PÉROLAS

“É uma disposição absolutamente imprescindível para que a gente não deixe de caminhar em direção ao que é necessário”

Do filósofo, escritor e educador Mario Sergio Cortella, sobre a importância de persistir e insistir durante a pandemia.

***

“Tenho certeza que está sendo um período de muita reflexão e autoconhecimento para as pessoas. O ideal é que todos saíssem ao término desta pandemia com mais empatia pelo outro, compreendendo as dores e os anseios do próximo”

Do ator Marcos Pitombo, 38 anos.

***

“Ser cercado por mulheres é aprender diariamente, é como deixar sentir o mundo pelo olhar feminino”

Do ator e apresentador Joaquim Lopes.

***

“A violência é o último recurso do incompetente”

Do escritor russo Isaac Asimov (1920-1992).

Verão iluminado e glamouroso. Foi nessa tendência que Heyd Tex se inspirou para a make da formanda Milena Bonfim, cuja beleza foi ainda mais acentuada com o penteado assinado por Aurélio Fachetti (Camarim Tex)

Eles nas redes sociais

“Toda vez que entro na internet me questiono: ‘Será que estou me expondo demais?’ Se a resposta for sim, eu sigo em frente”

@jeantissociall_

***

“Algumas coisas não valem o desgaste, deixe ir”

@rafauccman

NOSSA DICA

Boliche e gastronomia em Vila Velha

Um centro de entretenimento com opções para toda a família é a nova opção de lazer da Grande Vitória. É a segunda unidade do Vila Parque Boliche e Gastronomia, que passa a funcionar para o público na próxima sexta-feira, no Boulevard Shopping, com uma ampla área externa com vista para o mar. O espaço é um empreendimento do empresário Fabricio Crema, que já possui há sete anos uma outra unidade, também em Vila Velha. Para o novo centro de entretenimento, Crema apostou em um espaço moderno, com oito pistas de boliche. O Vila Parque possui também uma oferta de petiscos para quem quer jogar boliche, ou mesmo reunir os amigos para conversar. O espaço funcionará todos os dias, das 10 à 0h.

O Vila Parque conta com oito pistas de boliche (Isabela Faé)

Rede hoteleira

Em Vitória, o mês de janeiro de 2020 registrou a maior média de ocupação hoteleira na série histórica, equivalente a 81,3%, o que revela um crescimento positivo de 3,0%, em comparação ao mesmo período de 2019. Em razão da pandemia, no mês de abril, Vitória apresentou a menor média de ocupação hoteleira (15,6%), evidenciando crescimento negativo, com queda de -74,0%, em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são do Observatório do Turismo.

Florestas

Pesquisadores brasileiros alertam que a redução contínua da cobertura florestal nativa mais antiga da Mata Atlântica compromete a conservação da sua biodiversidade, a sobrevivência de espécies e o fornecimento de serviços ecossistêmicos – benefícios providos pela natureza – no bioma. Estudo do Mapbiomas aponta que há uma estabilidade relativa na cobertura florestal nativa do bioma nos últimos 20 anos, já que florestas maduras continuam sendo desmatadas mas estão sendo substituídas por florestas jovens, em recuperação. No entanto, esse processo de rejuvenescimento pode trazer danos para a conservação do bioma.

Sem exercício

Agora, é possível ficar com o corpo durinho, tudo no lugar e tonificado, sem exercícios físicos, graças ao aparelho CM Slim, novidade do mercado de estética já disponível em Vitória, na Depilaser. Por meio de ondas eletromagnéticas, a região tratada, que pode ser braços, coxas, glúteos, abdômen ou panturrilhas, recebe até 20 mil contrações em 30 minutos. A tecnologia ajuda a reduzir medidas e definir o contorno corporal. É a oportunidade de colocar em dia todos os exercícios, como agachamento e abdominal, que não foram feitos em 2020, sem esforço e com alta performance.

Roberta Drummond e João Eugênio Modenesi curtindo dias de descanso em resort, com os filhos Lauro e João Vitor

Menos é mais

Cada vez há mais mulheres querendo diminuir próteses ou mesmo fazer a redução das mamas sem implantação de silicone. Segundo pesquisa recente da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, no ano de 2019 foram realizadas 87 mil cirurgias de redução mamária. Ariosto Santos, cirurgião plástico e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no Espírito Santo, observa que “o número ainda é pequeno se comparado ao de aumento de seios, que foi de 211 mil nesse mesmo período, mas temos observado que a procura pela redução das mamas tem aumentado bastante”.

Música em cena

Para quem gosta de um bom drama embalado por boa música, a dica é o filme “Clouds”, novidade do serviço de streaming Disney+ que estreia na próxima sexta-feira. O longa-metragem conta a história de Zach Sobiech, que tem um talento musical natural e está prestes a terminar o Ensino Médio. Mas, alguns dias antes do baile de formatura, ele descobre que tem um tipo raro de câncer nos ossos e os médicos lhe dão apenas seis meses de vida. Com o tempo contado, ele decide realizar seu grande sonho: compor e gravar um álbum.

Da livraria para o cinema

Nesta reta final das férias de verão, é possível conferir nas livrarias várias histórias que estão sendo adaptadas para as telinhas (ou telonas). Um exemplo é “A última carta de amor”, de Jojo Moyes, que tem estreia prevista para 2021 na Netflix, com Shailene Woodley e Felicity Jones no elenco. Outros livros que serão adaptados são “A vida mentirosa dos adultos” de Elena Ferrante, “A troca” de Beth O’Leary, “Um lugar bem longe daqui” de Delia Owens, “Nove desconhecidos” de Liane Moriarty, “Por trás de seus olhos” de Sarah Pinborough e “O homem de giz” de C. J. Tudor.

Mediação de conflitos

O Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Espírito Santo (Sescon/ES) criou uma maneira simples e barata de solucionar conflitos judiciais antes mesmo que eles cheguem aos tribunais. O Centro Especializado em Mediação e Arbitragem (Cema) auxilia empresas de diversos ramos, prestando assistência técnica e jurídica. “Assim conseguimos resolver os problemas bem mais rápido, e as duas partes saem satisfeitas. Além disso, conseguimos desafogar um pouco o Judiciário”, explica Élido Emmerich Firme, presidente do Sescon.

Eles querem!

Realizado em clínicas de estéticas e consultórios médicos, o preenchimento labial vem despertando muito interesse no público masculino no Espírito Santo. A procura pela técnica aumentou em mais de 50% nos consultórios capixabas, de acordo com o farmacêutico esteta César de Alencar. Mas por que o procedimento tem despertado tanto interesse nos homens? De acordo com Alencar, eles buscam soluções mais imediatas e ficam ansiosos por transformações. Além disso, o preenchimento labial é simples, praticamente indolor e com resultado imediato.

Artigo anteriorBoliche e gastronomia em Vila Velha
Próximo artigoColuna 25 de janeiro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here