PÉROLAS

“Mal consigo disfarçar a impaciência, é essa a verdade. É preciso sempre desconfiar quando assumo esse sorridente ar feliz”

Da escritora Clarice Lispector (1920-1977).

***

“As pessoas não vão viajar para muito longe. O Espírito Santo vai ser muito procurado, as pessoas já prorrogaram suas viagens. Esperamos um verão bom”

Do empresário José Carlos Bergamin, diretor da Fecomércio, sobre a expectativa para os próximos meses.

***

“Acredito que ninguém vai sair dessa pandemia sem ter mudado alguma coisa na própria vida”

Fabiana Pinheiro Ramos, psicóloga, pós-doutoranda em Psicoterapia.

***

Hoje, tudo pode se fazer de forma online, e a melhor forma que a pessoa tem de se manter competitiva é continuar estudando, aumentar o conhecimento e se manter atualizada”

Elcio Paulo Teixeira, especialista em recursos humanos.

A arquiteta Letícia Finamore na reabertura da Stampa (Arthur Louzada)
 

Eles nas redes sociais

“Todos estão esperando por 2021 como se Covid expirasse em 31 de dezembro”

@imigrvnt

***

“Que ano difícil, vou chamá-lo de dieta”

@CesarMenotti

NOSSA DICA

Bem-estar com óleos essenciais

Os óleos essenciais podem ser usados para uma ampla gama de aplicações para o bem-estar emocional e físico. Nos últimos anos, o item conquistou de vez os lares brasileiros. Segundo a empresa americana Dōterra, o Brasil é o segundo país que mais consome óleos essenciais no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. A novidade agora é o uso dos óleos em ambientes comerciais, como explica a empresária Flávia Firmino. Clínicas, consultórios e até concessionárias de carros de luxo tem disponibilizado difusores em vários ambientes para promover ativação do humor, relaxamento, concentração. Uma ação sensorial e terapêutica.

Flávia Firmino, expert em óleos essenciais

Turismo

Na recente reunião de Ministros do Turismo do G20, o ministro do Brasil, Marcelo Álvaro Antônio, ressaltou a importância da adoção de medidas conjuntas que facilitem o trânsito de viajantes entre países, e destacou o crescimento do turismo de proximidade, especificamente o turismo rural. “Queremos oferecer oportunidades econômicas às comunidades, aumentar a atratividade das zonas rurais, reduzir a migração para os centros urbanos e valorizar as culturas e os potenciais locais, promovendo, dessa forma, a geração de emprego e renda para o nosso povo”. E nós aqui no Espírito Santo com a Grande Vitoria que tem desenho pronto: excelente localização no mapa, mar e montanha, entre outros atrativos!

Fruticultura

O projeto Desenvolvimento do Polo de Fruticultura da Região do Caparaó, coordenado pela Ufes, receberá do Ministério da Agricultura uma verba de R$ 730 mil para dar início às suas atividades. O projeto tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento agrícola da região na área de fruticultura, ampliando a produção local, atualmente concentrada no plantio de café e na pecuária. A estimativa é que o projeto seja executado integralmente em um prazo de três anos.

Game da vez

Quem convive com jovens e adolescentes já deve ter ouvido falar no jogo virtual “Among Us”, nova febre entre a galera conectada via smartphones e PCs. Em agosto, as horas assistidas do jogo na plataforma Twitch subiram 650%. “Among Us” é um game via streaming, para atuar em equipe, que permite interação em tempo real entre os participantes. A proposta é realizar tarefas em uma nave espacial com seu grupo de até 10 pessoas. Porém, alguns tripulantes são impostores que tentam sabotar a equipe.

Cristal Bastos posando para campanha de joias com beleza assinada por seu pai, Nahor Bastos (Almir Vargas)

Bonecos em crochê

Crianças assistidas pelo setor de Oncologia do Hospital Infantil de Vitória serão presenteadas com 183 bonecos de crochê, confeccionados por internos da Penitenciária de Segurança Média 1 (PSME1), no Complexo de Viana. Além dos bonecos, inspetores penitenciários doaram 183 kits contendo revistinhas para colorir e caixas de giz de cera para o hospital. Boa!

Doce estranho

Vejam só essa. Um restaurante no centro histórico de Praga, na República Tcheca, inventou uma sobremesa no formato do novo coronavírus, na tentativa de conter a queda nas vendas durante a pandemia. O doce, um pouco menor do que uma bola de tênis, leva crosta de chocolate, recheio de pistache com purê de framboesa, framboesas secas e chocolate branco. Resultado: o local tem vendido mais de 100 unidades por dia. Mas deve ser uma delícia!

Combos

Como precaução em relação ao coronavírus, quem está buscando algum tratamento estético neste período prefere sair de casa uma vez só, e realizar diversos procedimentos, é o que garante a dermatologista Karina Mazzini. “A tendência tem sido a procura por combos de tratamentos, ao invés da cliente fazer apenas um procedimento, ela aproveita e faz vários”. Os atendimentos são agendados previamente, com espaço de tempo entre uma consulta e outra.

Recorde

Uma americana de 17 anos acaba de entrar para o Guinness World Records por ter as pernas femininas mais longas do mundo. Maci Currin, que é do Texas, tem a perna direita medindo 1,34 metro e a esquerda 1,35 metro. Ela chegou a afirmar que queria o recorde para inspirar pessoas altas a abraçarem suas alturas e não se intimidarem com isso. Apesar de ter pernas bastante longas, a jovem não é a mulher mais alta do mundo. O título pertence a chinesa Sun Fang, que possui 2,13 metros de altura. Maci tem 2,08 metros.

Artigo anteriorColuna 10 de outubro
Próximo artigoColuna 12 de outubro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here