice Costa, Maria Zélia Guerra, Judith Ferrari Oliveira, Renato Vervloet e Cristiane Feu, 14; Beth Ribeiro e Kiko Gatto, 15 .



Eles nas redes sociais

“Poxa, não vai dar pra eu ir, minhas máscaras estão de molho”

@pryncia
***
“Acho chique quem tá triste e vai meditar, ler um livro. Eu almoço três vezes”

@CesarMenotti

A bela Julia Rocha Ronzoni, embelezando nosso sábado (Cloves Louzada)

Ouro em alta

Joalheria no Centro da Praia, em Vitória, chama a atenção com o seguinte aviso estampado na vitrine da loja: “Traga seu ouro e ganhe uma joia”. O ouro é hoje um dos ativos mais rentáveis no Brasil, e ainda é uma ótima opção, principalmente para investidores com perfil mais conservador, já que este é um ativo de baixo risco, e que em momentos de crise como o atual, tende a se valorizar, dizem especialistas. 

Saúde em foco

A saúde mental durante a pandemia é o destaque da live “A epidemia invisível: sociedade e saúde na era da Covid-19”, que a coluna Maurício Prates promove na próxima terça, às 19h30, no Instagram (MauricioPrates15). Participam da conversa a psicóloga Bianca Martins, a psicóloga e professora universitária Fabiana Davel e a psicóloga Arielle Nascimento, mestre em Psicologia Institucional pela Ufes.

Inclusão digital

Para a retomada das aulas via internet, prevista para setembro, a Ufes está identificando quem são os alunos de graduação e pós-graduação que não possuem equipamento de informática (notebook ou desktop) e provedor de internet, a fim de oferecer um auxílio inclusão digital emergencial. Para esta modalidade, serão contemplados alunos regularmente matriculados, com renda familiar mensal per capita bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Comemorando 15 anos, Maria Laura entre o pai Adriano Clemente, a mãe Lusanere Cruz e o irmão Filipe, em celebração em família em Pedra Azul (Bruno Lopes)
 

Lei Rouanet

A pandemia reduziu em 35% a captação de recursos por meio da Lei Rouanet, passando de R$ 306,1 milhões no primeiro semestre de 2019 para R$ 199,9 milhões este ano. Acostumado a realizar captação desde 2015 para o Fecim, o Festival de TV e Cinema de Muqui, o produtor cultural Jussan Silva e Silva tem encontrado dificuldade neste ano. A intenção é trocar o telão na praça de Muqui por um evento digital. “Se não fossem os editais emergenciais dos estados e das empresas, o impacto negativo seria ainda pior”, avalia. Doloroso isso! A base da educação é a CULTURA!

Biodiesel

Um dos biocombustíveis mais usados no Brasil, o biodiesel é uma fonte de energia renovável que substitui o uso de combustíveis fósseis e pode ser usado para abastecer veículos a diesel sem a necessidade de adaptação nos motores. No Espírito Santo, uma pesquisa do professor de Engenharia Química da Faesa, Gilberto Maia de Brito, produz biodiesel com óleo de fritura desde 2012 e, recentemente, chamou a atenção de todo campo científico com a descoberta de uma nova aplicação para o lítio como catalisador da reação química para produzir biodiesel. A pesquisa acaba de ser publicada em revista acadêmica internacional.

Sem fake news

Para combater a desinformação, o Whatsapp ganhou uma nova ferramenta, um chatbot, que seria um robô de conversas, que serve para checar se a mensagem que chegou pelo grupo de família ou do trabalho é falsa ou enganosa. A versão em português do chatbot tem parceria com o Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio). Por enquanto, a ferramenta atende apenas casos de boatos relacionados à pandemia do novo coronavírus.

Melhor remédio

Estudo recém-publicado por pesquisadores suíços apontou que as pessoas que riem mais frequentemente sofrem menor influência negativa das adversidades do dia a dia. O neurologista Ricardo Teixeira diz que humor tem tudo a ver com saúde. “Estudos longitudinais mostram uma inequívoca associação entre um bom senso de humor e maior longevidade. Isso envolve menores riscos de doenças cardiovasculares e infecções, explicados por um menor grau de inflamação no corpo e sistemas imunológico e endocrinológico mais eficientes”, afirma.

Vizinhos na justiça

O Judiciário capixaba vem representando um papel fundamental em brigas de condomínio durante a pandemia. O síndico terceirizado Luiz Castellar, que administra edificações nobres na capital, diz que as decisões, em sua maioria, têm sido favoráveis ao interesse coletivo onde grande parte dos juízes entende que deve-se levar em consideração principalmente as decisões assembleares. 

Artigo anteriorUnha tie-dye
Próximo artigoColuna 09 de agosto
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here