PÉROLAS

“Saudade de todo mundo junto, engruvinhado, amontoado, aglomerado, sem medo do ar dividido, do espaço compartilhado. Porque a vida só é boa quando a solidão é escolha”

Do padre Fábio de Melo.

***

“O negócio é você viver com o que tem. Então é um sucesso sua vida”

Da atriz e humorista Dercy Gonçalves (1907-2008). E toca a vida!

***

“Entre os fatores que têm feito as pessoas viverem mais estão os genéticos, além de avanços tecnológicos na área da medicina”

Da geriatra Daniela Barbieri.

***

“O dinheiro de papel será como o cheque, pouco usado”

Do superintendente Operacional do Sicoob Central ES, Alecsandro Casassi, sobre o futuro das cédulas de papel.

A farmacêutica Raigna Vasconcelos posando para as lentes de Maycon Vaz

Eles nas redes sociais

“Com que cor de máscara a gente precisa virar o ano pra ter vacina em 2021?”

@louieponto

***

“Num dia você é jovem, no outro você está respondendo ‘show’ pra tudo”

@pablomoretx3

NOSSA DICA

Boxs de luxo para presentear

O período de festas está se aproximando, e um desafio é escolher o presente ideal para surpreender com um item exclusivo. A designer Cris Rocha (@crisrochadecor) tem opções que atendem a esse público mais exigente, oferecendo suas box de luxo personalizadas, que são montadas direcionadas para quem vai receber o mimo. São presentes personalizados em caixa de acrílico com nome espelhado, arranjos de flores permanentes, com direito a bebidas, doces, chocolates, entre outras opções exclusivas. “É um verdadeiro presente dentro de outro presente”, explica a designer, que também assina uma linha presenteável de roupas de mesa, marcador de mesa e porta-guardanapos, para quem quer decorar a casa para receber pequenos grupos de amigos e familiares. Mais informações pelo Instagram e pelo 99988-8682.

Os itens exclusivos de Cris Rocha (Cloves Louzada)

Expectativa de vida

A expectativa de vida dos homens passou de 72,8 anos em 2018 para 73,1 anos em 2019 e a das mulheres foi de 79,9 anos para 80,1 anos. Desde 1940, a esperança de vida do brasileiro aumentou em 31,1 anos. Uma pessoa nascida no Brasil em 2019 tinha expectativa de viver, em média, até os 76,6 anos. Essas são algumas informações das Tábuas Completas de Mortalidade para o Brasil, referentes a 2019, recém-divulgadas pelo IBGE.

Selena

A breve e emocionante vida da cantora americana Selena Quintanilla será mostrada em “Selena: a série”, que estreia na próxima sexta-feira na Netflix. De família de origem mexicana, com grande apelo com o público latino, Selena se torna uma grande estrela, com sucesso nas paradas e vários prêmios conquistados, inclusive o Grammy. Fora dos palcos, se divide entre sua família, amigos e um grande amor. Christian Serratos (da série “The Walking Dead”) interpreta a cantora na produção.   

Hipertensão em alta

Que a pandemia gerou estresse não é novidade, mas um estudo apresentado no Congresso Argentino de Cardiologia apontou um aumento de 23,8% nos pacientes com hipertensão atendidos na emergência do Hospital Universitário da Fundação Favaloro. A tendência se repete no Brasil. O cardiologista Schariff Moysés explica que estresse e tensão aliados a sedentarismo e hábitos alimentares ruins contribuem para o desenvolvimento da doença. “Os sintomas incluem dor de cabeça, falta de ar, visão embaçada e tonturas”. 

 Raphaela e Renata Ceolin curtindo música de qualidade em point japonês, na Praia do Canto (Cloves Louzada)

Trabalho em família

As empresas familiares representam o empreendimento mais duradouro da história. Quando ainda não havia CNPJ, os conhecimentos passavam de pai para filhos. As estatísticas confirmam que o negócio é bom, pois as 300 maiores empresas brasileiras são controladas por famílias. À frente de um grupo que está 50 anos no mercado, Apolo Rizk aponta que o segredo para dar certo é que os herdeiros tenham desejo de trabalhar no mesmo ramo. Outro importante pilar é que eles devem conhecer todos os setores da empresa, para então assumir funções de liderança. “Conhecer o negócio e como um todo e vivenciar isso faz parte do aprendizado”.

Investimento

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou o Plano Estratégico para o quinquênio 2021-2025. Entre as metas figura o investimento de 46 bilhões de dólares em exploração e produção de petróleo nos próximos cinco anos, dos quais 32 bilhões de dólares (ou 70%) serão direcionados à camada pré-sal. Nos próximos cinco anos, está prevista a entrada em operação de 13 novos sistemas de produção, sendo todos alocados em projetos em águas profundas e ultraprofundas.

Chapéu colorido

Os mais antenados nas últimas tendências do mundo da moda, com certeza já devem ter notado que um acessório que está, literalmente, fazendo a cabeça das celebridades, fashionistas e influenciadoras ao redor do mundo. “O bucket hat, é um chapéu colorido, que apareceu bem timidamente durante esse ano e ganhou corpo, força e o gosto de todos e promete bombar ainda mais no próximo ano. Além de confortável o item é muito versátil, podendo compor diversos looks”, disse o empresário Márcio Cotta.

Atividades físicas

Até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas no mundo com um aumento da atividade física, estimou a Organização Mundial da Saúde, ao lançar linhas orientadoras para a área. O combate ao sedentarismo deve ser praticado em todas as idades e mesmo por pessoas com condicionantes físicas por motivo de doença, defendeu a OMS. A organização sugeriu, nesse contexto, que devem ser destinadas pelo menos duas horas e meia a cinco horas, por semana, para atividade aeróbica moderada a vigorosa, no caso dos adultos.

Jogo virtual

Ajudar o processo de alfabetização de crianças entre 4 e 9 anos de idade, de forma lúdica, é o objetivo do Graphogame. Lançado pelo Ministério da Educação na última sexta-feira, o jogo para celulares, tablets ou computadores, desenvolvido por pesquisadores finlandeses, já é utilizado por 30 países e foi traduzido para 25 línguas. No Brasil, o projeto foi adaptado pelo Instituto de Cérebro, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Na prática, o aplicativo usa uma metodologia que estimula o desenvolvimento da consciência dos sons da língua oral e sua relação com figuras, em um processo chamado de instrução fônica.

Artigo anteriorColuna 28 de novembro
Próximo artigoColuna 30 de novembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here