Valorizar, dar suporte e oferecer ferramentas para que as micro e pequenas empresas alcancem o sucesso sempre foi o trabalho do Sebrae/ES. Os impactos causados pela pandemia em pequenos negócios em todo o país mostram o quanto é importante incentivar ainda mais práticas que ofereçam impulso para que empreendedores locais mantenham seus negócios vivos. Com esse propósito, o Sebrae/ES realiza a campanha Compre do Pequeno.

A campanha destaca o encadeamento produtivo envolvido na comercialização de um produto, até mesmo de um simples bolo ou cafezinho, ressaltando a importância do consumo consciente, que valoriza empreendedores locais e fortalece a economia da região. Ao consumir em um pequeno comércio local, o cliente está fomentando essa economia, assim como um empreendedor, ao comprar insumos para seu negócio vindos de uma pequena empresa. Mais detalhes sobre a campanha podem ser acessados em https://sebraees.com.br/compredopequeno.

Para o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo, comprar do pequeno tem uma força muito grande em toda a sociedade. “Ao valorizar os pequenos negócios, consumir produtos locais, colaboramos com toda a sociedade. Isso porque o ecossistema de pequenas empresas, comércios, serviços, e produção rural, envolve e mobiliza não só um empreendedor, mas toda comunidade ligada a ele”, explica.

Rigo ressalta também que este é um momento ímpar para todos e que as pessoas e empresas precisam se apoiar. “Essa crise da pandemia foi algo imprevisível que surgiu e afetou todas as empresas, das menores às maiores. Porém, as pequenas foram as mais atingidas. Uma pesquisa do Sebrae mostrou que, no Espírito Santo, 88% dos pequenos negócios diminuíram o faturamento durante a pandemia. E são esses que seguram os empregos e a renda do estado e do país. Precisamos, nesse momento de grandes desafios, nos unirmos: sociedade, empresários, entidades e instituições, para podermos dar a volta por cima. Juntos somos mais fortes!”.

O movimento reforça ainda a importância de respeitar protocolos de saúde e segurança na reabertura gradativa da economia. O Sebrae/ES irá orientar os empresários com a disponibilização de protocolos para vários segmentos, já alinhados com o Governo do Estado.

Vale lembrar que a rede de atendimento para as micro e pequenas empresas segue à disposição pela internet. O empreendedor tem a sua disposição os canais de interação Fale com o Sebrae (es.sebrae.com.br), que funciona das 8h às 18h; seu WhatsApp pelo telefone (27) 3041-5500, das 8h às 18h; e a Central de Atendimento 0800 570 0800.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here