A Palavra

Hoje, Dia de São Francisco, a coluna publica a belíssima oração que nos traz a mensagem de esperança de que a humanidade consiga viver em paz e comunhão.

“Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.

Onde houver Ódio, que eu leve o Amor,

Onde houver Ofensa, que eu leve o Perdão.

Onde houver Discórdia, que eu leve a União.

Onde houver Dúvida, que eu leve a Fé.

Onde houver Erro, que eu leve a Verdade.

Onde houver Desespero, que eu leve a Esperança.

Onde houver Tristeza, que eu leve a Alegria.

Onde houver Trevas, que eu leve a Luz!

Ó Mestre, fazei que eu procure mais:

consolar, que ser consolado;

compreender, que ser compreendido;

amar, que ser amado.

Pois é dando que se recebe.

Perdoando que se é perdoado e

é morrendo que se vive para a vida eterna!”

ELES NAS REDES SOCIAIS

“Que nesta semana eu seja como um prato Duralex que cai no chão e não quebra.”

@bodartblond

“Se tem mensagem melhor que ‘seu pedido saiu para entrega’, eu desconheço.”

@mayaap

Nely Moschen na festa de Fernanda Prates (Cloves Louzada)

Manipulados

Muitas pessoas ainda se dividem na hora de escolher entre medicamentos manipulados ou industrializados. A farmacêutica Tatiana Martin Rocha explica que as duas formas são de confiança, mas que os magistrais têm alguns benefícios extras, como a possibilidade da personalização de acordo com a necessidade individual de cada paciente e na quantidade a ser consumida.

Stories restritos

O Instagram anunciou uma funcionalidade que permitirá que os usuários criem vários grupos com os quais desejam compartilhar stories. Nesta nova função será permitido, por exemplo, criar um conjunto de publicações para todos os seguidores, outro só para familiares, um para os colegas de trabalho, um só para os crushes…

Cigarro x Covid

Fumar já é um hábito que deve ser banido da vida das pessoas. E, em tempos de pandemia, ele se torna um fator ainda mais agravante. De acordo com pesquisa da Universidade de Oxford, fumantes têm entre 60% e 80% mais risco de precisar de internação em caso de contágio. Além disso, há risco maior de óbitos para os fumantes que contraem as formas graves da doença.


Barbara e Raphaela Milet e Luisa Surlo em lançamento imobiliário na Enseada do Suá (Camilla Baptistin)

Limite noturno

A partir desta segunda o limite de R$ 1 mil para transferências noturnas, entre 20h e 6h, do Pix, TED e DOC entra em vigor. O objetivo é impedir fraudes e crimes que usam estes tipos de pagamento, como o sequestro relâmpago. Esse tipo de ação aumentou 39,1% entre novembro de 2020 e agosto de 2021, segundo a Febraban.

Na mira  

A moda de lançar aparelhos celulares que não vêm com carregadores está na mira dos órgãos de defesa do consumidor. Em São Paulo o Procon já multou a Apple e a Samsung e promete uma ação mais incisiva contra as duas empresas. Casos parecidos também ocorrem na França, onde as leis locais obrigam a Apple a incluir EarPods com fio em todos os modelos de iPhone vendidos no país.

Mariana Buaiz, Renata Pimentel, Maria da Gloria Correa, Lea Penedo, Ana Clark, Claudia Scarton e Marilucia Dalla: turma de comando da Afecc

“Skinxiety”

Efeitos colaterais na pele causados por estresse destes tempos pandêmicos fizeram surgir a “skinxiety”. Dermatologistas perceberam que, devido à ansiedade, seus pacientes estão desenvolvendo problemas de pele relacionados com o emocional, como dermatites, acne, queda de cabelo e outros. A dica é investir no autocuidado e, principalmente, em terapias e hábitos que exercitem a mente.

De braços abertos

Os 90 anos do Cristo Redentor serão comemorados com uma canção especial. No próximo dia 12 a maravilha carioca faz aniversário e o parabéns serão com a música “Alma Carioca, Cristo Redentor”, do compositor Moacyr Luz. Artistas como Zeca Pagodinho, Maria Rita, Diogo Nogueira e Mart’nália emprestam suas vozes à canção.

Planejamento urbano

Nesta segunda-feira, às 10h, estudantes de Arquitetura da Faesa participam de uma palestra do professor da Universidade de Lisboa e especialista em planejamento urbano Miguel Amado. Ele irá falar sobre como o planejamento urbano pode viabilizar cidades mais eficientes, trazendo toda a sua experiência de atuação na Europa. O evento faz parte da programação da 20ª Jornada Científica e Cultural, que acontece de forma online e é aberta ao público.

As Medeiros: Thais, Zezé e Rachel em inauguração de galeria de arte digital na Praia do Canto (Vitor Machado)

Artigo anteriorCrochê fashion
Próximo artigoColuna 05 de outubro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here