PÉROLAS

“O maior problema é a sociabilização. Então, organizei minha vida, já que trabalho em uma empresa, e nos matriculamos juntos”

Do técnico industrial Luís Felipe Soares, 46 anos, que fez faculdade de Direito para acompanhar o filho Lucas, que é autista.

***

“Nunca se mente tanto como antes das eleições, durante uma guerra e depois de uma caçada”

Do diplomata e político alemão Otto von Bismarck (1815-1898).

***

“Tenho muita fé de que isso vai passar e vamos voltar a sorrir como antes. Estou aguardando pela vacina para a gente voltar a se abraçar, porque isso faz muita falta”

Do ator e humorista Marcus Majella.

***

“Nem sempre o céu esteve azul, mas em todos os dias recebi de perto o carinho dos meus amores”

Da apresentadora Fátima Bernardes, que voltou ao trabalho após o diagnóstico de um câncer no útero.

Mariana Morena em lançamento de drinques com Kombucha Vivaodia, na Praia do Canto (Léo Gurgel)

Eles nas redes sociais

“Gente normal é perigosa. Confio mesmo em quem tem uns surtos uma vez ou outra”

@thiago_p

***

“Eu queria muito ter o otimismo de quem compra ingresso para festival no Brasil em 2021”

@alytakai

NOSSA DICA

Veio para ficar

A cropped, blusinha que deixa um leve pedacinho do abdômen à mostra e combina com tudo, chegou de mansinho nos desfiles de verão e até de inverno das semanas de moda pelo mundo em 2012 e ainda hoje, em 2021, ele não sai do closet das fashionistas. E engana-se quem pensa que a peça só pode ser usada em visuais descolados, pois ela fica divina em composições elegantes e contemporâneas. De acordo com o empresário Márcio Cotta, representante da La Bella Máfia no Estado, uma dica é utilizá-las com peças de cintura alta para fazer composições mais delicadas e atuais. Se a cropped for daquelas mais justinhas, vale apostar em uma calça, short ou saia mais solta.

A blusa cropped segue em alta (Divulgação)

Leitores

O Brasil conta com 100,1 milhões de leitores, em um universo de mais de 200 milhões de habitantes, e esse grupo vem diminuindo com o passar do tempo. De acordo com a última pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita com dados de 2019, registrou-se uma diferença de 4,6 milhões de pessoas em relação a 2015. Os resultados da pesquisa, elaborada pelo Instituto Pró Livro e o Itaú Cultural, lembram alguns dos entraves para se manter o hábito de leitura no país. Além do valor dos livros, que os tornam artigo de luxo para os mais pobres, e da correria do dia a dia, que acaba dificultando o hábito da leitura, ainda faltam recursos de acessibilidade.

Mobilidade

Uma pesquisa realizada pela Globo Insights concluiu que apenas 34% da população pretende continuar usando o ônibus como meio de transporte público coletivo no contexto de pós-pandemia. “Muitos dos usuários do transporte coletivo têm medo do contágio dentro dos veículos, mas, estamos, desde o início da pandemia, adotando medidas rigorosas de prevenção para proteger os nossos passageiros e colaboradores. E isso vem dando resultado, conforme comprovado em levantamento da NTU que concluiu que o ônibus não possui qualquer relação com o aumento de casos de Covid-19”, explica o secretário-geral do Setpes, Jaime de Angeli.

Planejamento tributário

Com a chegada de 2021, todas as empresas precisam fazer um planejamento tributário avaliando qual o regime mais adequado, ou seja, aquele que proporcionará a menor carga de impostos no novo ano. Dentre outras coisas, é preciso considerar, de acordo com a contadora Mônica Porto, especialista em gestão tributária, histórico organizacional da empresa; área de atuação da empresa; norma vigente; e, por fim, levar em conta o lucro contábil, ou seja, se a empresa tem lucro, e qual o “tamanho” deste lucro. “Muitas empresas estão “estranguladas” e um cálculo equivocado de qualquer custo pode causar o fim do negócio”.

Zinco

A pandemia levantou ainda mais a bandeira sobre a importância de cuidar da imunidade, por isso a suplementação de vitaminas e minerais deu um salto e ganhou muitos novos adeptos. Segundo o farmacêutico Márcio Mendes Mello, o zinco foi um dos suplementos mais pedidos de 2020, um crescimento de mais de 60% na sua manipulação. “O zinco ajuda a criar uma defesa no sistema imunológico contra vírus, bactérias e fungos, além de ter ação anti-inflamatória, antioxidante, ajuda a acelerar a cicatrização de feridas, entre outros benefícios”.

O casal Rúbia Tannure e Júnior Dattoli, à espera do primeiro filho Filippo, na virada do ano em Itacaré, na Bahia (Arquivo Pessoal/Divulgação)

Máscara para barriga

Já consagradas para o uso facial, as máscaras agora também podem ser usadas pelas grávidas na barriga, com o objetivo de evitar as temidas estrias. A micropigmentadora e esteticista Vanessa Cabral explica que a máscara tem ativos hidratantes como aloe vera e própolis e pode ser usada durante a gravidez e após o parto. “O tratamento pode ser feito a partir do 3º mês de gravidez e, o uso de óleos e hidratantes auxiliam na hidratação, podendo prevenir as estrias”.

Vez do camarão

Os frutos do mar fazem parte da cultura e do cardápio capixaba, e é nessa época do ano, o verão, que o consumo desses pratos é ainda maior. O empresário Dyonatan Giovanelli conta que a tradicional moqueca não deixa de ser requisitada, mas que o capixaba está consumindo cada vez mais pratos com camarão. “A procura por pratos mais elaborados, arroz cremoso com camarão, massas, risotos, receitas que combinam muito bem com a versatilidade do camarão, que pode ser preparado de diversas maneiras”.

Filme de ação

O ator Anthony Mackie, o Falcão da franquia “Vingadores”, é o protagonista do filme “Zona de combate”, que estreia na próxima sexta-feira na Netflix. No longa-metragem, o ator dará vida a um andróide enviado a uma zona militarizada para trabalhar com um piloto de drone na localização de uma arma mortal antes que seus inimigos o façam. A missão é perigosíssima e envolve muitos combates com robôs fortemente armados.

Simples nacional

As microempresas e empresas de pequeno porte que desejam optar pelo regime tributário do Simples Nacional podem solicitar a mudança até 29 de janeiro. A solicitação somente pode ser realizada neste período, pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional. Ao optar por esse modelo, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, de uma única vez, o que reduz custos e facilita o pagamento das obrigações, permitindo menos burocracia para administrar o negócio. Ao ter o pedido aceito, a adesão retroagirá ao dia 1º de janeiro.

Campanha dos fãs

Os fãs dos filmes da DC Comics estão envolvidos em uma nova campanha nas redes sociais, dessa vez para ter o astro britânico Henry Cavill novamente no papel de Superman. A hashtag #HenryCavillSuperman chegou a constar nos itens em evidência do Twitter nos últimos dias, devido ao empenho dos internautas em tuitar sobre esse tema. O ator teve apenas um filme solo com o personagem, em 2013. Depois, esteve em “Batman vs Superman” e “Liga da Justiça”.

Artigo anteriorColuna 09 de janeiro
Próximo artigoColuna 11 de janeiro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here